Revenge 2x08: Lineage

quarta-feira, novembro 28, 2012


Uma olhada no passado e a descoberta de um Daniel diferente.

Revenge mostrou um episódio atípico e que deu muito certo tanto no desenrolar da trama geral da série, quanto num episódio de excelente qualidade. Lineage começa lá em novembro de 2006 mostrando como Emily e Adien se conheceram. Mostra também o primeiro contato de Ems com Ashley e outras coisas mais.

Posso dizer que, pra mim, o episódio foi meio confuso inicialmente. Depois tomou jeito. Enfim, depois que tudo se ajeitou, o episódio foi completamente sensacional. Amarrou muitas pontas e respondeu muitas perguntas. A primeira (CLARO!) foi como Emily e Adien se conheceram. Achei que os dois teriam se conhecido já no campo de treinamento do Takeda. Mas, para minha surpresa, a querida Ems salvou Adien e ele acabou suplicando para que Emily fizesse com que o Takeda o ensinasse tudo o que fosse necessário para que vingasse sua irmã.

Segunda coisa importante não é nenhuma surpresa pra mim. Como já tinha dito, a auditoria na empresa do Nolan seria tudo relacionado com a Emily. Nolan fez uma espécia de poupança pra Ems que ela, no futuro, acabou limpando tal conta pra se desligar totalmente e não ter mais nenhuma relação com a Nolcorp. Só que Nolan não esperava que isso levasse ao fim do seu relacionamento com Marco (surpresa pra mim, achei que o Tyler tinha sido o primeiro) o diretor financeiro da Nolcorp na época. Agora me vem a pergunta: Nolan teria uma queda por diretores financeiros? Primeiro o Marco e agora a Padma.

O BOOM do episódio ficou com Victoria Grayson e sua querida mãe. Será que todo vilão foi injustiçado no passado? Enfim, prestei muita atenção na Victoria de antigamente e percebi muitas similaridades tanto físicas, quanto jeito de falar e agir com a Charlotte. Escolheram muito bem a atriz.

Daniel era mais ingênuo do que imaginávamos. Largou a faculdade pra entrar num curso de escrita criativa e pediu a opinião do pai pra ver se estava bom. A ingenuidade ai foi ao extremo! Conrad, como não é besta, resolveu acabar com o sonho do garoto queimando as poesias, pois ele quer Daniel na posição de direito na Grayson Global.

Ponto1. Foi bom de ver a Emily com seu plano vingativo todo encaminhado com as informações sobre o caso de Conrad e Lydia.
Ponto2. Pé no saco esse novo Takeda. Não gosto dele.
Ponto3. Eu achei meio que confusa a parte do pai do Jack devendo, bar pegando fogo, tiro, os filhos do Matt em perigo, blá blá blá. A única coisa que ficou clara foi a relação desse Ryan sendo o pai do cara que é "sócio" do bar. Acredito que pode ser ele no Amanda quando mostrou no início da temporada.
Ponto4. Qual o interesse do Daniel no Marco? Ele não falou pros acionistas que se fosse escolhido pra assumir o lugar do pai na empresa continuaria investindo na Nolcorp? Coisa boa não vem por ai (ou não).
Ponto5. O medo de Victoria e Conrad em relação a Daniel assumir a presidência da empresa é algo interessante de ver. Demonstra que os dois não querem o filho enrolado.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Daniel descobrindo que Emily é Amanda sim ou claro ?

    ResponderExcluir
  2. Gostei de ver o Nolan "de volta às origens". Achei esse lance dele com a Padma super nada a ver.
    E a semelhança da young Victoria com a Charlotte foi demais!

    Agora, que tão forçando a amizade ao tentar fazer uma trama paralela sobre o Stowaway, estão. Espero que consertem pq tá bagunçado o negócio...

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe