Supernatural 8x10/11: Torn and Frayed/LARP and the Real Girl

quinta-feira, janeiro 31, 2013



Dois episódios para ninguém botar defeito.


Supernatural volta de seu hiatus com dois episódios poderosos, na maior parte literal da palavra, lembrando à todos que não é páreo para mudanças de showrunners e que, no final, a essência da série fica a mesma.

Não há dúvidas de que entre 22 episódios, uns 13 episódios são fillers. Já disse que tenho problemas com episódios fillers da série quando não trazem nada de iinteressante, ou pelo menos, atrapalham o desenvolvimento do arco principal da temporada, mas o caso do episódio 11 foi completamente diferenciado, uma vez que trouxe de volta uma das personagens mais queridas da série e olha que ela apareceu só uma vez antes disso.

Além do retorno de Charlie, um episódio que traz um RPG de ‘verdade’, da era medieval, ótimas referências sobre o mundo nerd é um bom episódio. Disso, não há duvidas. Claro que tudo ficou muito fácil no final e bastante didático, mas nada que não tenha tirado a grandiosidade do episódio (um episódio bobo, mas mesmo assim, delicioso). Porém, quem não é fã de RPG com certeza não deve ter gostado do que viu, mas acho que a série conseguiu balancear bastante esse lado nerd com o lado normal que ela sempre traz.

Porém, mesmo que o episódio 11 tenha sido completamente divertido, o 10 trouxe algo completamente necessário: desenvolvimento no arco principal da temporada. Além disso, tocaram na trama dos anjos novamente e, dessa vez, trouxeram a indagação de que talvez eles estejam sendo controlados, algo que faz total sentido. Castiel tentou controlar o céu matando milhares de anjos, é claro que agora seus superiores (não sei se Deus tem consciência da conspiração dentre seus domínios) querem colocar os anjos sobre vigilância e controle.

Além disso, tanto céu quanto inferno acho que vai além disso, acho que tanto céu e inferno estão na busca das tábuas, acho que todas essas reunidas pode causar uma mudança drástica nos dois planos e isso é o que saberemos até o final da temporada, então estou começando a botar fé nessa temporada, algo que não tinha comentado antes.

Sobre o relacionamento do Sam e do Dean foi realmente tocante, o que torna o episódio muito bom, conseguiram finalizar esse arco na hora certa porque se deixassem mais para frente seria bem pior, agora que a parceira dos irmãos está estabelecida e a trama do Cas foram revelados, episódios melhores surgirão. 

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe