Merlin 5x12/13: The Diamond of the Day (Series Finale)

sábado, dezembro 29, 2012


Chegou a hora de dizer adeus!


Despedidas frequentemente são acompanhadas de tristeza. Mesmo as que não são definitivas nos deixam com aquele nó na garganta e os olhos marejados. E quando ela é de alguém/algo que gostamos muito, então, já é bom preparar a caixa de Softy’s. É choro na certa. Digo isso porque, pelo menos pra mim, fã de Merlin desde a sua estreia, essa series finale foi absurdamente emocionante, e encerrou de forma satisfatória a jornada dos jovens Merlin e Arthur. Fica fácil ver onde os criadores da série queriam chegar com ela após os últimos acontecimentos, e mesmo triste com o fim, não dá pra falar que ele foi decepcionante em nenhum momento.

Dividido em duas partes - a primeira transmitida no sábado, 22, e a segunda na véspera de natal, 24 -, a series finale foi carregada de momentos de ação, aventura, suspense, tensão e, principalmente, companheirismo. Durante a primeira parte, acompanhamos a tentativa final de Morgana em se livrar da ameaça que Emrys representa, enviando até Camelot uma criatura conhecida como Eancanah, que tem como principal função sugar toda a magia de sua vítima. Enquanto isso, os saxões aliados à Morgana entram em batalha contra os cavaleiros de Camelot. Forçado a escolher um local para encerrar a disputa antes que ela chegue até Camelot, Arthur opta pelo desfiladeiro de Camlaan, sem saber que esse é o local anunciado na profecia como sendo o de sua queda.


Sem poderes e temendo pelo destino de Arthur, Merlin decide ir até a Caverna de Cristal, local mágico onde o jovem mago pretende reaver sua magia. Morgana está a par de todos os passos tomados por eles, graças a Eira, uma espiã que finge ser uma refugiada, ganhando a confiança de Gwaine. Acompanhado do cavaleiro, Merlin cai em uma emboscada de Morgana dentro da caverna, onde é aprisionado. Sem magia para ajudá-lo, o jovem mago entra em desespero. Enquanto isso, Arthur e suas tropas chegam ao desfiladeiro de Camlaan e se preparam para o derradeiro confronto contra Morgana. É nesse momento que, auxiliado pelo espírito de seu pai, Merlin consegue reaver sua magia e aconselha Arthur sobre uma falha no plano, o que acaba impedindo a vitória esmagadora de Morgana. Finalmente recuperado, Merlin deixa a Caverna de Cristal e, caracterizado como sua versão anciã, parte para o campo de batalha.

A segunda parte já começa no calor da batalha, onde a chegada de Merlin vira o jogo e dá a Camelot a vantagem. Arthur e Mordred finalmente entram no duelo profetizado e o rei de Camelot consegue se sair melhor e derrota o garoto druida, não sem antes ser ferido gravemente. E como a espada de Mordred estava banhada com o fogo de dragão, não resta muito para Arthur.


É nesse momento em que a grande revelação acontece. Sozinhos na floresta, Merlin revela a Arthur que é um feiticeiro. A reação de Arthur é de repulsa no início. Confesso que isso me deixou irritadíssimo enquanto assistia, mas com o tempo entendi o que se passava na mente dele. Mas com o tempo ele viu que as intenções de Merlin sempre foram as melhores e que sem a magia, ele talvez nem estaria vivo até aquele momento. A partir desse momento foi só chororô. Enquanto o núcleo de Camelot tentava descobrir o paradeiro de Arthur, Merlin tentava transportar o amigo até Avalon, local onde se encontraria a única salvação para o ferimento mágico.

E vendo que faltava pouco tempo a gente percebe, assim como Merlin, que a tal revelação de que ele era feiticeiro, no fundo, no fundo, nem importava tanto assim. Porque independente da relação de rei e servo (embora eu prefira “conselheiro”), Arthur e Merlin já eram melhores amigos há muito tempo. Isso fica claro em uma das muitas conversas que os dois têm no decorrer da última hora, onde Arthur revela que não saberia o que fazer se Merlin tivesse revelado antes, mas fica claro que o rei nunca mataria ou faria algo ruim com ele. Nesse meio tempo, em uma tentativa alucinada e deveras inconsequente, Gwaine e Percival atraem Morgana até uma emboscada para tentarem dar tempo a Merlin e Arthur. É nesse momento em que Gwaine se despede, deixando Percival - e todo mundo que assistia, imagino - em prantos.

Graças a isso, Morgana descobre o paradeiro de Arthur e vai até lá. O duelo final entre ela e Merlin não foi tão emocionante ou memorável, mas teve seu mérito. Tão cega por sua vingança e confiante em sua magia, a feiticeira não esperava que Merlin fosse acabar com ela usando a Excalibur. Mas nem deu tempo de comemorar, pois o fim estava mais próximo do que a gente podia esperar.


Mesmo tentando de todas as formas chegar a Avalon, Merlin não consegue chegar a tempo e Arthur falece em seus braços, não sem antes dar adeus a ele, na cena mais emocionante da série. O Grande Dragão surge para dizer, então, que Arthur, algum dia, surgirá novamente. Depois de me recuperar parei pra pensar um pouco e conseguiu aceitar e entender o porquê desse final. Pra mim, a missão de Arthur terminara no momento em que ele conseguiu eliminar a ameaça ao reino. Em algumas versões da história do Rei Arthur, dão a ele a alcunha de o Grande e Último Rei, e fica fácil de entender. Merlin, embora ocultando sua magia do rei, sempre esteve ao seu lado, ora aconselhando, ora o protegendo para que ele cumprisse seu papel no futuro. E foi o que aconteceu. Se alguém tem outra explicação e quiser compartilhar, fiquem à vontade, o espaço nos comentários é de vocês! Aliás, pra quem não aceitou até agora a morte de Arthur e odiou até as últimas forças o final da série, pode rasgar o verbo, também!

Encerrando a série, vemos que Guinevere se tornou a rainha de Camelot (Vida longa a rainha!), mas muitos acontecimentos ficaram em aberto. Não sabemos se Merlin retornou a Camelot e reencontrou Gaius e os outros cavaleiros ou ainda se Arthur teve herdeiros. O epílogo acaba mostrando Merlin, já bem mais velho, nos dias atuais, caminhando por uma estrada e observando, de longe, a ilha de Avalon, aguardando o dia em que Arthur surgirá novamente.


A todos que acompanharam Merlin até aqui durante os cinco anos da série - e durante essa quinta temporada, que eu cobri aqui no Seriadores -, fica o meu muito obrigado pela companhia! Foi muito bacana cobrir os últimos momentos de Merlin e, embora fique um pouco triste pelo fim, estou satisfeito com o que foi entregue. Um abraço e até a próxima!

Talvez Você Curta

9 comentários

  1. Eu particularmente não gostei. Havia dito antes e ressalto que eles tinham um rumo totalmente diferente pra essa temporada, e apesar de terem dois episódios inteiros para desenvolverem a história de vez e honrarem os personagens, simplesmente acabaram desse modo que, apesar da maçante "saga" de Merlin para levar Arthur à Avalon, foi apressado e mal resolvido.

    Não consigo encontrar o "satisfatório" que eles tanto afirmaram nesse episódio. Diversas questões sem resposta. O que houve depois? Merlin voltou? O que Gwen fez com ele? O que houve em Camelot? A prática da magia foi permitida novamente? Se não, o que houve com Merlin já que ele estaria submisso ao crime de traição por possuir magia?
    E sinceramente, esse epílogo foi a coisa mais apressada e mal explicada que eles fizeram.
    O que mais me irrita é como certos personagens não tiveram um fim adequado. Morgana passou de boa pra revoltada e só então se tornou má de verdade, com tudo o que ela passou acabar morrendo por causa de um simples descuido?
    Não tiro o mérito de muitas cenas lindas desses dois episódios, mas acho que eles deveriam ter caprichado mais, não só pela qualidade da produção, mas também por respeito aos fãs que passaram 5 anos e ao menos esperavam um encerramento completo e digno da série.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo perfeitamnente. eu comecei a assistir agora no netflix, mas a morte de morgana foi muito simples, a demonstração de poder do merlin muito curta e o pior de tudo, minhas duas perguntas:
      Como capturaram o dragão branco, ele nao estava com o grande dragão?
      E a moral da história, o objetivo nao era liberar a magia no reino? O rei morre e não aparece nada mostrando a liberação da magia no reino, tudo muito vago. Uma série ótima, mas os 2 ultimos episódio parace ter sido feito tipo "vamos acabar logo com isso".

      Excluir
  2. Concordo com as pontas soltas, Max. Tanto que, em determinado momento da Parte 2, o Percival aparece "seguindo" a Morgana, numa possível tentativa de vingança pelo que ela fez ao Gwaine. Mas o episódio termina e ele aparece já usando as roupinhas tradicionais da guarda real... Então a cena foi jogada ali pra quê? Talvez um erro de edição? Acho que nunca saberemos...
    Como pra mim o grande atrativo da série sempre foi a relação entre o Merlin e o Arthur, o final me deixou satisfeito sim. Deu pra ver que, independente do Merlin ter magia ou não, naquele ponto da história, não importava mais para o Arthur. Ele também já o considerava como um grande amigo e isso basta. Gostei do epílogo, também, por mostrar que o Merlin ainda é fiel a essa amizade e a esse dever de estar pronto para apoiar Arthur sempre que necessário, ainda que esse retorno dele demore milhares de anos.

    Obrigado pelo comentário! ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu nao curti esse final. Alias toda essa 5 temporada foi bem fraca as outras foram muito melhores. O que mais me incomodou foram os fatos nem tanto a morte do arthur. Mas pow fala serio pq merlin nao chamou a porra do dragao (inutil) por sinal pra ajudar na guerra? Como assim morgana e mordred morreram tao facilmente assim isso poderia ter sido feito diversas oportunidades anteriores... eu sempre gostei de merlin mas essa temporada me desanimou muito e esse final pra mim foi horrível unica coisa legal foi ver os dois juntos provando q sao amigos e tal...de resto efeitos ruins desfechos piores ainda...sei lá pelo menos acabou pq eu acho q nao veria outra temporada se continuasse assim. Vou ficar com a recordacao das outras temporadas

    ResponderExcluir
  4. Eu nao curti esse final. Alias toda essa 5 temporada foi bem fraca as outras foram muito melhores. O que mais me incomodou foram os fatos nem tanto a morte do arthur. Mas pow fala serio pq merlin nao chamou a porra do dragao (inutil) por sinal pra ajudar na guerra? Como assim morgana e mordred morreram tao facilmente assim isso poderia ter sido feito diversas oportunidades anteriores... eu sempre gostei de merlin mas essa temporada me desanimou muito e esse final pra mim foi horrível unica coisa legal foi ver os dois juntos provando q sao amigos e tal...de resto efeitos ruins desfechos piores ainda...sei lá pelo menos acabou pq eu acho q nao veria outra temporada se continuasse assim. Vou ficar com a recordacao das outras temporadas

    ResponderExcluir
  5. Eu nao curti esse final. Alias toda essa 5 temporada foi bem fraca as outras foram muito melhores. O que mais me incomodou foram os fatos nem tanto a morte do arthur. Mas pow fala serio pq merlin nao chamou a porra do dragao (inutil) por sinal pra ajudar na guerra? Como assim morgana e mordred morreram tao facilmente assim isso poderia ter sido feito diversas oportunidades anteriores... eu sempre gostei de merlin mas essa temporada me desanimou muito e esse final pra mim foi horrível unica coisa legal foi ver os dois juntos provando q sao amigos e tal...de resto efeitos ruins desfechos piores ainda...sei lá pelo menos acabou pq eu acho q nao veria outra temporada se continuasse assim. Vou ficar com a recordacao das outras temporadas

    ResponderExcluir
  6. A Morte de Artur foi muito ruim, Mas contudo se ele conseguisse sobreviver teria sido muito Clichê.
    Eu só tô pensando; Será que ele vai voltar algum dia?
    Eu torço que sim (:

    ResponderExcluir
  7. As Aventuras de Merlin é uma das séries mais gosta de assistir até sua quinta temporada. A série atual do mesmo produtor, John Logan, é Penny Dreadfull , um thriller proposta em que vemos atores como Eva Green.

    ResponderExcluir
  8. Série horrorosa. Não sei por que assiste toda essa grande merda. Vlw flw

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe