Girls 2X04: It's a Shame About Ray

quarta-feira, fevereiro 06, 2013


Ou vai ou Raxa!

Invariavelmente nessa vida qualquer tipo de relacionamento um dia se encontra o seu momento decisivo. Problemas irão existir e definirão como as pessoas envolvidas irão encarar suas vidas à partir desse ponto. Girls deixou isso muito em ênfase nesse episódio, encarando suas dificuldades de frente como os relacionamentos da série reagiriam?  Cresceriam ou sucumbiriam? Começamos logo com o assunto que ficou em pendência no último episódio, após ele pisar na bola com ela, Hannah deu um ultimato para Elijah e o despejou de casa. Confesso que foi tudo muito divertido, ela dizendo que não deveria ter reciclado o relacionamento deles, ele jogando na cara dela que pagou um zilhão de burritos "com adicionais" para ela, Ela dizendo que ligou para George pedindo para ficar com toda mobília que ele tinha comprado. Tudo bem típico a cara dos dois, afinal de contas você não sabe quem é mais infantilizado, Elijah ou Hannah, e honestamente devo confessar que a dinâmica já estava me cansando, além de afastar Hannah do núcleo principal da série. 

Shoshanna e Ray também tiveram que confrontar o elefante na sala, só mesmo Shosh para não enxergar. O cara dorme com você à mais de uma semana e você não realiza que ele está morando com você. Vamos falar um pouco de Ray, que apesar de tanto criticar os hipsters, também personifica uma geração não muito bem sucedida: a "Generation X". Possui todos os estereótipos, é um Loser, sem perspectiva de vida, ao contrário de Hannah sem nenhum tato para novas tecnologias e formas de comunicação, e além de tudo isso acrescente sem teto. É fantástico como Girls retrata com muita vero semelhança esse "The way in between" que muitos jovens se encontram hoje, e não só com Ray, com Hannah, com Jessa e mais recentemente com Marnie, aonde você ainda não sabe como começar sua vida adulta, mas já é ridículo continuar dependendo dos pais, ou morar na casa da namorada sem que ela saiba disso.


Muito linda de se ver, foi a forma com que o casal lidou com toda essa problemática. Acho que todos nós estávamos esperando esse momento catártico desde que a temporada começou. E que surpreendentemente foi imune à piadinhas e incríveis "quotes", muito pelo contrário, foi seco, sem trilha, honesto, e que deixou bem explicito qual é o real ponto em que o nosso relacionamento favorito da série se encontra: em um momento maduro. É realmente instigante, pois de todos os relacionamentos que o show possui o de Shosh e Ray era o que eu menos esperava que fosse amadurecer, exatamente pela grande discrepância entre os dois. Porém, absorvi uma grande lição disso tudo... Afinal para um relacionamento crescer após um momento decisivo, o importante não é o tamanho do problema e sim a disposição que as pessoas possuem para contornar tudo isso. E que se a reposta for "I I'm falling in love with you" ou "I love You so fucking much" podemos depositar novamente todas as nossas esperanças no melhor das hipóteses.

Já com Jessa não aconteceu da mesma forma, seguindo o exemplo exatamente contrário do relacionamento da amiga. Apesar de todas as parte estarem cientes de que vivem junto isso não significa que estão criando algum tipo de intimidade. Todos nós já possuíamos nossas reservas quanto a esse casamento da Jess, que claramente havia se enganjado nele como mais um de seus milhares de projetos, e como Thomas-John disse, irá levar para sua vida como mais uma de suas experiências. E o jantar foi simplesmente bizarro, como Jessa clara e intencionalmente estava tentando sabotar o mesmo. A parte em que ela falou da rehab de heroína, eu fiquei rindo feito um louco aqui. Simplesmente épico!


Porém tudo valeu pela ótima cena da banheira, de Jessa chegando e pedindo arrego para Hannah, que de tanto conhecer a amiga já sabia que tudo isso iria acontecer. E no fim das contas o que vimos é que a protagonista pode ter todos os defeitos do mundo, pode ser uma vadia julgadora, manipuladora, mimada, mas que se alguém atirar uma pedra que seja contra alguma de suas amigas ela estará ali para acolhê-las e defendê-las com unhas e dentes. Afinal só ela pode chamar Marnie de vadia ou babaca, e ninguém mais!

No mais é isso, teve toda a continuação da história de Marnie com muito mais ênfase em Charlie, que sinceramente só acho que continua na série por ser filho do produtor. E vimos também Girls fechando o seu primeiro ciclo essa temporada e dando origem a novos arcos. A exceção de Shoshanna todas as meninas agora estão solteiras e prontas para novas experiências, e sempre que uma precisar, mesmo que disfarçadamente a outra estará ali para ajudar... "Becase maybe you're ganna be the one that saves me"...



Talvez Você Curta

9 comentários

  1. Caracas, muito boa essa música nova que Girls apresentou para o mundo! Quem imaginaria que uma série algum dia seria tão ousada para tocar Wonderwall?

    ResponderExcluir
  2. Gostei da review, o que vc entendeu e falou muito bem sobre os 'relacionamentos'.
    Odeio Oasis mas achei que coube muitíssimo bem no episódio! E quebra um pouco essa das séries se matarem pra ver quem toca o novo hit da Billboard, ou as novas de Adele e Florence...

    A cada semana eu penso, esse episódio foi o melhor da temporada e o melhor da série! Agora entendi pq já renovaram para a 3ª temporada!

    Não acho que o Charlie seja desnecessário ou só esteja na série por ser filho do produtor.

    ResponderExcluir
  3. Amandices! A série só faz melhorar msm hein... E foi legal msm o Oasis deu uma quebra naquela pressão de ficar esperando todo episódio uma música nova

    ResponderExcluir
  4. Quem nunca cantarolou Wonderwall na vida, né? Mas adorei esse episódio. Claro, teve Ray e Shosh, não poderia ser diferente. O que me preocupa é a trama de Jessa. Já dá para perceber muito bem a barriguinha de grávida da atriz.

    ResponderExcluir
  5. Com certeza os rumos iniciais de Jessa para a temporada tiveram que ser alterados, da mesma forma que a saída de Elijah, por causa disso. Vamos aguardar. Só sei que as participações especiais de Girls aparecem do nada e somem do nada também (alô Sandy). Não estou curtindo isso.

    ResponderExcluir
  6. na verdade a Jemima Kirke já pariu, as gravações dessa temporada foram feitas lá pra julho do ano passado. em dezembro olha como estava o barrigão dela. http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2012/10/gravida-jemima-kirke-atriz-da-serie-girls-posa-nua-para-revista-vice.html

    ResponderExcluir
  7. Adorei o episodio e a review, achei q foi um dos melhores ate agora, explorando mais os outros personagens.E também que acho muito legal é ler a review ouvindo a musica do episodio postada.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe