Eureka 5x08: In Too Deep

sábado, junho 16, 2012


Simplesmente o PIOR episódio de Eureka.

Pois é gente, devo dizer isso com um aperto no coração, mas é a verdade, esse episódio de Eureka foi chato, desinteressante, boring e ao todo, foi uma grande m*rda fedida e chata de se acompanhar, as tramas foram um saco e de verdade, chegou ao final do episódio e só fiquei feliz de ser a ultima temporada porque se a vida da série dependesse desse episódio, Eureka para mim já estaria acabada.


HÁ! Te peguei né? Pegadinha do malandro, ou “Feliz dia de Feynman procê também”, calma pessoal, não me xinguem (ou podem xingar, comentando é o que vale), mas vamos falar a verdade, já estava sendo enjoativo toda review eu começando falando bem de todas as tramas de Eureka, como é triste ser a ultima temporada e blá blá blá, ai decidi entrar nesse clima de primeiro de abril (versão Eureka), mas agora falando sério, amei demais o episódio, mesmo com vakAllison piranhando e sendo extremamente chata e irritante, porém no fim foi tudo compreensível (estou em um momento Zen então deixo passar gente...), mas vamos falar disso com mais calma depois...

Primeiro começando pelo que realmente interessa não é?  Não, não estou falando de Jo em roupa de couro com chicotinho – mas esta foi sim uma parte muito interessante –, vou dizer que amei muito a trama desenvolvida na G.D. durante o episódio, os nerds indo a loucura e fazendo os inimigos ficarem presos ao teto foi demais, e melhor ainda com Zane totalmente debochado fazendo graça com tudo. Jo estava control freak, mas não irritante, e sim divertida. E claro, deixo um espaço aqui para Larry que em suas cenas, mesmo sem falar nada me fez rir descontroladamente com sua voz alterada...

Já na trama que ia sendo desenvolvida na casa de Jack e Alisson a coisa ficou tensa, a situação fica cada vez pior para Holly e isso é realmente tenso e de quebrar o coração, eu sei que muita gente tem absoluta certeza de que vai dar tudo certo na série, mas para mim é algo meio difícil imaginar essa possibilidade, fico totalmente dividido porque amo Holly, mas sei que o Fandon de Claudia e Fargo é grande, isso sem falar que os roteiristas tem histórico de serem loucos psicopatas, quando mataram Kim no final da primeira temporada, mataram Stark no dia do casamento dele no começo da terceira e foram lá e mataram clone da Kim no final da terceira também. Então eles descartarem Holly não me parece uma alternativa tão absurda.

Fiquei louco quando percebi que Holly é uma entidade tão poderosa que nenhum computador poderia manter sua existência... Foi bom também ver Zane se tornando o novo chefe da Seção 5, há muito esquecida da trama, e que tem como tarefa encontrar uma maneira de manter a existência da Holly, sinto que “dias sombrios” vem por ai e a única coisa que podemos fazer é torcer que no final tudo de certo para Holly fofinha s2, e que possamos vê-la jogar Dungeons & Dragons mais vezes na série...

Agora indo à trama central do episódio, Alisson estava vaca demais, simplesmente assim. Ta certo que é a casa dela, mas é bom ter no mínimo um pouco de compaixão e compreensão com o pessoal né? Se ela estava tão incomodada assim, custava falar com Jack para se mudassem dali temporariamente, afinal, eles obviamente são ricos e se ela quiser aposto que Fargo encontrava uma casa rapidamente para ela, porém imagina que essa quenga ia querer ficar sem uma casa robô que faz absolutamente TUDO para ela e a única coisa que ela pode reclamar é de que a casa está cheia?

Realmente foi bonitinho o gesto de Carter, querendo dar privacidade a essa quenga que só reclama, de “sequestra-la“ e a levar a um jantar romântico e submarino.  Gesto fofinho nada apropriado para a atitude que ela vinha tendo, mas tudo bem, Inclusive vou dizer que fiquei esperando alguém aparecer do nada e dar um tapa na cara da moça quando ela insinua dizendo que não deviam continuar o casamento.

Porém, quando ela foi lá e explicou o porquê de estar sendo uma vadia irritante eu fiquei todo “ohhhhh” e até que entendi o motivo dela ficar assim, afinal, ela estava totalmente insegura, ela já teve três experiências de casamento que não deram muito certo, é normal ela ficar totalmente insegura e pensar que todo relacionamento tem seu “prazo de validade”. No final acabei adorando eles se casando no submarino que ia se inundando, com Henry sendo o oficial e Jo a Madrinha, fofo, divertido e bonitinho, como Eureka (quase sempre) é...

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Realmente, medo dos roteiristas psicopatas.
    Mas Eureka, é Eureka, simples assim.
    Melhor casal de todos: Jo e Zane. =]

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe