Homeland 2x11: In Memoriam

domingo, dezembro 16, 2012


“Fico me perguntando como chegamos até aqui. Coisas aconteceram, oportunidades surgiram”


Essa frase de Jessica dita para Brody em certo momento do episódio define bem o complexo emaranhado que é Homeland, e como essa complexidade apenas cresceu desde o inicio da série. Se no começo tudo que importava era a busca por Nazir e o jogo de gato e rato entre Carrie e Brody, agora sabemos que teremos uma terceira temporada sem ele e, ainda sim, há história para ser mostrada.

Quando Dana praticamente termina a força com o casamento dos pais, falando tudo o que todos já sabiam mas não tinham coragem de dizer, qual a relevância disso para a conspiração? Nenhuma, e isso é ótimo. É uma pequena demonstração de que, apesar do escopo aparentemente limitado inicialmente — a caçada a um terrorista — os roteiristas de Homeland souberam expandir sua criação cuidadosamente criando tramas muito maiores na qual Abu Nazir era uma peça importante, mas não essencial.

Assim, quando Carrie sai do seu cativeiro olhando para o corpo do seu captor, ela não esta feliz, apenas levemente aliviada. Muito aconteceu, tudo se tornou complicado demais: ela quase perdeu sua sanidade, perdeu o emprego, acusou um amigo de ser um terrorista. Ela não pode estar simplesmente feliz, essa opção já não existia mais há algum tempo.

Brody também não esta feliz. Aliviado por não ser mais ameaçado por Nazir e ter cumprido sua promessa de matar Walden, ainda sim ele se vê como um estranho quando esta com sua família afinal, sua esposa e filhos se sentem muito mais confortáveis com Mike. Dessa forma, a cena em que Brody os observa de dentro do carro, isolado, vendo a situação de fora, funciona ao mostrar que ele finalmente percebeu que eles estão melhores sem ele.

Agora, todas as atenções se voltam para o relacionamento entre Carrie e Brody, já que nada mais os impede de ficarem juntos, e o plano para matar o sargento. Saul certamente não vai ficar quieto como Estes espera e Quinn parece hesitante em cumprir sua missão — assim que Estes da a ordem, ele olha para Carrie com uma expressão de pesar —. Ele parece desejar não ter que cumprir essa missão. Ainda há muitos desdobramentos interessantes para vermos no season finale e na próxima temporada, e até lá continuaremos nos perguntando, episódio após episódio, "Como chegamos até aqui?".

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe