Bob’s Burgers For Dummies: tudo o que você precisa saber (ou não) pra curtir essa iguaria com uma porção de fritas.

sábado, dezembro 01, 2012


Quando o bom humor descompromissado e a criatividade vão lanchar num lugar de quinta.

Foi pensando em preencher o espaço deixado por King of the Hill, que a FOX começou a exibir Bob’s Burgers no início de 2011. Pode ser que você nunca tenha ouvido falar sobre, mas a série se encontra na sua terceira temporada e ao que tudo indica, já foi renovada para uma quarta. Nada mais justo, pois mesmo com uma estreia divisora de opiniões, Bob’s Burgers mostrou um aumento constante de qualidade, melhorando o timing das piadas e raramente chegando a decepcionar.


Numa rápida sinopse, Bob Belcher e sua família são os donos de um restaurante (sim, eles chamam a lanchonete de restaurante) que esta passando pela sua quarta reinauguração e eles estão dispostos a fazer qualquer coisa para que o negócio dê certo e vá para frente, até mesmo colocar uma criança de 13 anos na grelha trabalhando. Mas isso não será uma tarefa fácil, especialmente quando se trata de um estabelecimento que fica ao lado de um crematório e que ainda precisa dividir clientes com uma pizzaria localizada bem em frente, cujo dono, Jimmy Pesto é o arqui-inimigo de Bob. 

Loren Bouchard
A premissa do show foi desenvolvida originalmente pelo produtor executivo Loren Bouchard, juntamente com Jim Dauterive, que trabalhou durante quase toda sua carreira no King of the Hill (que como eu já disse acima, deu lugar a essa nova série após seu cancelamento).

A ideia original era criar um enredo onde a família fosse canibal e vendesse hambúrgueres feitos com a carne de suas vítimas, mas os o chefões do canal acharam que soava um tanto quanto assustador para uma animação “familiar” e mudaram todo o curso da coisa. Só que para não deixar passar completamente em branco aquela ideia (que embora fosse bem creep, não deixava de ser ótima), o enredo do piloto gira em tordo do boato de que o restaurante realmente vende alimentos derivados de carne humana e então mostra como a família lida com isso.

Vale dizer que assim como em The Simpsons, toda abertura tem alguma coisa diferente. Se você reparar logo no início, quando mostra o restaurante e as construções vizinhas, perceberá que no prédio à direita esta instalada sempre uma empresa nova. No piloto, por exemplo, esta lá a cede da P.E.F.T.A com ainda um cartaz de “carne é assassinato”; já no terceiro, o prédio está vazio e há um anúncio de aluguel que dizia estar com o preço baixo por aquele ser o cenário de um crime, havia até uma faixa de contenção da polícia em torno da construção. 

Os produtores podem se gabar, pois logo de cara, a primeira temporada teve bons índices de audiência (média de 5,07 milhões de telespectadores); foi a série com a premiere mais assistida de toda temporada americana naquele ano e isso tudo sem falar na grande quantidade de críticas positivas que a série recebeu. Lógico que o resultado foi a comercialização de um DVD que foi lançado no início de 2012.

Os episódios tem cerca de 22, 24 minutos (sem comerciais) e são transmitidos pela FOX nos EUA e pelo FX (dublado) aqui em terra tupiniquim.

Pode soar como uma premissa boba, talvez até fraca, mas não se pode esquecer que assim como basicamente todas as animações da FOX, essa é mais uma sobre uma família americana, mas com um diferencial, ela tem personagens bem originais (honestamente, não dá nem para compara-los com os das outras), falando nisso, vamos a eles:

Bob e H. Jon
Bob Belcher

Casado com Linda, com quem tem três filhos, Bob é o terceiro de uma geração de donos de restaurantes. Extremamente focado em desenvolver o seu negócio, ele trabalha duro e quase sempre tem uma ideia mirabolante para conseguir mais clientes, o que geralmente resulta num grande desastre. Mas para sua sorte, ele sempre pode contar com sua família e alguns –poucos- amigos. Embora pareça que sim, Bob não se importa só com seus hambúrgueres, ele é um bom pai também, pra se ter uma ideia, ele já chegou a trabalhar de taxista (na maioria das vezes transportando travestis) durante a madrugada só para bancar uma festa de aniversário para a filha mais velha. E por incrível que pareça, é o mais centrado e responsável da família. Podemos ouvir tudo o que Bob diz graças ao H. Jon Benjamin, que empresta a sua voz a ele.

Linda e John
Linda Belcher

Alguém pediu uma dose extra de entusiasmo? Porque é isso que você irá receber dessa esposa e mãe devotada. Há vezes em que Linda parece ser mais criança do que seus próprios filhos. Trabalha ativamente no restaurante ao lado do marido, embarcando de cabeça em qualquer loucura. Chega a ser a pessoa mais simpática da família, raramente fica irritada por muito tempo, é apaixonada por musicais e sempre, eu disse sempre, está aberta a experimentar algo novo com uma grande expressão de contentamento e prazer no rosto. John Roberts dá voz à Linda, que assim como a maioria dos demais personagens, é dublada por um homem. 

Tina e Dan
Tina Belcher


Com 13 anos, é a filha mais velha do casal. Possuindo habilidades sociais quase nulas, Tina tem um jeito muito particular de encarar situações de convívio, pois embora seja extremamente tímida, ela é muito sincera e por incrível que pareça, não tem medo de falar sobre os seus sentimentos (principalmente se esses “sentimentos” envolverem Jimmy Jr., que é filho do arqui-inimigo de seu pai). É adoradora de cavalos, arco-íris e zumbis, além disso, é escritora de –não sei se você esta preparado para o que vem a seguir- ficção erótica, sim! Essa menina de 13 anos tem vários cadernos repletos desse material de sua própria autoria. Tina é a responsável pela grelha do restaurante, mesmo que sua virilha insista em coçar às vezes, mas isso é um –mal guardado- segredo. Tina também ganha vida através da voz de um homem, mas para ela, Dan Mintz foi o escolhido (qualquer semelhança é mera coincidência).

Gene e Eugene
Gene Belcher

Autoestima e confiança embalados num pacote de 11 anos chamado Gene. É o showman da família, não tem vergonha de ser ele mesmo, assim, raramente se sente desconfortável com qualquer situação e gosta de aparecer, não importa como. Tanto é, que ele é o encarregado da divulgação do restaurante usando uma grande fantasia de hambúrguer. Gene sonha em ser músico, por isso, sempre está acompanhado de algum aparelho eletrônico que imite um instrumento de verdade; ele tem um teclado, uma guitarra e um megafone (que embora não seja um instrumento, ele adora, pois faz som de laser, voz de robô e sons de pum). Gene se expressa usando a voz de Eugene Mirman, não vou dizer o quanto eles se parecem, mas repare como a coincidência é grande, até no nome!


Louise e Kristen
Louise Belcher

Inteligência, sarcasmo, e um pouco de senso de humor negro. Louise com seus 9 anos é o típico personagem que é sucesso instantâneo e rouba sempre todas as cenas. Geralmente fica no balcão do restaurante, e nunca é vista sem o seu chapéu rosa de orelhas de coelho. Costuma ter reações exageradas para qualquer situação e tende a agir de maneira adulta, psicopata e acredite, hilária.  Gosta de ver o circo pegando fogo e adora pregar peças em quem ela acredita ser idiota, pra se ter uma ideia, no episódio piloto, ela é a responsável por espalhar o boato de que no restaurante deles, a carne dos hambúrgueres era humana. Louise é brilhantemente dublada por Kristen Schaal, que é a única mulher no grupo de dubladores principais.

Até agora a série possui duas temporadas completas e uma terceira em andamento, a primeira tem 13 episódios e a segunda 9. Se vale a pena passar um fim de semana numa maratona? Com certeza! Com Bob’s Burgers é 20min de satisfação garantida ou o seu dinheiro de volta!

Mas se mesmo assim, depois de tudo o que foi dito acima você não está convencido se deve ou não passar semanalmente nesse restaurante para uma porção extra de risos, aqui vão alguns vídeos com alguns dos melhores momentos para abrir o seu apetite. (Tudo bem, já chega de piadas de restaurante).

Alguns dos melhores momentos da season 01 
(e infelizmente o único vídeo legendado que eu encontrei)


Tina e sua dança "sensual"


Alguns dos melhores momentos da season 02


A pianista que toca e canta sobre derramamento de petróleo (mas que na verdade todos sabem que esta falando sobre a sua v*gina, porque bom, não é muito sutil)

Bom pessoal, é isso! Espero que vocês tenham gostado desse For Dummies e no mais tardar, semana que vem, tem review especial da primeira e segunda temporadas completas.

Ah! Como esse é meu primeiro texto publicado aqui no SA, criticas e sugestões serão mais do que bem vindas :D

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe