Survivor Philippines 25x08: Dead Man Walking

sexta-feira, novembro 09, 2012



Sensacional. Desde o dia em que Parvati resolveu distribuir amostras grátis de immunity idol em pleno Tribal Council, não tínhamos um episódio tão bom como este.


Desde o anúncio do retorno de Russel, Penner e Skupin, eu vinha duvidando que Philippines realmente poderia ser uma grande temporada, mas o grande acerto da produção em parte do elenco vem garantindo uma ótima diversão. No início do programa, tinha muita gente burra, avulsa e sem carisma, mas de todos eles apenas Carter sobreviveu, tornando o jogo um dos mais imprevisíveis e complicados de todos os jogos. Com tantas cobras e tantos interesses em jogo, quem ganha somos nós, que ficamos completamente vidrados assistindo ao episódio e loucos de ansiedade por saber quem seria o eliminado. A temporada vem conseguindo também criar uma grande instabilidade na minha torcida, uma vez que gosto de quase todos e fico dividido o tempo todo. Até o episódio passado, minha torcida principal era de Denise e Malcom, mas nada que um episódio não possa mudar.

A possibilidade de uma aliança do bem contra a aliança do mau (no pior estilo BBB) começou a me irritar bastante e a questionar a minha simpatia por alguns participantes. Começa assim e daqui a pouco todo mundo está rezando em nome de Jesus para o Coach e deixando tudo óbvio e sem graça. Mas o que move Survivor é gente inteligente, que conhece o jogo e tem coragem de fazer de tudo para ganhar. É nesta hora que me aparece uma nova candidata a melhor jogadora da temporada, Lisa (mesmo que depois tudo tenha se voltado contra ela). A atriz decadente mostrou não estar para brincadeira, fazendo uma grande avaliação de suas possibilidades de ganhar e armando um delicioso blindside para cima de Malcom e seu idol. Lisa foi inteligente e pensou que a melhor forma de fazê-lo seria depois da eliminação de Penner, mas como nem tudo é manipulável em Survivor, Jonathan ganhou imunidade, obrigando-a a adiantar um pouco as coisas. O importante a dizer é que ela realmente estava certa ao pensar de ir ao final com Abi, Pete e Artis (que são detestáveis, disfuncionais no melhor estilo Casaya e pouco populares) e mais ainda em armar o blindside para cima de Malcom, uma vez que grande jogadores de Survivor agem sem deixar um tempo de reação para os seus adversários. Mas, ao contar o seu plano maravilhoso para Pete, as coisas começaram a sair do controle.

Pete vem sendo subestimado pela edição, o cara vem fazendo um grande jogo, mas como não banca o herói e nem o vilão fanfarrão, vem ganhando pouco destaque na edição. O cara vem agindo com grande inteligência, se aproximando de todos e atuando como um vilão silencioso, mas quase estragou tudo ao contar para Malcom as informações compartilhadas por Lisa. De repente, os dois participantes que no começo do episódios estavam ferrados, Penner e Skupin, ganharam grande importância e acabaram decidindo o destino do jogo.

Num dos melhores (se não for o melhor como apontou Jeff Probst) Tribal Council da história, a complicada dinâmica ficou ainda maior, uma vez que Malcom e Abi revelaram cada um os seus idols para todo mundo ver. De cara não vi muito sentido na atitude de Abi, mas talvez a ideia era intimidar Skupin e Penner e, assim, evitar que ambos votassem nela ou em Pete, mas talvez ela fez isto de forma impensada como costuma acontecer normalmente com ela. O legal foi perceber o quanto tudo mudou em pleno Tribal Council e que a decisão poderia eliminar quase qualquer um dos participantes. Assim como na semana passada, a edição conseguiu me deixar completamente na dúvida de quem seria o eliminado. Quando Jeff anunciou a eliminação de seu xará, fiquei completamente sem entender o que aconteceu e louco por uma explicação plausível. Pelo o que eu entendi, Skupin resolveu votar em Jeff e se manter fiel a Lisa (a sua aliada mais próxima em suas próprias palavras), enquanto Penner preferiu jogar fora seu voto, votando em Abi e mandando para casa aquele que tanto desejou a sua eliminação.

Como não ficava há muito tempo, estou morrendo de curiosidade para saber o que vai acontecer daqui para frente. É impressionante como uma temporada imprevisível e cheia de alternativa torna tudo muito mais divertido. Finalmente a produção conseguiu um elenco de participantes capazes de nos surpreenderem, o que não é tão fácil depois de 24 temporadas. Acredito que os candidatos à vitória no momento sejam Lisa, Pete, Penner e Denise, e torço muito para que a tribo continue disfuncional e que o bullying role solto com Abi e Pete durando muito ainda. Lisa que não cheirava e nem fedia se tornou uma de minhas favoritas ao provar a sua inteligência e conhecimento do jogo e fazendo um jogo até que parecido com o de Cirie em Exile Island.

Façam suas apostas e declarem suas torcidas nos comentários.

PS: O que é que o Carter ainda está fazendo no jogo?

PS1: Abi está prestes a se tornar uma participante tão odiada quanto Jerri na época de Australian Outback. Os americanos odeiam, mas eu amo a nossa conterrânea.

PS2: Foi legal ver o Penner ganhando um challenge e pensar que ele nunca teve muita chance antes, já que sempre tinha um Ozzy no meio do caminho.

PS3: Apesar da estratégia falha de ir com a maioria, não consigo torcer contra Skupin, que tem um carisma muito grande, mesmo não fazendo nada de muito relevante.

PS4: O Reward Challenge foi bem legal e deixou Denise provar o quão peixe ela é, mas o Immunity Challenge foi apenas um quebra cabeça bem fraquinho.

PS5: Duas véias maravilhosas na mesma temporada? Lisa e Denise têm tudo para fazer história no programa e devem disputar o Sprint com Malcom e Penner.

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. O melhor até agora. Tudo muito imprevisível antes do Tribal e mais ainda durante. Tinha tanta aliança sendo feita, desfeita e refeita que fiquei confuso. Mas prefiro assim do que um boot previsível. Penner jogou o voto fora pra evitar um possível empate entre Pete e Jeff, e ele sabia que o Jeff não ia desistir de tentar tirar ele.

    Pontos altos:
    Carter entregando (de novo) a votação.
    Todo mundo secando o Penner, depois a cara de bunda de todos quando ele ganha.
    Abi muito burra e aleatória.
    DISCURSO FINAL DO JEFF!!! Sobrou até para o Obama.

    ResponderExcluir
  2. Como assim, Abi aleatória, acho que a gente ñ está vendo o mesmo programa!

    ResponderExcluir
  3. NAO VAI TER REVIEW SO EPSODIO 9??

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe