Game of Thrones 2x06: The Old Gods and The New

terça-feira, maio 08, 2012



Quando as duas tramas mais avulsas resolvem acontecer.
Para quem reclamava que a Patrulha da Noite atravessou a Muralha para morrer de tédio do outro lado, as coisas mudaram neste sexto episódio, em que, finalmente, aconteceu alguma coisa na vida de Jon Snow. Além das lindíssimas paisagens, o bastardo capturou uma selvagem, prometeu matá-la, mas acabou apenas dormindo de conchinha mesmo. A gente tem que entender, já que o cara está meio necessitado depois de andar tanto no meio da neve com um monte de cueca. Gostei muito de Ygritte e de como a atriz conseguiu fazer a personagem ser atrevida e adorável ao mesmo tempo. É legal a gente começar a entender que o convívio de ambos é um verdadeiro choque cultura, uma vez que Jon Snow é submisso às ordens e leis dos Sete Reinos e da Patrulha da Noite enquanto Ygritte é livre e deve provocar o seu lado mais selvagem.

É interessante notar que a trama em Winterfell também esquentou graças a uma outra selvagem, Osha, que saiu por aí dando um chá de b... nos homens da Ilha de Ferro para executar a fuga de Bran e Rickon. Achei que o começo do episódio foi meio rápido e artificial demais, bastou um barulhinho de confusão e  Theon dizendo que era o novo Senhor de Winterfell e pronto, o castelo estava tomado. Eu sei que falta tempo e verba para grandes cenas de invasão, mas sei lá, ficou parecendo que o Theon estava de sacanagem fazendo uma Pegadinha do Malandro com o Bran. Mesmo assim a continuidade da cena foi muito legal com a ótima execução de Rodrick, que manteve a obsessão da série por cabeças rolando.

Aos poucos a versão televisiva vai sendo menos fiel ao livro do que de costume, já que muitas adaptações são realmente necessárias para deixar a história mais enxuta, conexa e com alguns clímax que não existem no livro. Assim, gostei bastante do roubo dos dragões de Daenerys e não sei como as coisas irão seguir daqui para frente. Foi interessante notar que Danny ainda não se entregou definitivamente ao seu objetivo de conquistar o Trono de Ferro, mantendo ainda sua moral e caráter. Pelo o que a série já nos mostrou até aqui, fica fácil de adivinhar que a menina precisará se desapegar de seus princípios se quiser mesmo atravessar o mar e conquistar o Reino de volta para a família Targaryen.

As coisas em Harrenhal continuam ótimas com Arya espionando as reuniões de Lorde Twin. A segunda escolha de morte da menina acabou sendo providencial e muito engraçada. Rachei de rir com a série se levando menos a sério e o cara morrendo no exato momento que iria dedurar Arya. Apesar da série ter aproximado bastante a menina de Lorde Twin, a gente não consegue evitar o pensamento de que ela deveria escolhê-lo logo de uma vez para tentar facilitar a guerra travada pelo seu irmão, ao invés de ficar matando uns bostas por aí. Por outro lado, temos que lembrar de que se trata de uma criança com medo daqueles cruéis Zé Ninguém.

  A revolta do povo de Porto Real atacando o Rei Joffrey com bolas de merda e ameaçando Sansa de estupro também foi muito legal, mas esperava mais deste núcleo que concentra o maior número de personagens capazes de render grandes momentos. Fiquei com a impressão de que o povo só não tira Joffrey do trono à força porque não quer, já que a Guarda Real pareceu muito pequena e fraca. Eu não sei exatamente o porquê mas eu gosto bastante do Cão de Caça e gostei de vê-lo em ação.

Robb é um personagem muito interessante que vem vivendo um dilema, tomar as decisões como um Rei, pensando no bem dos seus servos e de suas conquistas, ou como homem, se apegando as suas próprias emoções. Por mais que a questão seja um pouco batida, devemos pensar no peso que é decidir pela segurança de seus irmãos ou pelo avanço de suas tropas. A mesma coisa acontece com o seu coração que já está um pouco dividido em manter a promessa de casamento ou se entregar à camponesa que fica o instigando o tempo todo.

Não entendi direito o nome do episódio, que se refere aos antigos deuses e o Novo Deus. Não vi muito esta oposição no episódio, que para mim foi mais focado nas diferenças entre os selvagens e a população de Westereos.  Com um título destes, esperava destaque para o núcleo de Melisandre e Stannis, mas talvez eu que seja meio lerdo e não captei alguma coisa que ficou nas entrelinhas.

A temporada mal começou e já vai entrando na reta final. Fã de Game of Thrones sofre mesmo. Assim, espero que nos próximos episódios a temporada comece a deixar de forma mais clara aonde quer chegar, já que ainda não está muito claro. Fico com a impressão de que a série por si só vem fazendo bons episódios, mas que ao tentar entender a evolução da temporada parece que pouca coisa aconteceu. Esta impressão pode ser justificada pela falta de um protagonista e muitas tramas separadas que parecem não se interligar. 

E vocês, o que estão achando?

Talvez Você Curta

4 comentários

  1. Tb fiquei "boiando" com o nome do episódio...imaginei que fosse focarr na Melissandre ...
    Talvez o titulo seja uma alusão a Winterfell(velhos Deuses) ter sido tomada pelo Theon(Deus afogado, o novo deus)???Se foi isso pisaram na bola...hahauhahua
    Mas voltando ao episódio...Achei que foi sem dúvida o melhor de toda a temporada:
    A morte de Sir Rodrick foi uma cena ainda mais chocante que a do proprio Ned..me deu a maior agonia ouvir os gritos de Bran E Rickon...
    Quanto ao nucleo da Danerys achei excelente a saida dos autores para dar algum dinamismo....Até pq quando li o livro ficava pensando:"Pq nunca ninguém tentou pegar os dragões dessa palema?"...Ela estava lá vivendo de favor na casa do Xharos, só tinha sir Jora e seus irmãos de sangue e meia duzia de velhos acbados do khalasar...qualquer um poderia ter pego os dragões e matado ou dado um chute na bunda da Danerys....minha dúvida é quem roubou??O proprio Xharos??Ou será uma forma de atrai-la até a casa dos imortais???
    O nucleo da Arya tb está ok...gostei muito da "saida" de colocar a Arya em apuros para justificar o desperdicio de sua 3 mortes....no livro eu não encrencava com fato de matar o tywin pq afinal, acho q ela nem chegou a encontrar com ele...mas eu não entendia pq ela não pediu logo para matar Jofrey e Cersei...hauhauhauah
    Falando no Tywin, estou adorando a interação dele com Arya...
    Sandor Clegane é o Predador de Westeros!!!
    Jon Snow!!! Só digo uma coisa...com a apressada nos acontecimentos pra lá da muralha reacenderam as minhas esperanças de ver o Jon pelado ainda nesta temporada!!!hauhauhau

    ResponderExcluir
  2. Fico com a impressão de que a série por si só vem fazendo bons episódios, mas que ao tentar entender a evolução da temporada parece que pouca coisa aconteceu (+1)

    Afinal vai ter um novo rei na Season Finale? Arya e Sansa sairam das garras dos Lanninsters? Daenerys vai conseguir finalmente chegar à Westeros, a mulher tá na busca pelo barco pra atravessar o mar desde a Season 1.

    Por enquanto o que realmente aconteceu em GoT foi a traição de Theon, a morte de Renly e o Dementador do Harry Potter a solta.

    ResponderExcluir
  3. Acho que vc acertou em cheio, acredito que a Daenerys vai ter que entrar na Casa dos Imortais para recuperar os dragões. Além de dar mais dinamismo para a trama da personagem na temporada, eles constroem também um sentido mais claro para a visita.

    O livro trabalha bem a ameaça de roubo e mtos interessados mas para a série acredito que esta saída foi a acertada mesmo.

    Obrigado por comentar.

    ResponderExcluir
  4. To gostando de tudo, mas fico brava pq qnd começa a engrenar a temporada acaba...
    Também não entendi o título do epi. e nenhuma das teorias que ouvi fazem sentido quanto ao paralelo do nome com alguma cena/personagem...

    A cada episódio gosto mais da Arya... quero mais looooogo! kkk

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe