Once Upon a Time 2x10: The Cricket Game

terça-feira, janeiro 08, 2013


Regininha, sinto informar... o fundo do poço é mais embaixo!

Que dúvida cruel!!! Enquanto um lado meu deseja ver Evil Queen barbarizando, exibindo todo seu poder e sede de vingança o outro torce para que Regina consiga provar sua inocência e sambar na cara de toda população de mocinhos de Storybrook! Fato é que este episódio teve um pouco de cada coisa e satisfez um pouco de cada lado, por mais contraditório que isso pareça!

Depois de ver Hook e Cora chegando à cidade com toda pompa, esperava (meio inconscientemente) que eles invadissem a cidade tal qual piratas, saqueando e tacando o terror no populacho, mas me enganei redondamente. Bem, se dependesse de Hook havia uma boa chance de meus sonhos se realizarem, mas Cora rapidamente se dá conta de que a mágica está no ar e consegue convencer o Capitão a conter os ânimos e agir com cautela. E assim, a série segue colocando Regina no centro do universo e levantando uma questão crucial: será que desta vez ela será capaz de mudar?

O plano de Cora foi bem executado e coloca sua filha numa situação bem difícil. Se estivéssemos falando de Snow, saberíamos exatamente em que isso iria resultar, mas em se tratando de sua arquiinimiga podemos esperar qualquer coisa, o que é fantástico! Como não amar aquela bitch que tenta matar Snow em todas as oportunidades e torcer para que ela se acabe toda? Como não dar um voto de confiança a esta nova mulher chorosa e quase doce sabendo que ela foi tão injustiçada? Se uma aproximação com a turminha do bem já estava difícil, Cora deixa claro que vai tornar tudo ainda pior, no entanto uma situação extrema pode ser justamente aquilo que falta para acabar com a desconfiança em torno de Regina ou detoná-la de vez, só vai depender de como a própria vai lidar com a situação.

Jogando com a astúcia costumeira, vimos Rumpels ludibriar Snow e Regina viabilizando os eventos do primeiro episódio. Cada detalhe foi bem pensado, a vitória de Snow e Charming, a existência de uma Evil Queen com poderes, mas que não agia conforme seu desejo de vingança contra o casal e sua opção final pela maldição. Não é empolgante ver como todas as pontas vão se conectando e no centro de tudo que o Senhor das Trevas fez acontecer podemos vislumbrar a jornada em busca de Bae?

Vale ressaltar que o flashback explica a relutância do povo em aceitar dar mais uma chance a Regina, afinal foram muitas as oportunidades. Somente Emma levou em consideração a existência de Henry como um elemento transformador, mas ficou difícil refutar dados tão contundentes. Infelizmente, Pongo só forneceu aquilo que foi visto - embora sua visão pareça excepcional para um dálmata - e se pudéssemos saber sua opinião, ele certamente diria que aquela coisa não cheirava a Regina de jeito nenhum.

Na outra ponta dos acontecimentos está Emma. Ela vem desenvolvendo os poderes mágicos imprevisíveis cujo potencial parece promissor. Além disso, ela entende o amor de Regina por Henry e, apesar de ter se convencido com a imagem da visão de Pongo, acredito que ainda seja aquela que poderá agir em favor da causa de Regina da mesma maneira que sua mãe fez um dia. E se tem uma coisa que pode dar muito pano para manga é justamente a relação entre Emma e Regina, quem sabe unidas contra Cora? São tantos interesses em jogo que tudo pode acontecer e ao invés disso as duas podem terminar em lados opostos novamente pela posse de Henry.

Talvez devesse ter começado falando de Archie, mas a perda do terapeuta não conseguiu transmitir a dose de emoção necessária a um evento desta proporção e foi sentida como uma pequena parte no esquema das coisas me fazendo desconfiar de sua veracidade, possivelmente porque era isso mesmo. E quando sua morte foi dada como certa eis que Cora tira o grilo da cartola e promete fazer o bichinho cantar para valer! O mais divertido nessa trama toda é ver que a Rainha de Copas sabe jogar e promete desafios acima da média para movimentar bastante as coisas.

Bem, são muitas especulações e não tenho a menor idéia sobre o caminho que a série vai decidir tomar, pois faço o possível para fugir dos spoilers. No entanto, a perspectiva de qualquer direção me agrada e mantém ansiosa por prosseguir acompanhando o desenrolar desse bolo doido!

Ps1: Snow e Charming sensualizando foi coisa linda de se ver... menos para a filha e o neto, né??!!

Ps2: Será que ainda teremos notícias de Aurora, Mulan e Faerie atual?

Talvez Você Curta

5 comentários

  1. Só fiquei curiosa pra saber quem foi que a Cora matou. Ótimo episódio e excelente review !

    ResponderExcluir
  2. Adorei o episodio, muita pena de Regininha. Aliás, isso tá virando uma constante né

    ResponderExcluir
  3. É sim, Nina. Eles estão reforçando bastante o lado de vítima dela para nos comover e estão conseguindo!!

    ResponderExcluir
  4. Verdade! Na hora a gente sempre tenta adivinhar quem são, por mais que sejam avulsos!
    :D

    ResponderExcluir
  5. Achei uma pena que o Archie não tenha morrido de verdade. Acho ele chato bagarai, mas, acho dificil ele morrer, afinal tem o plot dos pais dele como bonecas na coleção do Rumpels.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe