Nashville 1x12: I've Been Down That Road Before

segunda-feira, fevereiro 11, 2013


Ainda há esperança.

Confesso que estou um pouco surpreso por estar aqui falando de Nashville, principalmente quando estou prestes a falar bem. Eu estava disposto a largar a série, mas esse episódio veio para mostrar que ainda há esperança. Não vou comemorar ainda tão cedo, porque, afinal, ninguém está me prestando favor algum ao fazer um bom episódio; essa é a obrigação dos roteiristas. Mas a verdade é que fui convencido a esperar pelo próximo episódio.

Começando por Rayna, que finalmente começou a ter o agito que a gente queria, mesmo que ela não tenha feito nada. O que fez a história caminhar aqui foi Deacon, que primeiro age feito uma criança embirrada evitando Rayna, mas depois de umas palavrinhas duras, parte para o ataque e lasca um beijo nela, prometendo coisas boas entre eles. Ted também estava bem maduro e o divórcio é a coisa sensata a se fazer.

Juliette é cercada por dúvidas em sua carreira e querer evoluir é natural. Não tenho nada contra grandes produções, mas simplicidade também me agrada muito e não vejo problemas em querer experimentar coisas novas. Pode até ser um desafio, mas a música nova era muito boa e já mostra que Juliette é capaz de mudar sem se perder.

Esse episódio veio para transformar as especulações em realidade e isso diz respeito também ao plot de Gunnar e Scarlett, que desde o piloto são prometidos como sucesso imediato e até agora só tocavam em barzinhos. Agora Rayna já está abrindo os olhos para eles e a possibilidade de um avanço é grande.

Deixando o melhor para o final, vou expressar minha intensa alegria de ver Gunnar socando Avery. Eu só ficaria ainda mais feliz se fosse eu quem tivesse esse prazer, mas não foi dessa vez. Avery mereceu desde sempre uma boa sova e agora, com ele indo até a casa de Scarlett fazer desaforo com a moça depois de praticamente esfregar seu sucesso na cara dela, Gunnar não pôde se segurar. Isso obviamente vai acender o fogo do casal, que nunca passou de uma faísca.

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Tive as mesmas impressões que você sobre esse episódio. Já decide que vou até o fim da temporada com Nashville, pois ainda me agrado com algumas tramas de Juliette e o quase-casal Scarlett & Gunnar. PS.: feliz com o beijo de Rayna e Deacon. Finalmente Teddy fez algo que preste na série.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe