Elementary 1x01 (Preview): Pilot

quinta-feira, setembro 06, 2012


Novo Holmes... Nova Watson!... Nova York!?

Elementary é uma série que já chegou causando polêmica. É inevitável que recentemente Sherlock Holmes vem se tornando cada vez mais popular, o arrogante inglês vem ganhando notoriedade, principalmente devido aos filmes de Guy Richie, mas também acompanhado pela série da BBC, e devido a mesma trazer um “Sherlock Homes atual”, os fãs da criação de Moffat não conseguiram não apontar e gritar histericamente “COPIA!”. Pensei muuuito se deveria ou não falar desta “birrinha” de grande parte dos fãs de Sherlock, da BBC, e decidi que valia sim, então se não quer ficar ouvindo (ou lendo) mimimis quaisquer, pule o próximo paragrafo.  ;)

Ok, em um jogo rápido, simplesmente amo Sherlock da BBC, sei que muitas pessoas não gostam e acham a série chata e demorada, porém, é incrível todo o trabalho que ela tem para a escolha do elenco, fotografia e roteiro, AMO Cumberbatch como Sherlock, ele tem todo o ar do personagem dos livros, e sem duvidas penso que se o Sherlock pelo qual me apaixonei quando tinha meus 12 anos  vivesse nos dias atuais seria exatamente ele. Não posse deixar de achar, no entanto, infantil, toda essa atitude que vi muuitas pessoas tendo, dizendo que Elementary é apenas uma copia, que nunca será tão boa, e várias outras coisas. Verdade seja dita, não ligo que Elementary seja uma copia, não acho que seja, porém, mesmo que fosse, tendo um roteiro legal e personagens interessantes, não faria a menor diferença. Como fã de Sherlock Holmes, quanto mais adaptações (e não degradações) de seus romances e contos, melhor. Inclusive, penso que o fato de ambas as séries se passarem no séc. XXI faz com que haja maior aprovação e identificação do publico com as tramas. Então, se você é fã de Sherlock da BBC (ou livros), e não deu uma chance a Elementary por puro preconceito, já que é outra série que possui um Sherlock Holmes atual, pense novamente e de uma chance para a série, de mente aberta e coraçãozinho depilado, talvez você possa gostar.

Elementary me agradou logo na escolha do elenco, nunca imaginei Watson como mulher (mesmo tendo algumas fanfics por ai), e com Lucy Liu neste papel, melhor ainda! Mas Jonny Lee Miller sem duvidas fez a diferença, sou fã do ator e fiquei feliz ao ver que ele faria Sherlock Holmes. Vi alguns trailers, mas tentei me manter um pouco mais afastado de tudo, e fui assistir ao pre-air sem muitos spoilers, gostei bastante do resultado final. Claro que Elementary tem muuuitos fatores que pode melhorar, uma trama central para a série, sem duvidas, é o que pode acabar mudando, e muito, toda a dinâmica dela e gostaria que no futuro colocassem uma abertura para a série. O caso inicial não foi menos que espetacular! Achei muito bem feito, pensado e intrigante, realmente não conseguia entender o que estava acontecendo direito e fiquei preso até o ultimo minuto. Dallas Roberts (O Irmão gay da Alicia de The Good Wife) estava ótimo no papel, e todo o confronto entre ele e Sherlock foi muito bem criado.

A química entre Miller e Liu demorou um pouco para engrenar, mas no meio do episódio já estava rindo de Holmes entrando na opera e fazendo Joan Watson passar vergonha. Espero que tenham mais cenas assim, afinal, um pouco de comédia sempre faz bem, ainda mais em procedurais. Gostei bastante também de como conseguiram trabalhar o relacionamento dos dois, a parte dos despertadores foi bem bonitinha e o conflito que se deu foi bem interessante, mesmo já tendo visto a cena no trailer, valeu a pena rever Joan indicando que não existem espelhos na casa, e que reconhecia uma causa perdida quando via uma...

Elementary, porém, não foi somente essa coisa legal e bonitinha de se ver... Teve um erro grave, um único erro, mas, que era o único aspecto que esperava que eles não errassem: Sherlock Holmes não é Sherlock Holmes e Joan Watson não é John Watson. Claro, os personagens tem os mesmos nomes, tem a mesma história, mas algo ali não estava certo. Essa não semelhança não foi algo ofensivo, como ocorreu no Filme de 2009, no qual, na metade do filme fui obrigado a sair da sala de cinema pois estava passando mal vendo uma deturpação tão grave e patética de um personagem que, na literatura, é um de meus favoritos. O sentimento que tive foi de que o Sherlock que vimos em Elementary foi uma mistura do Sherlock Holmes clássico, com um pouco de House e um pouquinho de The Mentalist (que não vi mais do que imagens e trailers na tv, além de comentários de quem ve), e no fim, isso acabou “quebrando o vidro” de algo pelo qual estava super ansioso por.

No final, o saldo de Elementary foi bem positivo, é uma boa adaptação, com um Sherlock que não é tão parecido como o dos livros, porém essa mudança não chega a ser ofensivo (como o Sherlock de Downey Jr.), e a ideia de uma “Joan” Watson caiu muito bem. Verdade seja dita, a história se passar em Nova York fez a mínima diferença, e sendo, ou não, copiazinha de “Sherlock”, “Elementary” me parece que facilmente pode sair da sombra da série inglesa, basta querer trazer tramas tão divertidas como a do piloto e invertir em roteiristas que transformem o personagem de Jonny Lee Miller em Sherlock Holmes, de verdade.

O piloto foi dirigido por Michael Cuesta (que já dirigiu alguns episódios de Homeland, Dexter e Six Feet Under), escrito por Robert Doherty (criador da série, que também já escreveu episódio de  Dark Angel, Mediun e Tru Calling). A série é estrelada por Jonny Lee Miller, Lucy Liu e Aidan Quinn (de Lendas da Paixão e Procura-se Susan Desesperadamente).

Talvez Você Curta

8 comentários

  1. Alguém tem link pra rmvb? não precisa de legenda

    ResponderExcluir
  2. Depois de 20 minutos fui tomada por tédio e sono....Sem condições essa serie. #Flop!

    ResponderExcluir
  3. Gostei da proposta da série, mas não gostei do fato de "transformarem" Watson em uma mulher. Pra mim, ficou evidente que o fizeram pra que role uma química entre ela e Sherlock (o que sutilmente já rolou) e um possível (provável?) relacionamento amoroso entre eles seja aceitável perante a sociedade. Essa ideia me soou clichê e apelativa. Mas, no mais me divertiu, continuarei e veremos se esse detalhe me convencerá por fim - ou não.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da proposta da série, mas não gostei do fato de "transformarem" Watson em uma mulher. Pra mim, ficou evidente que o fizeram pra que role uma química entre ela e Sherlock (o que sutilmente já rolou) e um possível (provável?) relacionamento amoroso entre eles seja aceitável perante a sociedade. Essa ideia me soou clichê e apelativa. Mas, no mais me divertiu, continuarei e veremos se esse detalhe me convencerá por fim - ou não.

    ResponderExcluir
  5. não tive chance de ver o episodio, mas pareceu pra mim com o trailer que essa série vai ser clichês atrás de clichês. Começando pelo protagonista com bad attitude (ver House), e fazer com que o casal protagonista não seja um casal (ver bones, castle,etc...) , e além de encostar-se no melhor e mais conhecido detetive da história .
    Pretendo ver , mas não espero muito

    ResponderExcluir
  6. Gabriel Medeiros Andradesábado, 08 setembro, 2012

    Vindo aqui só para comentar o nome do link que o Leo Gravena colocou na review: http://www.seriadores.com.br/2012/09/Elementary1x01NovaSeriedaLucyLiuTODOSAMAJapaGostosa.html#more "NovaSeriedaLucyLiuTODOSAMAJapaGostosa" kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei. Para entretenimento serve!

    ResponderExcluir
  8. A série não é uma cópia, ela foi feita com a autorização da BBC. O canal norte-americano comprou a idéia da BBC que fez uma exigência: que Sherlock fosse interpretado por um ator inglês. Inclusive, ao longo da temporada vemos a participação de alguns atores ingleses. Os atores Benedict Cumberbatch e Jonny Lee Miller são amigos e fazem um peça em Londres. Elementary é mais ou menos como se fosse um spin-off. Eu assisto e gosto de Elementary, mas o seriado Sherlock da BBC é fantástico! Acho ele perfeito.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe