Mad Men 5x11: The Other Woman

terça-feira, maio 29, 2012


Qual é o seu preço?

Se, comumente, temos uma palavra de ordem nos episódios de Mad Men, o que vimos nesse episódio foi, realmente, uma pergunta essa que os fiz anteriormente. 

Tudo tem seu preço, mas será mesmo?

Pelo menos no mundo de Mad Men elas têm.

Acreditar ou não, realmente não importa, o que importa é que no mundo dos negócios daquela época, pelo menos, Mad Men vem retratar essa comum prática, pois quem está acostumado a filmes e séries de época sabe muito bem que as coisas eram diferentes naquele tempo.

O mais interessante de tudo em Mad Men é ver até onde os personagens estão dispostos a ir, e quão complicados são.

Se Peter havia se redimido, a pouco tempo, do seu caso com a esposa do “camarada” do trem ao tentar dizer ao cara o quão bom à vida dele era, nesse ele chegou realmente ao fundo quando não hesitou em perguntar à Joan se ela toparia “sair” com o executivo da Jaguar.


E para quebrar o estigma que muitos têm, não eu, de Don que acham ser machista e injusto, não que ele seja perfeito, tivemos a cena a qual todos os sócios chegam ao cúmulo de realmente votar a favor do encontro de Joan e o empresário e Don se absteve, mas demonstrando sua repulsa ao ouvir a proposta.

Inclusive indo a casa de Joan para a impedir, como dizem os americanos, “to seal the deal”, mas infelizmente, ou felizmente, depende de que maneira se vê, ela já havia feito.

Adorei como eles usaram as cenas com uma linha temporal embaralhada, nos deixando saber apenas no último momento o que havia acontecido. Já é a segunda vez que usam isso nessa temporada e, simplesmente, funciona.

Já Roger conseguiu demonstrar seu ultraje com a proposta para sua ex-amante e mãe de seu filho bastardo, mesmo que tenha sido por apenas meio minuto, mas pelo menos mostrou alguma dignidade, não acham?

E Lane, que ainda não parou de falar do bônus de Natal, deu a ideia que o ajudava e ainda por cima ajudava Joan que virou sócia, mesmo que com apenas 5% que vão lhe render muito depois deles terem conseguido a conta da Jaguar.

Mas, como já havia dito Don não é perfeito, este também foi o episódio em que Don foi, completamente, injusto com Megan em relação ao trabalho dela, que – possivelmente – a levaria para outra cidade. E foi horrível, também, para Peggy a desdenhando ao jogar dinheiro em sua cara, no que deveria ter sido um momento de felicidade.

Seja pela pressão, ou por qualquer outro motivo que o tenha induzido àquelas ações, nada as explica.


Mas, acredito que aquela foi apenas a gota d’agua para que Peggy levantasse e tomasse a atitude que tomou, acho que inicialmente, até mesmo pelas ações dela, que a intenção era apenas assustar Don, mas que culminou em sua real saída da SCDP. 

Não que o salário oferecido pelo maior concorrente de SCDP não tenha influenciado na decisão da brava garota. 

Não vou negar que fiquei muito emocionado, para não dizer triste, com a cena em que ela se despede de Don, ao meio daquela algazarra pela conquista da Jaguar, só espero que não desapareça, com certeza fará falta. 

Peggy, don’t be a stranger. 

Torço pelos personagens que gosto, caso de Peggy, e muitas vezes temos que os ver partir para que sonhemos para um futuro melhor para eles, mas ninguém sabe realmente o que futuro deles aguarda.

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. é impressionante ver o desenvolvimento das personagens femininas da serie
    no começo onde eram reles secretarias hoje neste episodio que elas estao no poder, joan e megan estavam fantasticas, mas aquele sorriso de peggy na ultima cena mostra quem é a verdadeira Mulher de Madmen , ja aguardo uma disputa entre don e paggy

    ResponderExcluir
  2. Que episódio foda.

    Peggy não pode deixar a série em hipótese nenhuma, mas a cena de despedida foi genial.

    Para mim, não foi bondade nenhuma de Don, não. Ele continua egocêntrico para caramba e era contra a proposta porque não queria ver o seu trabalho ficando em segundo plano, ainda mais que uma mulher foi a responsável pela vitória da agência e não ele.

    ResponderExcluir
  3. diogo nao dúvido da sua suposição mais ainda sou um grande defensor do Don, sei lá porque mais tenho uma simpatia por ele...

    E se tirarem a peggy vai ser uma puta sacanagem...

    ResponderExcluir
  4. Eu adoro o Don tmbm, mas isto é o legal de Mad Men. Pelo menos eu, gosto mto dos personagens independente da conduta deles.

    ResponderExcluir
  5. Quando vemos episódios como esses, sabemos por que Mad Men é tão aclamada pela crítica e por que está na moda tentar fazer uma "nova Md Men"...
    Muitas séries em sua 5 Temporada já perderam totalmente o fôlego, mas Mad Men parece estar cada dia melhor!
    Existe algum personagem que evoluiu tanto quanto a Peggy? O legal é que vimos de onde ela começou, cada passo que ela deu, cada vitória e derrota.. e passamos a nos importar com ela!
    Como sempre, a série nos presenteia com suas metáforas e enredo bem escrito e amarrado! A comparação das mulheres com os carros (e o que elas representam para os homens..), o preço que cada um tem e a que ponto chegam as pessoas para defenderem seus interesses..
    Incrível ver os personagens agindo de diferentes maneiras, em diferentes contextos, por diferentes motivos e todos motivados por um mesmo sentimento... (e isso tudo possível - além do enredo - pela impecável construção dos personagens..)
    Só tenho elogios para essa temporada! Uma pena que está acabando..

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe