Downton Abbey 1x02: Series 1, Episode 2

segunda-feira, janeiro 21, 2013


Justo quando eu pensava que não poderia ser mais arrebatada, Downton Abbey me traz um episódio até melhor que o primeiro! É bom ver que a série está evoluindo bastante.


Tudo começa com a chegada do herdeiro da propriedade, Matthew Crawley (Dan Stevens – meu deus, que homem é esse –) e sua mãe à cidade para conhecer a mansão que herdou e toda a família que nela mora. Matthew, desde o começo do episódio, já mostra aversão à vida “acomodada” da família Crawley, cheia de empregados e serventes.

Achei uma maravilha quando a matriarca da família, numa atuação incrível em todo o episódio da lindíssima Maggie Smith, solta indiretas recheadas de ironia sobre os novos parentes e seu estilo de vida, criticando não só a disposição do Matthew por trabalhar – “Cavalheiros não trabalham!” – como também questionando: “O que é um fim de semana?”. Só preciso de um espacinho para elogiar sempre e sempre o trabalho maravilhoso que a Maggie Smith faz nessa série, mesmo com apenas dois episódios!

Numa das cenas que mais me lembraram do filme Orgulho e Preconceito, adaptado de uma obra da Jane Austen, o almoço em família foi recheado de ironias mascaradas por sorrisos e óbvias metáforas cheias de sarcasmo, delicioso de se ver! Mary, filha mais velha do Conde, deveria se casar com Matthew para manter a propriedade e a herança em família, porém desde o primeiro contato, ela já demonstra clara antipatia pelo rapaz, que também não deixa por menos e solta várias alfinetadas contra as provocações da moça.

Saindo para conversar e conhecer Downton Abbey, Matthew Crawley acaba sendo convencido pelo Conde a dar uma chance à propriedade, assim como a respeitar mais o seu criado, por exemplo, que sempre se sentia imponente por não poder fazer o seu trabalho. Muito lindo quando ele finalmente deixa o Molesley ajuda-lo a se vestir, né?

Outra cena simplesmente notável foi quando a Condessa Violet Crawley (Maggie Smith, sua linda!) resolve bater de frente com a mãe do herdeiro, Isobel Crawley quando esta tenta aplicar mudanças no hospital, o qual a Condessa sempre administrou. A tentativa é falha e Isobel acaba sendo nomeada Presidente do Conselho. Então, na cerimônia em que recebe o título, Isobel tem que ficar ao lado da Condessa (com a maior cara de tédio e indignação do planeta haha) na frente de todos.

Uma das coisas que também gostei muito nesse episódio foi a forma como exploraram mais a convivência dos empregados, como o Sr. Bates está mais integrado com o dia-a-dia da mansão e até a incrível revelação de que o Sr. Carson no passado, dançava e cantava nos palcos! Dá para imaginar um cara tão mal-humorado como ele sapateando em cima de um palco, trazendo alegria às famílias britânicas?!

Enfim, Downton Abbey sempre me conquista mais e mais e estou adorando cada minuto que deixo de dormir (quem precisa disso, não é mesmo?) para assistir os episódios!

P.S. Acho super fofo o jeito como a criada, Anna Smith, trata o Sr. Bates desde o início da série! Queria muito que os dois formassem um casal – com minha total bênção e satisfação –.

Talvez Você Curta

4 comentários

  1. Ah, é difícil comentar, porque a review está saindo agora, mas o episódio é de anos atrás, então qualquer comentário aqui seria spoiler, já que quem acompanha a série desde o início já viu três temporadas... Mas fico feliz de ter review de Downton Abbey—que é uma delícia—, mesmo que super atrasado.


    Para quem está começando agora então, eu super recomendo. A série tem vários momentos legais pela frente. : )

    ResponderExcluir
  2. Amanda Ribeiro!!!!
    Pode ter certeza que só melhora... a cada episódio e a cada temporada.
    Gosto de como conseguem mostrar o dia a dia do "Patrões" e dos "Empregados".
    Conseguem nos envolver com a história de cada um, não deixando nada para traz e não esquecendo de nenhum personagem... Muito, muito + muito boa.
    Para que gosta de série de "época", pode ver tranquilo pois merece.

    ResponderExcluir
  3. Aham! É tudo que espero para essa série mesmo. Principalmente pelo estilo Jane Austen de ser, que eu já amo! Pelo que vejo, só tende a melhorar. Tem atores ótimos com ótimos personagens e a série trabalha muito bem com cada um deles!

    ResponderExcluir
  4. Verdade mesmo, tá atrasado pq não tinha nenhuma e para quem quiser ou estiver começando agora, já dá para acompanhar, né?
    Mas Downton Abbey só tende a melhorar mesmo. Não é à toa que "todos ama" *-* haha

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe