Cougar Town 4x04: I Should Have Known It

domingo, fevereiro 03, 2013

O episódio mais gay de Cougar Town até o momento. É, a tendência é que outros aconteçam.

Quem sonhava em ver umas ~pegações alternativas~na série certamente ficou satisfeito com I should have known it. Jules deu início à bagunça com sua nova mania de beijar os melhores amigos na boca. Daí em diante, estava aberta a temporada do troca-troca, com direito ao esperado beijo de Jules e Ellie (até o fim da temporada essas duas largam os respectivos maridos e casam) e o surpreendente beijo de Ellie e Grayson. Andy e Tom ficaram na vontade e o vizinho excluído passou a se sentir ainda mais excluído e arrumou uma namorada perua, interesseira e insuportável, que seria a chave para certas mudanças no papel do esquisito Tom na série. *música de suspense*

A problemática sem noção da vez era relacionada a camiseta mentirosa de Grayson, que deu origem ao pacto dos quatro votos. Se alguém ditasse uma regra – por mais louca que fosse (e os roteiristas sabem inventar coisas malucas nessa comédia delícia) – e quatro pessoas votassem a favor, a regra virava lei. Grayson foi o primeiro prejudicado pelo pacto, que o impediu de usar a camiseta mentirosa. Mas, deu a volta por cima e conseguiu levar Travis para o grupo dos rapazes, garantindo os quatro votos e dominando o mundo o pseudo rancor de Jules. Claro que até chegar no pacto vitorioso masculino, rolou o “pacto do abraço”, obra de Andy e Bobby e uma das demonstrações gays mais leves do episódio – ficando atrás dos beijos lésbicos de Jules/Ellie e Jules/Laurie e da declaração de Andy sobre Bobby: “você cheira tão másculo!”

Cougar Town não seria Cougar Town sem dilemas semanais. Por isso, dessa vez quem sofreu foram Bobby, levando um fora da veterinária gostosa (hot-dog doctor ou hot dog-doctor!?) por seu comportamento mega atrativo só que não; e Tom, que além de excluído da panela, quase foi à falência com os abusos da interesseira Jessica (Alexandra Wentworth). Alguém acreditou que Tom conseguiria uma namorada? Ahm, bem... era bom demais pra ser verdade.

Mas, nem tudo está perdido, pois todos no grupo têm superpoderes (vide episódio anterior). Por isso, Ellie foi escalada para ensinar boas maneiras a Bobby (quem diria!) enquanto Jules e Laurie se comprometeram a investigar e desmascarar Jessica (mas só depois de ela ter provocado a sra. Cobb-Ellis, claro). 

As duas missões foram hilárias, como era de se esperar. Ellie e Bobby se saíram tão fofos que voto em um triângulo amoroso Bobby/Ellie/Andy – mas nada contra um polígono que inclua Jules e Grayson! Jules aprovaria a ideia. 

E quem achava que levaria pelo menos mais umas quatro temporadas para que Tom pudesse pisar dentro da casa de Jules (sem ser às escondidas, tirando fotos sinistras com a bela adormecida dona da residência), se enganou. O final do episódio foi tão lindo que quase me fez chorar – e olha que estamos falando de uma CO-MÉ-DIA. Acontece que depois de todo o lance com Jessica, e com Jules admitindo a amizade que o grupo tem por Tom, era inevitável tornar oficial a presença dele na turma. Então, o careca deu adeus à janela da cozinha! E todos foram uma família feliz para semp—OH WAIT!

Grayson não teve um final tão feliz, a propósito. Depois de anular o pacto de Jules comprando Travis com um par de luvas do Hulk, o recém-casado conseguiu um lugar de evidência no fim do episódio: o posto antes ocupado por Tom. Pobre Grayson!

Há quem diga que essa temporada na TBS está melhor do que as anteriores. Eu diria que não está melhor, mas que a série continua se mantendo divertida e com capítulos gostosos de ver. O número 4 do 4º ano de Cougar Town mandou bem também. Os próximos pelo visto serão tão bons quanto. Ponto pro cast!


PS: quem não sofreu com o título da vez, sabendo que o coitado Danny do título anterior foi demitido?
PS2: ainda estou sentindo falta da Barbara.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe