Dexter 7x09: 'Helter Skelter'

quarta-feira, novembro 28, 2012

Um dos melhores vilões de todos os tempos...

Completamente longe do chão com esse episódio de Dexter. A série que em seu sétimo ano reproduz todo o seu potencial, e nos trouxe um dos antagonistas mais interessantes até aqui, simplesmente me deu um banho de água fria com os fatos ocorridos. Confesso ter trabalhado toda uma cena entre nosso protagonista Dexter e o chefe da irmandade ucraniana Isaak, ficando completamente decepcionado (em partes) com a deixa.

Inicio ressaltando o quanto me incomodo com esse amor platônico de Debra pelo irmão, mesmo tendo rendido a melhor atuação de Jennifer Carpenter nesses sete anos do show. Sou completamente apaixonado pela personagem e toda sua personalidade única que simplesmente sinto suas dores e me incomodo como Dexter a corresponde em todos os casos. Debra visivelmentee sempre atende as necessidades do irmão pouco recebendo algo em troca. 

Sinto certo descaso dele por ela. Neste episódio por exemplo em certo momento senti até falta de humanismo me questionando se estava realmente diante de Dexter Morgan. Depois da difícil revelação, esperava um Dexter mais condizente e parcial, que pudesse prestar o apoio a irmã a fim de ao menos tentar salvá-la desta loucura que alimentou em sua cabeça. Mas não, tudo o que vimos foi um protagonista que colocou a si próprio à frente, priorizando sempre a sua paixão por Hannah.

Já ressaltei o quanto sou fã de Hannah e torci pelo envolvimento dela com Dexter, porém não esperava que pudesse afetar de forma grave o relacionamento dele com Deb. Chega a ser até irônico algumas atitudes e situações, mas o que sustenta é simplesmente ver Debra encontra forças e em momento algum deixando de ser a irmã e amiga que sempre foi com Dexter. Debra tem sido incrível.

Seguindo a onda de elogios devo registrar mais uma vez o quanto me envolvi e admirei Isaak, excelente adição a esta temporada da série. O personagem que neste episódio apresentou uma dinâmica bem interessante e mais um incrível diálogo com Dexter, não teve o final que eu tanto esperava. Dentro da sua sede de vingança pela morte de Viktor, o mafioso provou seu lado humano e serviu até alguns conselhos para Dexter, que com certeza necessitava. 

Interessante como funcionou a narrativa da série neste ano. A trama se desenvolveu de modo que aguardássemos algo de forma convicta, e neste momento percebemos que o principal inimigo a quem Dexter deverá enfrentar nesta reta final será outro. Resta agora descobrir qual o destino de George e Hannah no desfecho desta trama. Sobre ele já adianto estar contente com o rumo tomado para o personagem que aparentemente no início da temporada pouco conquistou.

Agora que LaGuerta finalmente se ligou a Dexter e se aproxima da verdade, sua participação deve ser de peso principalmente nos dois episódios finais. Me incomodo apenas com o plot de Quinn e sua bela donzela. Do mais a trama conseguiu se desenvolver muito bem apesar dos choques emocionais e precoces principalmente desses dois últimos episódios. Diante de tantos acontecimentos e revelações já me pergunto do que será o oitavo e último ano do Dexter?

Observações Finais:

1. Masuka totalmente apagado nessa temporada.
2. Pobre Doakes. Que dó, que dó!
3. @cavalcanteartur

Talvez Você Curta

8 comentários

  1. "Debra tem sido incrível."

    Debra S2

    ResponderExcluir
  2. Chorando pelo Isaak até agora. Mas que episódio! *-*

    ResponderExcluir
  3. Isaak, melhor personagem da temporada, gostaria que tivesse durado mais... O ator é ótimo!

    Também estou sentindo falta das tiradas do Masuka.

    Os momentos de medo do Dexter... WtF? Parece que o Harrison nem existe...entre outros muito mais dramáticos que o sequestro da Hanna, que ele conhece ontem.

    ResponderExcluir
  4. Quando vc vai postar glee 04x07 Dynamic Duets??

    ResponderExcluir
  5. muito triste....uma pena. Queria mais Issak

    ResponderExcluir
  6. Debra/Carpenter absolutamente incrivel... é a temporada dela!! ^^

    ResponderExcluir
  7. Apesar de concordar com alguns que expressam decepção com está versão emotiva do Dexter, tenho que admitir que é uma nova roupagem interessante nesta sétima temporada. Quantas surpresas nesta temporada: Louis, que parecia ser o vilão da temp., sai de cena sem mostrar a que veio. O assassino de mulheres foi descoberto e morto muito rápido. Isakk que parecia ser a caça da temporada, morre sem ser na mesa do Dexter. Agora aparece um fantasma incendiário e a relação de Dexter com Hanna ainda não ficou bem definida, eu gostaria que ela se revelasse uma traidora e fosse parar na mesa do dexter na season final, hahhahha. E, pra terminar, Laguerta bem perto de descobrir sobre o verdadeiro HBB e Doakes na season final cujo título é "surprise, motherfucker", kkkkkkkkkkkk, morri...

    ResponderExcluir
  8. spoilerando livremente, como se não houvesse amanhã...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe