Game of Thrones 2x09: Blackwater

terça-feira, maio 29, 2012



A batalha de Blackwater e o melhor episódio de Game of Thrones.


O episódio desta semana chegou com um sentimento estranho em muitas pessoas, a expectativa era muito grande para finalmente acompanhar uma grande batalha, mas, ao mesmo tempo, existia também uma desconfiança muito grande de que a série não correspondesse à altura principalmente depois do truque usado no final da temporada passada para pular toda a ação. Não foi o que aconteceu e a HBO provou que tem bala na agulha para a produção de grandes cenas e efeitos especiais. Para quem não sabe, George R. R. Martin, o autor dos livros e do episódio, era roteiristas em Hollywood, mas acabou buscando a literatura já que suas ideias e roteiros não eram viáveis para a produção televisiva ou até cinematográfica. Esta é grande vantagem do livro como mídia, o escritor tem uma grande liberdade podendo inventar um monte de personagens, criaturas mágicas e grandes sequências de ação sem ter que se preocupar com o orçamento, viabilidade ou renovação de contrato dos atores. Assim, é irônico o cara roteirizar o episódio que necessitava de mais dinheiro e efeitos visuais, como se a HBO virasse para ele e falasse “Martin, você inventou tudo isto aí, agora se vira para deixar este episódio viável para a televisão”. O mais legal é que ele conseguiu, mas contou com aquela produção de fazer inveja em qualquer outro canal. Imagina que delícia seria Game of Thrones na CW. É óbvio que no livro tudo é ainda mais grandioso, porém não dá para condenar o episódio, que foi repleto de ação e ótimos efeitos especiais. Sem falar que o roteiro de Martin teve muitos acertos e fez a coisa funcionar muito bem.

Para mim, o grande mérito do episódio não foi as sequências de ação, mas o fato de focar  apenas no núcleo de Porto Real, deixando de lado todos os outros personagens. O grande problema da temporada até aqui vinha sendo o excesso de personagens e tramas nos episódios, cada um aparecia durante 2 minutos e o sentimento de que nada ocorreu com ninguém era constante. Assim, pela primeira vez na temporada, podemos acompanhar com calma Sansa, Cersei, Tyrio, Bronn e Cão de Caça com o foco, destaque e tempo necessário.  

Os irmãos Lannister acabaram roubando a cena mais uma vez. Fala sério, a Cersei bebaça estava demais, forçando uma menor de idade a beber álcool, xingando seus convidados de honra, tirando o Rei do campo de batalha e quase envenenando o filho. Me diverti muito com a personagem, que acabou crescendo nesta temporada. É uma pena que a Sansa seja tão sonsa e, além de ficar concordando com tudo ao invés de sambar na cara da Rainha, ainda perdeu a oportunidade de fugir de Porto Real. Não que fugir com Cão de Caça seja uma proposta irrecusável, mas parece que a menina ainda não tem noção de que vive com os seus piores inimigos e que tudo pode acontecer com ela.

Tyrion deixou de ser arrogante e de ficar soltando frases de efeito o tempo todo para ser o grande herói da batalha. Além do plano do fogovivo, que rendeu uma das cenas mais legais e mais bem feitas da série, o cara ainda liderou a Guarda no lugar do Rei e acabou fazendo a cidade resistir até a chegada do Leão Pai. Sem dizer que a cena do anão cortando a perna de um inimigo qualquer está entre as coisas mais divertidas já feitas para a televisão. A chegada de Lorde Twin simultânea a locução de Cersei sobre a leoa e sua cria foi sensacional. Fico com a impressão de que, em alguns momentos, a série nos engana e parece ser melhor do que realmente é. Só reclamo do “Previously”, que entregou completamente a reviravolta do final do episódio, deixando claro que a saída do Leão Pai de Harrenhal teria importância. Odeio quando as séries fazem isso, deviam aprender com Cavaleiro do Zodíaco, que não recapitulava que Shun tinha um irmão nos episódios em que o Phoenix iria aparecer para salvar o dia.

O que o episódio não conseguiu fazer muito bem foi levantar a bola da season finale. Sem nenhum cliffhanger fica difícil saber o que devemos esperar do final da temporada, ainda mais depois de um episódio tão bom e com o final da batalha. O bom é que a série provou que, apesar dos tropeços, ainda vale muito a pena acompanhar a longa jornada originada na série de George R. R. Martin. Mas uma coisa é verdade, ninguém sentiu falta da Daenerys ou do Jon Slow, quer dizer, Snow.

Talvez Você Curta

9 comentários

  1. Toda a cena da batalha de Blackwater foi muito bem feita, parecia que estávamos assistindo a algum blockbuster Hollywoodiano!

    ResponderExcluir
  2. Hahahah...eu sempre sinto falta do Jon Snow!!!!
    Mas o episodio realmente foi excelente!!

    ResponderExcluir
  3. O melhor episódio de GOT!! mil votos
    O meu pensamento enquanto via o desenrolar do episódio era que tudo estava muito bem feito, atuado, dirigido enfim, muito bem feito!

    Lannister, ame-os ou odeio-os né?? No caso os dois! Kkk Vc acha desprezível a Rainha bêbada mas adora tudo!

    Sansa sonsa. ¬¬ Ela não foi embora com o Cão? ;x
    Vc disse isso pq já leu os livros e sabe q ela não foi ne? Pq na cena ele afirma q não vai machuca-la e sai pela porta, e dai a imagem foca a boneca dela e mais nada...

    Não sentimos falta de Danny, Snow sempre faz falta *-*.
    Mas msmo assim estou com mta curiosidade para saber dos outros núcleos. Não sei se foi a dinâmica do episódio [que eu também gostei, de focar em apenas um núcleo], mas quero muito saber sobre a chegada de Jamie em Porto Real e Arya e cia.

    ResponderExcluir
  4. Para mim, deu a entender que ela nã quis fugir com ele.

    Mas talvez só tirei esta conclusão pq eu li o livro. No livro mais coisa acontece nesta cena, o Cão de Caça beija ela e depois sai, mas eu já tinha certeza que eles não colocariam isto na série.

    ResponderExcluir
  5. Ele beija? ;OOOOOOOOOOOO
    Obrigada por tirarem isso da série roteiristas! ;)

    ResponderExcluir
  6. O livro samba na nossa cara com mais frequência que a série.

    ResponderExcluir
  7. o cão nunca a beija nem no livro nem na serie leiam novamente! É tudo coisa da cabeça da sonsa kkkk

    ResponderExcluir
  8. pessoa,l tem uma serie chamada the book group de 2002/2003 com rory maccann, vcs conhecem? Se alguém souber como posso assistir online postem por favor, já tentei de tudo.Obrigada

    ResponderExcluir
  9. Muito inteligente idéia, esta série tem certamente dado muito que falar e usá-lo em seu show foi uma boa estratégia, eu amo Game of Thrones 5, eu não perder nenhum capítulo.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe