Dexter 7x02: 'Sunshine And Frosty Swirl'

quarta-feira, outubro 10, 2012

COMO CURAR UM SERIAL KILLER EM DEZ PASSOS FÁCEIS.


A um dado momento a verdade deve ser exposta doa a quem doer. O que corajosamente a série nos apresenta nesta semana é um diálogo limpo e claro entre as duas peças mais importantes do show. Minhas expectativas quanto a esta temporada sempre foram positivas e confesso estar mais do que satisfeito agora que definitivamente não veremos mais as tentativas de Dexter em esconder a sua identidade.

Pelo menos não de Deb. Encurralado pela irmã, após assumir ser um serial killer, Dexter assume todos os assassinatos cometidos e surpresamente abre o jogo sobre todo o conhecimento de seu pai diante de seu "vicio". A sacada inteligente de trabalhar a verdade ainda no inicio desta temporada abre diversas posibilidades deixando mais fácil para nós telespectadores entendermos o rumo que a série se levará.

Minha curiosidade principal sobre o fim que se aproxima é basicamente como trabalharão com Deb. Porém antes disso deixo claro o quanto estou satisfeito com as atitudes da personagem até aqui. Ver seu mundo desabar, sua fragilidade vir a tona e paralelamente acompanhar sua decidida batalha de salvar o irmão facilmente foi uma escolha sábia dos roteiristas.

Não esparava nada além do que nos foi mostrado. Debra é uma personagem que me cativou logo de cara e diferentemente de conhecermos sua vida pessoal e suas tentativas de um relaciomento amoroso, é chegada a hora de vivermos um lado mais obscuro que possibilita testar sua força. A dificuldade em encontrar uma forma de lidar com toda a situação é reciclada em uma idéia talvez absurda, mas que seria a primeira alternativa de muitos.

Vigiar Dexter por vinte e quatro horas seria o cúmulo se desse certo, só não esperava que diante de tanta sagacidade Deb pudesse tão rapidamente deixar uma grande brecha para que o irmão tivesse a chance de fazer uma visitinha ao apartamento de Lewis. Mesmo assim não poderia ter ficado mais contente com o susto que Dex causou no estagiário que por pouco não se tornou a mais nova vítima do passageiro sombrio.


    Eu não sei sobre as outras pessoas
    Mas eu tenho essa...necessidade dentro de mim.
    Eu chamo de meu passageiro sombrio


O interessante foi ver Dexter se rendendo ao apelo da irmã dando o primeiro passo para trabalhar seus instintos assassinos. Vê-lo sedar a irmã em busca de uma oportunidade de atacar Lewis já era esperado, o que por outro lado não cogitei tão cedo vê-lo repensar suas atitudes e muito menos pedir socorro a Debra. Esta promete ser a provável relação que veremos daqui pra frente entre os irmãos, o que não me incomoda desde que não alimentem a desnecessária paixão dela por ele.

Os assassinatos do agente Mike e da striper Kaja avançam satisfatoriamente. A ligação do segurança e ex-caso de Kaja desenvolveu muito bem a introdução da máfia ucraniana na temporada. Tudo ficou ainda melhor quando finalmente o poderoso chefão Isaac pisa em território americano mostrando que não necessita de nenhum de seus subordinados para fazer o serviço sujo. Minha aposta quanto ao personagem é alta.

O retorno de Harry deixou nítido os fatos que em seu tempo se firmarão. É claro que por mais óbvia e absurda a idéia de uma Dexter-Rehab possa ser, nada disso certamente funcionará. E Harry como o diabinho (ou o anjinho) se certificará de trabalhar novamente seus ensinamentos sobre Dexter.


Observações Finais:

  •     A explicação sobre o passageiro sombrio e a ligação do sentimento de Dexter quanto ao sangue foram dignas ao episódio.
  •     Contando os segundos para dar as boas vindas a Yvone Strahovski

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Realmente foi um episódio excepcional!!! Digno mesmo de "Dexter". Não gosto de Laguerta, e é óbvio que ela e Louis irão sofrer nas mãos do nosso serial killer...rsss... esta temporada promete ser maravilhosa. Adoooooro Dexter!! Brilhante Michael C. Hall, o que falar, hein, dele????Parabéns pela review, a qual espelhou meus sentimentos sobre este 7.2!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Contando os dias pra ver Laguerta e Louis nas mãos de Dex!!
    Michael C. Hall é realmente incrível no personagem. Super merecia levar um Emmy antes fo fim da série =/
    Obrigado Adrianna por ler a review, fico feliz que gostou. Volte sempre!!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe