Grimm 2x05: The Good Shepherd

quarta-feira, outubro 03, 2012


Amassadinho de Wesen, mas não foi tudo por causa do quadril substituto.

Grimm fez algo muito, muito estranho essa semana. Muita gente se rebelou contra o episódio, achando o caso irritante, patético, enquanto eu me diverti horrores durante esses 42 minutos. Além do mais, Grimm nunca havia tocado nessa questão de religião, principalmente uma Igreja, de fato e claro, a safadeza que sempre acontece nesses lugares.

Logo de cara, a única coisa irritante do episódio, além de Julliet, como sempre, foi o Cavalo Assassino, que apareceu em quase todas as cenas, não fez e falou nada, foi morto facilmente com um MARTELO, mas mesmo assim, foi extremamente gratificante o plot do mudo, até porque o cavalo assassino parecia mais cavalo na forma humana do que na forma wesen.

 Mas o episódio já começou muito divertido, com o reverendo fazendo amassadinho de wesen com uma garra gigante, daquelas que tem no shopping quando você quer pegar o ursinho, mas desta vez, ela é maligna. Ri muito também quando a mulher falou que o cara teve o quadril substituído quatro anos atrás, por que aparentemente, só dessa forma que iam perceber que ele havia sido assassinado.

Além do fato de um Lobo Mau ser o reverendo, o dono de uma Igreja, o fato de que ele só queria ser o líder de um monte de Maria vai com as outras, já que, por definição, é isso mesmo que eles são. Daí descobrimos que elas também são OVELHAS, é muito instigante. Principalmente porque obviamente a primeira coisa que passou na cabeça desse safado foi: tenho comida para o ano inteiro.

Até humanos tem nome no mundo dos wesens e Hank descobriu isso da maneira mais sutil possível. Não tem como NÃO amar Hank tentando se mostrar o entendido do mundo dos monstrinhos, como se ele fizesse isso há mais de um ano.

Por um breve momento, pensei que o cara do começo e o da igreja era o mesmo, mas então percebi que só um deles parecia um cavalo. Vale ressaltar que os wesens são quase como nós, tentando viver as vidas quietamente, só alguns que viram rebeldes e decidem matar a população humana e a população monstrinhos também. Perceba que a maior parte dos monstrinhos que apareceu até agora na série só tentam se passar por humanos, nunca fazem o mal. Aparentemente a Família Real não gosta do povão.

O mais irritante continua sendo o plot do esquecimento da Julliet. Todo mundo falando o tanto que eles são ótimos juntos, até contaram que ele pediu ela em casamento e a ruiva nada de se lembrar. No mínimo, ela podia FINGIR que se lembra de algo, para tirar o atraso.

Mesmo que o caso em si tenha sido bem fraquinho, com poucas reviravoltas (afinal, estava na cara que ele estava tendo um caso com a secretária), Grimm conseguiu torná-lo bastante divertido, por introduzir Monroe na história. Sem contar que foi hilário Monroe com medo das ovelinhas.

Mas secretária Ovelha não ficou muito feliz ao perceber que foi chifrada e que uma nerde viraria mãe primeiro do que ela. No futuro, não duvido nada que ela vá roubar o baby da menina. #NazaréFeelings

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Simplesmente amo Grimm! Até mesmo os episódios mais mornos são interessantes. Espero que a audiência cresça. Fringe # feelings kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. Ih bem, a audiência pode não ser muito alta, mas ela é bem estável. É provavelmente a única série atual da NBC, que além de passar na sexta, possui uma audiência que é estável. Se continuar desse jeito, vamos ganhar muitas novas temporadas! ;)

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe