Go On 1x02: He Got Game, She Got Cats

segunda-feira, setembro 17, 2012


“Sabe o que pode ser divertido?”

Ryan King, o homem da ação, não pretende participar da maratona de New York. Motivo? Maratonas são solitárias.
Go On continua, na minha levemente humilde opinião, com a bola toda. Apesar de não ter o plot mais original do Mundo, um bom desenvolvimento e, principalmente, um bom elenco, são fatores que fazem a série se destacar.
Este episódio, mais que o anterior, mostra como a vida de Ryan King está vazia depois da morte da única mulher que ele amou (Mônica? Oi?). O lema dele ("menos sentimento, mais ação") e sua inabilidade de ficar em casa sozinho, mais que tudo, refletem isso.
Apesar de, ainda um bom episódio, este 1x02 apresentou basicamente a mesma proposta do piloto: Ryan fazendo coisas no grupo que vão completamente contra o que Lauren determina. Um adicional foi esse lance dos gatos que, particularmente, agradou bastante.
Pode ser que os roteiristas tenham decidido “repetir” a situação para fixar aquela ideia de que não é fácil seguir em frente e que Ryan não fez avanços tão rápidos, como é de costume numa série assim. Ousado? Sim. Mas infelizmente é só uma especulação e pode ser que a série não proponha isso de verdade e seja só enrolação também. Como saber disso em apenas dois episódios? Impossível. O jeito é aguardar os próximos episódios.

PS: Freud explica a natureza da relação de Ryan e Carrie? Mixed signals o tempo todo!

Talvez Você Curta

4 comentários

  1. Esse 2º epi teve uma queda muito grande de qualidade comparado ao piloto, mas é uma série que pode ter um futuro bem bacana.

    ResponderExcluir
  2. Fiz pequena, pois não tinha tanta coisa pra falar, Sofia. A de hoje vai ser um pouco maior. Hahaha

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe