Switched at Birth 1x20: Game On (e mais)

sábado, março 10, 2012

 
Que ridículo.

Não há outra coisa para pensar depois de ver o episódio e depois de ver o final do episódio. Foi Toby tentando consolar Bay, falando que ela e Emmet ficam ótimos juntos, quando o safadinho estava alimentando Simone.

Acho muito sem noção. Claro que Emmet está completamente fulo com Bay e com todo mundo por causa da questão da custódia, mas o pai de Emmet também não sabe explicar as coisas e deixou por isso mesmo, sendo que Bay não disse que iria depor, só estava tentando ajudar.

Simone está facilmente se tornando a pessoa mais cretina na série e ela nem precisou empurrar Daphne para isso (Aliás, creio que se ela não tivesse feito isso, provavelmente Carlton iria perder). É incrível que ela ficou se jogando em cima de Toby o episódio (e porque não dizer – a série inteira) e quando percebeu que não ia conseguir nada, voltou suas atenções para Emmet.

O jeito que Melody encurralou Bay não foi legal, pra dizer o mínimo. Ela acha que pode ficar usando a namorada do filho, sendo que antes só ficava rindo dela por qualquer coisa e ainda colocou Bay em uma péssima posição. Era de se esperar que algo acontecesse para abalar o mundo de Bammet.

Até Melody sabe que Regina está esperando Angelo voltar e quero até ver quando ele finalmente der as caras e alguém ficar sem par. Não sei o nome dele, mas o novo interesse romântico da latina é muito bom, em todos os aspectos. Pena que provavelmente Angelo voltará em breve e Regina vai escolher o dançarino de tango sensual.

Achei bem válido Daphne ficar receosa para jogar já que está sendo modelo para a comunidade surda. O problema é que John realmente não entende a nova filha até hoje, deixando ela em uma situação bem complicada. Foi legal ela desligar o aparelho logo naquele último lance, mas sinceramente, talvez teria sido melhor ter feito isso bem antes.

1x16/17: Las Dos Fridas/Protect Me From What I Want

No décimo sexto episódio, apareceu outra vovó, mostrando que a maldade acontece também no outro lado da família. Gostei que não tivemos a presença de Emmet, porque né, já está cansativo os dois fingirem que não querem fornicar. Não sei como Kathryn aguenta a própria mãe, sério mesmo. Tento gostar da Daphne, mas quase sempre, ela faz algo para me irritar, como fez durante esse episódio inteiro, praticamente. No décimo sétimo, quando tinha certeza que seria outro episódio Emmet-free, aparece a cena mais bonita de Switched at Birth até o momento. Foi uma gracinha a cena inteira e principalmente, os dois se declarando um para o outro. Até eu, que sou conhecido por não gostar muito de coisas melosas, fiquei chocado com a minha vontade de estar participando daquele momento. Simone é a outra vadia da série, além de Daphne, mas nada compensará o que a ruiva fez nesse episódio. Bay sempre será rebelde, e gosto quando mostram esse lado dela, como aconteceu nesse episódio.

1x18/19: The Art of Painting/Write a Lonely Soldier

Sempre é bom quando tocam em assuntos necessários para crescimento da série, como Emmet tentando aprender a falar, sendo que nunca de fato, conseguiu falar. Bay estava mais do que certo do que contar tudo para Melody e mesmo que tenha sido considerado uma traição, Emmet vai acabar percebendo que ela fez só o que é melhor para ele. Adoro que agora Melody trata ela super bonitinho, só porque sabia que no final, Bay ia conseguir fazê-lo voltar para a mesma. Não dava mais para aguentar a liberação que acontece na casa do pai de Emmet. Aliás, Regina anda conseguindo mais ação do que a própria filha, mesmo sendo 20 e tantos anos mais velha. No décimo nono episódio, vimos que algumas coisas realmente não vão acontecer, como por exemplo, Wilke e Daphne. Os dois ficam bem juntos, mas só porque são bonitos. Wilke não faz nada para entender o que acontece com os surdos e ainda bem que Daphne já percebeu isso. Tirando que eles esqueceram 100% do plot 'você me dedurou para a minha mãe', acho que existem sim outras formas de se criar conflitos e não gostei dessa, jogada do nada, já que Ty não está se dando muito bem em Trocadas na Rodoviária.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe