Arrow 1x08: Vendetta

quinta-feira, dezembro 13, 2012



O clímax da storyline da Caçadora.


Depois de um episódio meio estagnado semana passada, que incluiu encontros amorosos e revelações de identidades, Arrow realmente deu uma esfriada. Não há mais aquele fator UUAU que tinha nos primeiros episódios, não há grandes revelações e nem lutas magestrosas. Espero que a Fall Finale semana que vem venha com todas essas características.

No mais, esse episódio conseguiu ser mais sonífero do que semana passada. Porém, uma das melhores características da série é conseguir passar além do famoso vilão da semana para conseguir desenvolver bem seus personagens. E por mais que não tenhamos muito procedural essa semana, o episódio focado somente em Helena e Ollie teve seus méritos.

Vimos o relacionamento entre os dois desenvolver ainda mais. Finalmente consegui ver a diferença entre Ollie e Helena. Durante o início do episódio, Ollie ainda ficava extremante irritado com Helena por continuar com sua ‘vingança’, mas que pela visão dela, era justiça. E na hora que Diggle falava mal da menina, ele a defendia. Por quê? Porque ele acha que mudar ela é uma forma de acreditar que ele também pode ser salvo.

O que Ollie não sabe, e que na verdade, ele descobriu pelo final do episódio, é que ele já está diferente. No começo da série, ele se comportava igual Helena: matava qualquer pessoa à preço da “justiça”, mas na verdade, ele simplesmente estava movido à vingança. Agora, ele está mais focado em fazer a justiça real, que vai além da listinha que muitos estão falando que é de Revenge, o que obviamente é uma super cagada da parte de vocês.

Por isso, essa tentativa de humanizar a personagem é completamente aceitável. A única coisa extremamente avassaladora que aconteceu nesse episódio foi o relacionamento que aconteceu da noite pro dia entre Ollie e Helena. Um sexo noturno, os tão famosos one night stand é completamente aceitável, porque com certeza todo mundo precisa experimentar um pouco de Oliver, mas, convenhamos que ninguém fica apaixonado daquele jeito em só dois dias.

Mas o episódio foi bem rápido, principalmente levando em consideração o plot do pai maligno da Caçadora. Foi lindo vê-la em seu figurino para tentar matar o pai, praticamente jogando a Tríade contra ele, só para ser impedida pela foda da noite anterior. Oliver, na verdade, não tomou uma boa decisão: Salvou o cara à toa, já que o papai maligno tentou matar a própria filha.

Oliver queria um relacionamento com Helena, mas logo no primeiro encontro fez a menina conhecer Laurel, que foi uma ótima ideia. Uma das piores partes da série até agora foi colocar Tommy correndo atrás de Laurel a todo momento. Claramente ela tem uma vagina de ouro. E mesmo sendo clichê, a cena do jantar entre os quatro foi bastante vergonhosa e engraçada.

Agora que o maridão de Mama Queen está de volta, fica mais e mais evidente que em breve teremos o Queen Gambit 2.0 para cima dele, só que dessa vez, vai ser em Starling City mesmo pois, convenhamos, em breve ele descobre tudo e ninguém vai ficar feliz em saber disso.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. sinceramente, eu meu ver ta ficando arrastado..ta faltando algo, e eh o grande vilão da temporada..ta parecido com smallville, a unica diferença eh que já neste tempo sabíamos quem era o grande vilão..porem ainda continua uma ótima serie que aos poucos ta ficando
    monótona..

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe