Suburgatory 2x03: Ryan's Song

sexta-feira, novembro 02, 2012



Shhhhhhhhhh...ut up! Shhhhhhhhhhut up!

Episódio sensacional, e ainda ouso dizer que foi o melhor episódio de suburgatory. Agora vai.

Continuando o episódio de Halloween, George está se “preparando” pro encontro que vai ter com Dallas, enquanto Noah se derrete pela babá. Falando nisso, por favor, onde eu me inscrevo pra ser babá do Opus, além de ser uma coisa fofa, já quero ganhar colares de pérolas e afins. Melhor onde eu me inscrevo pra ter uma Carmem. A cena do musical me fez invejar Noah, quero uma Carmem pra chamar de minha já. Agora com todo esse clima casal eu entendi errado ou estão querendo colocar Carmen de casal com Noah? Acho que não daria muito certo, não sei, preciso conhecer melhor a personagem. Parece que agora as coisas estão voando em suburgatory.

Ao contrário de George, Dallas estava ansiosíssima e fez todo um ritual para estar impecável no seu encontro, esse tinha que ser o encontro perfeito. O problema é que Dallas quis fazer uma coisa perfeita demais e acabou “estragando tudo”. Quem já se viu levar uma terceira pessoa pra um encontro romântico? Só Dallas e sua cabecinha oca. E pra piorar a situação o conselheiro amoroso era o maior mala do universo, a pergunta é: ele vive disso? Ainda não morreu de fome? To achando que até Ryan consegue dar dicas melhor do que ele.

Mas estragos são feitos para serem concertados e nada melhor do que uma reconciliação depois de uma briga. Tá que não foi uma briga, mas as cartas foram postas na mesa. George não quer uma mulher perfeita, quer uma companheira, alguém pra rir, chorar, etc. E Dallas precisa desvincular toda essa coisa de ser a mulher perfeita para o marido perfeito, porém perfeitos para sociedade e não perfeitos uma para com outro. E tenho que concordar com Dallas que nada é mais romântico do que beijo na chuva e o guarda-chuva estava atrapalhando o fim de noite (perfeito) que Dallas tanto queria. Não sei porque mas alguma coisa nessa cena me lembrou o filme diário de uma princesa, onde o primeiro beijo tem que ter o pezinho levantado.

E por fim, mas nem o isso menos importante, o plot que me fez dar gargalhadas. Ryan e Lisa roubaram a cena nesse episódio. Jogo imobiliário é uma paixão mundial e rendeu uma ótima cena, afinal ri horrores com Lisa mimando Ryan pensando na possibilidade dele descobrir a verdade e querer achar sua família verdadeira e/ou uma família melhor. Isso é temer Lisa Chay, essa sim deveria ter o cargo de bruxa de Chatswin.

Claro que Ryan, que como ele disse, não é tão burro assim pensou logo no óbvio: Tô morrendo!!! Se fosse comigo ia achar logo que estão querendo alguma coisa, afinal, quando a esmola é demais o santo desconfia. Até Ryan (que não é tão burro quanto pensamos) ficou desconfiado, até porque Lisa só faltou dizer a verdade porque o resto ela fez. Inclusive deu um empurrãozinho no romance de Tessa com o irmão. Aliás, fofa a cena dos dois cuidando do pequeno Opus, e realmente Tessa, Ryan ficou um charme cuidando do bebê.

Ps:. Como faço para ter uma entrada triunfal igual a de Dallas?

Ps2:. Dallas mostrando que é antenada e contra os mal tratos com os animais. Casaquinho de Cílios de pônei, mas só aqueles que já caíram no chão. #consciênciaambiental.

Ps3:. Será que quando eu morrer vão escrever uma música sobre mim?

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe