The Voice Brasil 07/08: Batalhas, Final/Semifinal, Parte 01

domingo, novembro 11, 2012


É hora da voz do povo entrar em ação!

Gente!! Estou de volta e em dose dupla (para melhor ou pior)! Minhas sinceras desculpas por não compartilhar antes com vocês as emoções da semana passada, mas estava viajando, esse tipo de coisa que acontece quando a gente resolve ter vida social, portanto, consolem-se sabendo que o sol estava escaldante e mal pude esperar para voltar pra casa.

Então, é isso, um apanhado sobre a semana passada, meio requentada depois das emoções de hoje, mas necessária para completar o quadro que viemos formando laboriosamente, e a continuação até as ultimas novidades. Ficou enorme, mas quem estiver impaciente pode pular para o episódio de hoje ou se ater apenas no que bem lhe interessar.

Sem ofensas, mas não tenho gostado das apresentações dos técnicos. As vozes nem sempre se casam e as escolhas musicais têm sido pouco expressivas, se pudesse, pularia esses trechos sem qualquer remorso e partiria para partes mais interessantes. Outra coisa que me incomoda profundamente é a quantidade de músicas do Lulu Santos jorrando por episódios. O cara está se promovendo absurdamente e me criando uma aversão que eu nem tinha antes!

O Leifert está conseguindo até alguma expressividade como apresentador. Claro que a dificuldade dos técnicos em expressar a escolha ajuda, né? Entre tiradas como a “inveja preta” e o “tempo comprado com uma gravata”, ele está demarcando seu espaço de forma positiva e substancial, complementando e botando alguma ordem na casa. Só está difícil domar o “tempo Brown” nas escolhas, o que me deixou apreensiva especialmente neste momento em que o programa passa a ser “ao vivo”. Passemos sem demora para a luta competição!

Episódio 1x07 – Batalhas – Parte Final

Team Lulu: Lorena x Samantha – Aonde Você Mora
O grave de Samantha sumiu!! Ao invés disso ela descobriu um tom que pareceu bastante deslocado, falso, forçado, e praticamente ficou inexpressiva durante a música, servindo de base para sua oponente. Enquanto isso, a voz melódica e suave de Lorena conseguiu emitir nuances mais delicadas que a complementaram deliciosamente e soavam muito mais naturais aos meus ouvidos. Concordei muito com a escolha do Lulu. Vencedor: Lorena


Team Daniel: Dani x Alma – Fato Consumado
A Dani tomou aquele susto, e não foi pra menos, estava prestes a encarar uma das favoritas na disputa. O Daniel trouxe uma música realmente desafiadora para a Alma a fim de explorar e descobrir os seus verdadeiros potenciais, especialmente dentro da brasilidade, achei ótima escolha e muito pertinente.
Durante a apresentação a Dani foi excelente e a língua a favoreceu, mas não foi só, ela manteve a melodia e o tom sempre na medida perfeita, com um certo swingue sambado e rasgado. Alma demonstrou que existe sim alguma dificuldade no domínio da língua portuguesa, compensando a deficiência com a beleza e extensão de sua voz, além de aplicar um certo charme gringo. Foi uma batalha excelente e muito digna, fiquei bastante feliz por ver ambas sendo aproveitadas ao final, pois a minha sensação foi mesmo de ver duas vitoriosas no palco. Vencedor: Alma / Peguei: Dani para Team Brown

Team Brown: Mayara x Bruno e Camila – Long Live
Vimos um trio dividindo o palco com igualdade, gentileza e propriedade. Mayara não cantou sozinha, ela contou com o suporte da dupla na mesma medida que a dupla dividia entre si, o que fez a canção ser bem executada e conter unidade. Batalhas com duplas estão fadadas à eliminação da dupla na história dos The Voices, assim, já acompanhei essa apresentação com uma opinião pré-formada. Devo acrescentar que, na verdade, gostei mais da dupla, quando Camila entrou me agradou mais do que a Mayara, mas, sem qualquer esperança de que eles fossem permanecer, cheguei ao final da disputa conformada com o resultado esperado. Vencedor: Mayara
PS: Gente, não sei se mais alguém ai achou ou só eu fiquei assustada com a cara da Luiza Possi com aqueles olhos arregalados e carregados de pintura negra!

Team Milk: Bella x Priscylla – Your Song
Duas vozes diferentes soando tão harmoniosamente bem juntas! Bella mais forte, agressiva e Priscylla mais suave, ambas levando bem a melodia, num mesmo som, numa mesma pegada e foi bom de ouvir! Priscylla caprichou nas oportunidades de mostrar extensão soltando o verbo, e Bella foi mais contida, levantando a voz em raros instantes e com uma classe! Qualquer escolha seria bem vinda. Vencedor: Bella com Peguei: Priscylla para Team Daniel.

Team Lulu: Diego x Patrícia – A Cura
Foi de cair o queixo e espremer o coração quando a Patrícia deu aquele sorriso amarelo e deixou claro: a letra fugiu!  Quem não pensou que fosse o fim? Eis que o companheiro vem em seu auxílio e ela consegue se recompor e brilhar. Depois até o próprio Lulu contou um caso semelhante que lhe aconteceu, todos ficaram impressionados e blá, blá, blá, mas... preciso dizer que é uma competição, a pressão existe e NÃO, ela não tinha o direito de errar e isso tinha que virar contra ela!! É uma batalha, oras, por favor!! O erro de um tem que favorecer o outro! Como se não bastasse, o Diego foi muito bem! Cantou lindo, com emoção, foi profissional até na escolha do tom, qual o problema em aprovar o cara? Indignada!! Vencedor: Patrícia.

Team Daniel: Liah x Luana – Coisas Que Eu Sei
A batalha entre amigas foi exatamente isso, por mais que elas tenham dito o contrário. Fiquei meio entediada, torcendo para passar para a seguinte, acho que isso também é um mal de batalhas, tem um momento em que a gente só quer seguir em frente e não perder tempo, não senti nenhuma vibração especial, queria passar logo para algo mais interessante, mas escutei com paciência e senti Luana muito mais agradável aos meus ouvidos, por isso não concordei muito com o coração do Daniel, mas senti alívio quando acabou. Vencedor: Liah com Peguei:  Luana para Team Lulu.

Team Brown: Ludmillah x Karol – Não Enche
UAU!! “Babado, confusão e gritaria!!”define Preta Gil. Para me fazer sacudir a sonolência eis que aparecem essas duas se digladiando, soltando toda quenga que existe nelas, levantando a audiência numa performance super divertida! O melhor de tudo foi que a música exigia talento, domínio das técnicas de respiração e boa fluência verbal, então não bastava jogar os cabelos, nem rodar os quadris, tinha que ter muito controle!! Karol fez tudo isso com muita graça e malemolência enquanto Ludmillah precisou correr atrás para acompanhar a fluência da letra e imprimir sua marca. Preferi Karol, tanto cantando, quanto interpretando e não concordei com a escolha de Brown com base nessa apresentação, pois reconheço que a oponente também é ótima concorrente. Vencedor: Ludimillah.

Team Milk: Thalita x Ju Gomes – João de Barro
A Thalita tem um vozeirão potente e quando precisa ser suave quase dá vexame! Que foi aquele ôô?? Precisa ver isso porque na maior parte do tempo ela é fantástica e domina. Quando Ju entrou com uma voz muito mais segura e limpa me encantou, sinceramente, mas não conseguia competir com os arroubos da oponente com toda potência e extensão. Lamentei por Ju, foi uma batalha difícil, daquelas que da vontade de ficar com todos. Vencedor: Thalita.

E assim as batalhas terminaram deixando cada time com apenas nove concorrentes e muitas especulações sobre a próxima etapa.


Episódio 1x07 – Semi Finais – Parte 01

Estava muito curiosa sobre essa etapa em que cada técnico ficou com nove competidores, certamente não seria outro duelo, como na versão US. Logo fomos apresentados a um esquema que não me agradou no todo, mas em partes. Gostei da forma, divisão em três com uma escolha do público e outra do técnico, mas não gostei do tempo e momento de votação.

Estava eu, bem atenta às apresentações, pensando em qual deles se sairia melhor e em quem poderia votar e BUM, a votação acabou?? Como assim? Que injustiça!! Tinha que haver um comercial para nos dar o devido tempo e atenção após as apresentações!! As apresentações do dia praticamente não influenciam na votação e a pessoa nem tem a chance de conquistar o público sendo aquilo que realmente é! Frustrante e insatisfatória como qualquer rapidinha.

Neste momento os artistas mostram não somente o que podem alcançar com a voz, mas aquilo que são, que estilo musical encarnam, como trabalham no palco, como interagem com o público, como querem ser identificados visualmente. Nesse sentido, não foram poucas as diferenças que presenciei e surpresas que tive.

Team Lulu: Thais x Késia x Osócio

Thais – Humilde Residência: Não gostei da apresentação. Ela não me convenceu ainda, parece uma promessa, um potencial que não se cumpre nunca! Fico esperando a mulher explodir, mas simplesmente não acontece!
Késia - Listen: Que look mega diva! Chegou arrasando com os olhos da gente (no bom sentido!), com a voz meio baixinha quase sumindo, mas logo a potencia foi aparecendo e ela terminou dando show! Emocionou, atraiu as pessoas que estavam distraídas na sala, enfim, ela ganhou o público, a atenção, a admiração. Não foi à toa que arrancou lágrimas do técnico. Apostava nela passando de fase e fiquei feliz com a escolha popular, embora não tenha participado.
Osócio – Eu Gostava Tanto de Você: Apresentação tranqüila, suave, uniforme. Acredito que foi exatamente aquilo que ele deseja pra si mesmo, por isso mesmo, achei pouco desafiadora, muito cômoda e até displicente.

Vencedor do público: Késia   Escolha do Técnico: Osócio

Team Milk: Gustavo x Ju Moraes x Breno

Gustavo - Fast Car: O rapaz fica realmente mais à vontade na língua inglesa e fez uma escolha musical muito boa para o timbre vocal que possui, assim, fez uma apresentação que me surpreendeu, acima das expectativas, muito mais à vontade do que em outras participações, embora não tão bom assim. Gente, beleza também abala, devo comentar que o cara estava fantástico naquela jaqueta de couro!
Ju Moraes - Sá Marina: Que mulher linda! Canta muito! Presença de palco enorme! Torci insanamente para ser a escolhida por considerar a melhor entre os três, porque vou com a cara dela, porque gosto do som que ela produz, porque sou bairrista...
Breno - I have nothing: Tipo, como assim, quem é esse?? Descobri um candidato que não (re)conhecia!! O cara me coloca uma beca preta impecável, solta uma voz que nunca tinha apresentado antes e quando eu já achava que não tinha a menor chance de ficar ele consegue me arrepiar de verdade!!! Lamentei profundamente não conhecer esse potencial antes e lamentei a má sorte do coitado que o levou a ser o último a se apresentar, sem tempo suficiente de impressionar o público durante as votações. Assim, o que parecia uma barbada se tornou um drama real!

Vencedor do público: Ju Moraes  Escolha do Técnico: Gustavo

Team Brown: Ellen x Mira x Karla

Ellen - Um Móbile no Furacão: Não basta a voz, a mulher tem que tocar também? A expectativa é alta sempre que ela abre a boca e, talvez por essa razão não tenha me emocionando tanto nessa apresentação. Claro, ela foi muito bem, mas seguiu uma linha diferente daquilo que eu esperava, acho que tomei vários sustos hoje e esse foi um. Preferi a performance anterior dela.
Mira - Simples Desejo: Uma participante que cresceu bastante durante o programa! Chegou com segurança e total domínio sobre a música, entregando um trabalho limpo e bem feito, agradável e consistente. Desejei que ela continuasse.
Karla - Samba a Dois: A musica é linda, dá um samba delicioso, a própria original é de uma simplicidade contagiante, mas não gostei desta da interpretação. Tinha personalidade, mas a voz estava estranha, meio gritada, desafinada, faltou justamente a ginga melódica que Carlinhos de Jesus nenhum conseguiu compensar.

Vencedor do público: Ellen  Escolha do Técnico: Mira

Team Daniel: Vinny x Junior x Danilo

Vinny - Se Eu Quiser Falar com Deus: Nunca foi um dos meus favoritos e continuou não sendo. Começou bem, com muita emoção e suavidade, mas logo perdeu o tom. Tentou ir um pouco além e só fez evidenciar sua deficiência. Deveria ter se mantido na suavidade, pois estava transmitindo muita emoção.
Junior - Todos estão surdos / Olhos Coloridos: Trouxe à tona sua experiência profissional e fez um ótimo trabalho, integrando-se à coreografia, ao público, além de mesclar músicas com maestria, nem parecia que havia mais de uma. No final, Daniel comenta o problema que ele teve com a guitarra e eu nem havia notado, mais uma prova de versatilidade e controle sobre o que estava fazendo.
Danilo: Cor de Ouro: Não é meu estilo musical favorito, mas reconheço que o garoto subiu no palco e preencheu cada espaço dele! Carismático e alegre, obteve a participação do público e foi muito bem naquilo que se propôs a fazer.

Vencedor do público: Junior  Escolha do Técnico: Danilo

Ufa! Chegamos ao fim dessa verdadeira maratona! Aqueles que tiveram paciência e persistência, meus sinceros agradecimentos. Toda opinião ou contribuição é bem vinda, desde que bem argumentada ou defendida. Os candidatos estão aí e é lícito que cada um tenha seu favorito, por isso não tenhamos medo de expressar nossos apreços e descontentamentos respeitando a diversidade!

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. não acredito que algum candidato "sorteado" para se apresentar por último seja salvo pelo público, não querendo sugerir que o Boninho altere alguma coisa hahahah

    ResponderExcluir
  2. Gab, querido me diga que você se rendeu a essa delícia crocante e viciante do The Voice!! *_*
    Se foi sorteio, acredito que os candidatos participaram. De qualquer forma, mega injusto, nem Brown tem tão pouco tempo para decidir! Ou você assiste ou vota! A gente acaba votando com base nos episódios anteriores e só o técnico pode dar algum valor às performances do dia.

    ResponderExcluir
  3. Odiei este programa!!!! Super injusto o modo de votação, não vai medir nunca o desejo do público, e sim beneficiar aqueles com maior torcida e popularidade... O público terá que se basear nas audições e batalhas pra escolher, já que pelas apresentações ao vivo não tem como, pois mal o último acaba a música as votações encerram... Assim, o show pode ser uma porcaria e a pessoas ser salva igual!

    Não gostei de ninguém hoje, o som tava ruim, ninguém parecia à vontade pra cantar, pra forçar a voz, fraquíssimo!!! Até Ellen que eu adoro muito, adorei nos outros programas, achei que hoje não se saiu bem. As músicas não estavam legais, e tive a impressão que os técnicos nem treinaram os candidatos... Gustavo cantou e não encantou, passou pela sua beleza, pois Cláudia não é boba e sabe da popularidade do rapaz....

    Assim sendo, já vou começar a organizar a torcida pra semana que vem, pois nem vou ver meu favorito cantar pra ficar votando!!!!

    Então já quero convidar o pessoal daqui pra entrar junto nessa caso também orçam pelo Gabriel Levan! Do time do Lulu será ele, Maria Christina e Greicy... Se alguém quiser me contatar me procura no facebook ou twitter @daiamaluquinha que combinamos como será! Valeu

    ResponderExcluir
  4. #TeamDanilo #TeamEllen #TeamKesia Mal vejo a hora de ver as próximas apresentações pois eu já sei que ainda vai aumentar a gama de times para qual eu torço!

    Eu acho que a Kesia e a Ellen são as duas finalistas, mas torço muito por Danilo, pois ele é o maior frontman e tem até que um bom alcance para um vocal masculino, pelo menos o melhor vocal masculino da competição.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe