Bob's Burgers 3x11: Nude Beach

domingo, janeiro 20, 2013

Que o melhor nu vença.

Olá Galera! Como vão as namoradas? (frase de tio de churrasco pra quebrar o gelo).

Agora que todos estamos mais à vontade, que tal tirar a roupa e curtir uma praia? Não? Beleza, não está mais aqui quem falou... Eu só pensei que... Talvez... Ah, ok. Tudo bem, deixa pra lá. Não, não tem problema.

É que o episódio dessa semana mostrou um lado bem mais “saliente” dos Belcher, incluindo até as crianças! Pra quem ainda não assistiu ou não pegou as dicas acima e está boiando legal (sério que não deu pra sacar?) vamos logo à review, que hoje a coisa promete ficar “quente”.

Primeiro temos a volta de Hugo o terrível inspetor sanitário. Depois de quase meia temporada sem nem dar as caras, ele retorna doido pra fechar o restaurante e quase consegue, na verdade, até arruma uns problemas pros Belcher, mas ele larga tudo e resolve virar nudista ou naturalista (como você preferir). É que uma das praias da cidade começou a ser recentemente usada para essa prática e a coisa caiu no gosto do povo. Até Linda foi experimentar tomar um Sol naquelas partes que a luz não chega.

Onde está sua pochete?

Oh, aí está!

Mas as coisas não param por ai não, um novo inspetor chega pra ocupar o posto, só que isso não chega a ser um problema (não por enquanto), o cara é muito legal e faz amizade com Bob, tanto que depois de um tempo ele decide se apresentar no restaurante deles (é que além de ser inspetor, ele sonha em ser músico). O único problema é que as músicas não são bem... É... Apropriadas.
Dê uma olhada:

[...]
Pai, você me abandonou,
Pai, você me vendou drogas,
Pai, socos não são abraços
Pai, você é meu inimigo, meu inimigo.
[...]

[...]
A stripper subiu no poste,
As pernas desceram e agarraram a minha alma
Balance a sua teia sexy, a sua teia
Balance a sua teia em volta de mim,
Balance a sua teia, sua teia safada!
[...]

Enquanto isso, Louise (que anda melhor do que nunca) arruma um plano pra enriquecer. A ideia é simples: cobrar para levar um grupo de crianças até uma colina de onde era possível ver toda a praia nudista, dai eles instalaram um telescópio e todos, pelo preço “justo”, conseguiriam ver pessoas peladas. Mas pessoas de verdade, com imperfeições e polêmicos terceiros mamilos; afinal, se fosse pra ver gente bonita, eles comprariam uma revista, certo?  
E assim é feito. Até Jimmy Jr, que andava sumido apareceu pra dar uma “espiadinha”, aliás, palmas pra Tina, que mesmo imersa em toda aquela atmosfera sexual, se controlou e não atacou o cara.

Voltando ao restaurante, temos Bob cortando um dobrado para pedir pro cara parar com as músicas, mas sem parecer chato. O que é lógico não acontece, ele se irrita, o inspetor se irrita, todo mundo se irrita, até que o cara tira coco de rato dos bolsos, joga no chão e diz que vai fechar o restaurante (sim, aparentemente ele costumava andar com coisas assim nos bolsos).

A única saída pra família é recorrer a Hugo, que por sua vez desafia Bob numa espécie de competição de jogos nus. Se Bob vencer ele larga a vida de nudista e volta a ser inspetor, se não, Bob fará a festa de encerramento dos jogos no restaurante e tudo de graça.

Depois de 26 rodadas bem empatadas, Hugo vira o jogo e vence humilhando a todos. O destino dos Belcher estava lançado e não era bom. Isso é, até Hugo perceber que a vida dele só era feliz quando ele humilhava e causava problemas pra Bob. Assim, ele volta ao seu posto de “vilão sanitário” e arruma as coisas pro restaurante voltar a funcionar livremente, mas claro, só depois da “festa pelada” no estabelecimento.

O que aprendemos com esse episódio: nunca entre em uma competição numa praia de nudismo; você pode acabar nu e derrotado, exatamente como no dia em que nasceu.

Então é isso. Até breve! E se você ainda não assistiu a esse episódio, não perca tempo! Mas por favor, não se empolgue muito e saia por ai correndo pelado, se você for preso, não lerá a review da semana que vem.

Nu e derrotado. Exatamente como veio a este mundo.




Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe