Mad Men 5x03: Tea Leaves

sexta-feira, abril 06, 2012



Fatty Betty... 

Desculpem-me, não pude perder a piada.

Que Betty Draper – cof! – Betty Harris é, e sempre será, a personagem mais odiada de Mad Men disso ninguém tem dúvida, certo?

Mas, como se não fosse o suficiente transformarem-na naquele ser enfadonho e com mais problemas psicológicos do que muitos das personagens da TV, agora resolveram atacar no visual da loira, fazendo com que Betty ganhasse uns quilinhos, sendo bem generoso.

A senhora Harris sofreu horrores nesse episódio tanto por vergonha do seu sobrepeso, e ainda mais por causa da megera que é a sua sogra, pois é ela está pagando todos os pecados e mais um pouco.

Foi interessante ver essa evolução da personagem como se a separação a tenha afetado muito mais do que em Don, pois nele foi mais um dos muitos acontecimentos da season passada e que só agora eles mostram o efeito nela.


Acho que daqui para frente lidaremos com a situação da evidente depressão de Betty, pois não há outra resposta lógica para o ganho de peso e falta de vontade de fazer qualquer coisa, exceto comer é claro.

Senão fosse o fato, do suposto câncer, teria sido um episódio quase sem graça alguma.

Pois ver a Nova Sra. Draper já se precipitando ao dizer que tomaria conta das crianças, e Don, consciente, em nenhum momento pensara nisso, até porque a moça parece ser mais imatura do que a própria, se é que isso é possível.

Talvez seja essa a fraqueza de Don por essas mulheres, vendo até que Joan sempre esteve ali e ele nunca deu muita “bola” para a moçoila, que é bem diferente de todas suas outras conquistas.

Esse foi o principal plot do episódio que ainda contou com mais alguns pequenos plots, como o de Peggy e sua nova responsabilidade, como se ela já não tivesse muitas, agora estava incumbida de contratar um novo publicitário à agência. 


Já que Peggy não está capacitada, vamos assim dizer, para cuidar dessa nova conta, ela acaba contratando, mesmo a contragosto, Michael Ginsberg – Ben Feldman, o anjo Fred de Drop Dead Diva – quero ver como vai ser interação do rapaz com os Mad Men’s da firma, como se ele não fosse um também, não é? 

É claro, que não posso deixar de comentar aquela magnifica cena, na qual Pete coloca Roger no sapato, ele realmente mereceu aquilo depois do comentário racista para com a nova secretária, totalmente inapropriado, mas condizente com a série e retratando realmente como as pessoas eram tratadas.

Pegando esse gancho é muito interessante quando as séries, e mídias em geral, fazem esse papel de informar, entreter e ainda fazer com que pensemos no passado e para que não cometamos mais os mesmos absurdos no futuro. 



E é impossível fazer um review de “Tea Leaves” e não comentar o quão engraçadas foram as cenas de Don e Harry nos bastidores do show dos Rolling Stones e depois dentro do carro, realmente impagáveis, mas é verdade que Harry foi sempre o alívio cômico de Mad Men e cada vez que ele aparece é quase certeza de que o cara vai falar alguma besteira, ou fazê-la.

Como na própria première, quando estava imitando a Sra. Draper enquanto a mesma estava s atrás dele e acabou ficando o episódio inteiro jurando que ia para rua toda vez que alguém o chamava.

Engraçado que Don ficou, apesar de aparecer muito, meio no escuro durante todo o episódio, outros personagens tomaram conta do episódio, e isso – In My Opinion – não é ruim, por que mostra que Mad Men é muito mais do que Don, é mundo de personagens que formam um universo extraordinário.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Também notei a Betty gorda, discordo apenas que ela seja a mais odiosa. O Don Draper consegue ser mais ^__^

    E eu adoro a Peggy. O novo contratado pareceu meio afobado. Mas, no final, dá pra entender por que ele queria tanto o emprego. Gostei dele. Mas, nunca tinha percebido nessa preferência do Don por determinadas mulheres [é verdade,ele nunca deu em cima da Joan]. Pensei que qualquer rabo de saia servisse... :')
    Emilie Escreve

    ResponderExcluir
  2. Betty Draper é o meu personagem favorito na série Mad Men, agora ue estréia na temporada Mad Men 7 passada eu não vou perder nenhum capítulo. Eu adoro assistir este programa.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe