Last Resort 1x08: Big Chicken Dinner

terça-feira, dezembro 04, 2012

Thanksgiving na ilha!

É um pouco triste assistir a seriados que já foram cancelados mas continuam indo ao ar. Lembra-me um pouco daquela expressão de humor negro usada por muitos: “morreu mas esqueceu de cair”. Saber que um roteiro como o de Last Resort não nos fará companhia por mais de 13 episódios é, no mínimo, desanimador. Eu até pensei em abandonar a série, mas depois dos 1x06 e do 1x07 não consegui!

Com dois plots bem definidos e bem trabalhados foi fácil assistir aos 44 minutos. O 1x08 começa com uma imagem que ficou na minha cabeça, o capitão brindando a “amizade” construída até o momento entre os tripulantes do U.S.S. Colorado e dos nativos, o que viria a se desconstruir durante o episódio.

Anders, um dos homens que tinha a intenção de desertar a algum tempo atrás e foi conquistado pelo capitão, se envolve em uma confusão com uma garota nativa que diz ter sido estuprada por ele e é levado a justiça da ilha (um tanto selvagem). Mas o Capitão exige um julgamento para o membro da tripulação, mostrando mais uma vez que ele não é aquele ser insensível que os americanos estão tentando fazer o Sam acreditar que ele é (opinião), o que não é bem aceito pela população local. E ele designa a Tenente Shepard para defender o americano estuprador.

Durante a investigação que ela faz para preparar a defesa e com os depoimentos de todos ela revela algo a mais de sua vida. Ela havia sido estuprada quando nova e sentiu que a Erita estava passando pela mesma situação que ela havia passado. Isso nos dá a liberdade de fazer relações com a tenente. Pode ter sido por causa deste incidente que ela decidiu entrar pra marinha, pode ser por isso que ela sempre se sentiu isolada de todos. Várias consequências, hoje presentes na personalidade dela, podem ter sido causadas por este fato marcante.

E, como vocês viram, Anders foi absolvido, mas a Tenente revelou ao capitão que ele era realmente culpado. E, mesmo precisando dos serviços do Chefe, ele dispensou-o dos serviços do submarino. A justiça vem sempre em primeiro lugar. E com o resultado do julgamento, devidamente manipulado por Serrat, toda aquela harmonia mostrada pela foto que abre o post foi pro ralo. Os nativos começaram a destruir tudo que viam pela frente, em sinal de insatisfação.

Outro personagem que vêm construindo sua história, com plots particulares (sempre ele está sozinho pra resolver algum podre) é o Sam. Foi valente, foi com o Booth até o tal rádio transmissor, mas o governo americano admitiu que o contato feito por Cortez, que possui a chave de disparo, valia muito mais para eles do que ter o XO. E quando Booth tentou mata-lo, ele mostrou quem manda e botou o agente americano pra comer grama pela raiz. A cara que ele fez quando está ligando o jipe cabe interpretações, mas minha cabeça não conseguiu pensar em nenhuma (os roteiristas irão me surpreender, espero).

Um breve comentário sobre a loira mais foda da serie. Christine, que com a ajuda da Kylie, tornou-se a mulher mais badass de todas. Manipulou direitinho o Paul (que tem uma mulher em São Paulo!) e conseguiu o que queria. Ela irá ao encontro de Sam! O casal mais incrível de Last Resort.

PS: Tani fugindo pra perto de sua família? Não entendi isso, que venha o próximo episódo.
PS2: Falando sobre próximo episódio, quem viu o promo que passou depois desse 1x08? Parece que vai ser super foda! Mal posso esperar!
PS3: A legenda está demorando demais. Nessa próxima semana, prometo, que se der tempo de ver, e se meu inglês me proporcionar completo entendimento do episódio eu posto a review antes. 

@alvarobpjr

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Boa review Álvaro. Eu tbm tinha pensado em desistir, mas a serie é muito boa - uma pena.

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Eliane! Somos a resistência!! hahahaha

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe