Weeds 8x10: Threshold

quinta-feira, setembro 06, 2012


Nas vésperas do episódio especial “De volta para minha terra” apenas uma trama foi fechada, outra foi encaminhada para um destino distinguível e as demais se encontram passíveis ao esquecimento tais qual o pequeno Stevie foi.

É sabido que para comemorar seu 100º episódio Weeds trará os Botwin (e Wilson?) de volta para onde tudo começou, a ensolarada Agrestic. Como isso acontecerá é um mistério para mim, pois a série poderia ter usado este e o episódio anterior para introduzir uma história que impulsionaria essa mudança na vida dos personagens, mas preferiu perder tempo com coisas como o casamento de Andy com uma garçonete infantilóide, os dilemas profissionais de Silas e ignorando todo um arco envolvendo Jill que vinha sendo construído desde a temporada passada.

De qualquer forma é para lá que eles vão e, se foi negado ao telespectador a chance de ver Nancy dizer adeus a Stevie, ao menos tivemos a oportunidade de ver o rompimento da relação entre ela e o rabino Dave. Obviamente ninguém achou que dois terminariam a série juntos, o próprio personagem sempre funcionou melhor como conselheiro de Andy do que o “namorado” da vez da protagonista. Sinceramente, deixar a conclusão desse plot para a última oportunidade foi mais um desperdício de tempo – sem falar que o casal não se enxergava como tal até pouco antes do fim, haja paciência!

Em contrapartida o episódio teve algumas storylines tão engraçadas quanto foi o primeiro momento de Andy com os garotos judeus. A empreitada de Shane e Angie para recuperar o carro dos bandidos gays foi impagável e a namorada revoltada quebrando o para-brisa foi a cereja do bolo. A sessão desabafo dos desabrigados ministrada por Doug também foi tão boa que deu até raiva por terem enrolando tanto para acontecer alguma coisa engraçada envolvendo a Douglas S. Wilson Foundation.

A “lua-de-mel” de Andy e Srta. Garçonete também rendeu umas risadas, mas poxa, depois de tanta coisa, depois de viver com Jill o mais próximo de um relacionamento maduro de sua vida, depois de toda aquela história sobre ser pai... Ver o personagem regredir assim me frustra como fã. Até porque de que adianta casar se no fim do dia ele estava se auto-amando enquanto pensava na ex-namorada que o comeu com um cintaralho?

 Talvez a única pista sobre qual o pretexto que fará a família ir para o Agrestic (atual Regestric) seja o novo investimento de Nancy e Silas que trará a MILF de volta ao mercado às custas do dinheiro do pobre empresário rico que surgiu no episódio passado. Podia ter sido algo mais simples envolvendo os eventos apresentados mais para o começo da temporada, algo que vinha sendo construído ao longo dos últimos nove episódios. Só que não foi, mas agora falta pouco. Tenhamos fé.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Afff não vejo a hora de acabar..... sério se tivesse mais uma temporada eu largava!
    Mas como faltam só 04 (é isso mesmo?) agente continua pra ver o que tanta maconha na cabeça da Jenji Kohan vai fazer pra finalizar a série...

    A parte do blowjob dos caras no carro e a explicação da orgy (fiquei até confusa com a "lógica" do cara) foi bemmm engraçado!

    Será a volta da saudosa Heylia? Gostava tanto dela....

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe