Merlin 5x08: The Hollow Queen

domingo, novembro 25, 2012


Transbordando de mentiras.


É inegável que Merlin esteja trabalhando plots mais adultos e sombrios nesta quinta temporada. Os roteiristas deixaram um pouco de lado as criaturas fantásticas (e bizarras) para apostarem em temas como vingança, traição e lealdade. Óbvio que esses já eram elementos recorrentes nas temporadas anteriores, mas o foco agora - e, principalmente, a forma como são abordados - é diferente. Só que embora o roteiro tenha amadurecido e evoluído bastante, uma coisa não muda: a necessidade de Merlin esconder tudo de Arthur. Pode parecer chover no molhado tocar novamente nesse assunto mas é impossível não mencionar. Não quando temos dois inimigos em potencial dentro dos muros de Camelot querendo a cabeça de Arthur.

O relacionamento entre os dois já é tão sólido que, no ponto atual em que a história se encontra, eu duvido seriamente que a reação de Arthur possa chegar ao nível da qual é imaginada por Merlin. Principalmente se junto com a verdade forem reveladas todas as vezes em que Merlin salvou não somente a vida de Arthur, mas de toda Camelot, graças a sua magia. Enquanto isso não acontece, continuamos a roer as unhas - que ainda sobraram - em todos os momentos de tensão envolvendo os planos de Morgana, que se tornam cada vez mais elaborados.

Dessa vez, a feiticeira tira Merlin da jogada, enganando-o com um falso pedido de socorro da irmã de um jovem druida. Em débito com o povo mágico, Merlin sente-se na obrigação de ajudar o garoto, e parte junto com ele em uma jornada até uma das regiões mais perigosas do reino, deixando Arthur à mercê de Guinevere - que continua sob influência de Morgana - e Sarrum, o governante de um reino próximo. Nesse ponto, tenho que afirmar algo: Merlin funciona tão bem sozinho quanto ao lado de qualquer outro coadjuvante. Resultado do talento de Colin Morgan, que já mostra domínio total de seu personagem, vendendo tão bem a imagem bondosa e generosa de Merlin. No fim do episódio, já estava torcendo para que o  falso druida virasse um aprendiz do jovem feiticeiro.

Enquanto isso, em Camelot, Arthur tem que se virar como pode sem o seu servo. Descobrimos então que, fora manejar muito bem uma espada e ser um ótimo cavaleiro, Arthur é uma negação em quase todo o resto. Merlin é responsável inclusive por colocar as roupas no rei! Fica aí a dica para todos os ficwriters de plantão! Além do probleminha no armário, Guinevere se alia a Sarrum - a mando de Morgana - para assassinar o rei. É aí que descobrimos que Sarrum foi o captor de Morgana no período em que ela ficou presa, mencionado no início desta quinta temporada. Fica explícita, também, a relação que a feiticeira possui com seu dragão, que provavelmente se mostrará útil em um futuro embate entre as forças de Camelot contra ela.

Enfim, o episódio passa, o clima de tensão aumenta conforme a hora da execução do plano se aproxima, mas Merlin surge, nos últimos instantes, para salvar seu rei. E, assim, voltamos ao marco zero. Continuamos com Guinevere “manipulada”, Arthur mais ignorante ainda do que se passa a sua volta e Merlin escondendo cada vez mais segredos. Pelo preview do próximo episódio, parece que as coisas vão ganhar um certo desenvolvimento. Espero que seja isso mesmo, afinal, já estamos nos encaminhando para a reta final da temporada.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe