Smash 2x02: The Fallout

segunda-feira, fevereiro 11, 2013




Ainda é cedo, mas com certeza há muito para criticar.

Smash finalmente estreou na NBC com seu episódio duplo e após ver o primeiro episódio uma coisa fica clara: Ela com certeza têm potencial para melhorar e sair da sombra do desastre que foi a primeira temporada. Depois de assistir o segundo episódio, porém, há algo muito confuso: Aquele drama que falaram que não teria na segunda temporada está de volta, praticamente.

Julia. Esse é o problema. A mulher não consegue superar o fato de que seu casamento já tinha acabado faz tempo, mas só agora que realmente se tornou oficial. Por mais que seja engraçado Debra Messing revivendo seus momentos de Will & Grace, um dos problemas na temporada passada era a vida pessoal dela, que sempre entrava na frente do musical, atrapalhando tudo. Foi exatamente isso que aconteceu no episódio. Julia sabia que precisava arrumar a bagunça que foi Bombshell, sabia que era necessário que ela aparecesse no evento, mas ela simplesmente NÃO podia levar a bunda do sofá. E ainda fez drama quando Tom finalmente arrumou uma forma dela fazer o que ela PRECISAVA.

O ex-marido de Eileen não foi tão irritante nesse episódio, mas já comentei que colocá-lo de volta na série como um recorrente importante não é uma boa ideia. Estão basicamente tentando criar outro triângulo amoroso e, acredite, não é isso que quero ver. Sem contar que ele apareceu, basicamente, para fazer com que o dinheiro de Eileen fosse investigado e que Bombshell parasse de ser produzida, algo que ele felizmente não conseguiu. Ou seja, não está na hora de voltar.

O problema do novo núcleo de Smash é que não tem como alguém achar interessante, principalmente com um novo personagem tão irritante e chato como o Garçom Irritado. O pior de tudo é que Karen está tentando virar caça talentos mas ela nem consegue sondar o cara direito, partindo pro colega de quarto, terminando em uma festa de hispters no Brooklyn, cantando uma de suas músicas, para melhorar um pouco o ambiente. Com certeza uma ótima ideia.

E enquanto Karen estava brincando com seu boy magia em uma festa hipster, Ivy estava ocupada sendo babá de um Derek bêbado.

A atuação de Katherine McPhee foi terrível. O confronto dela com o Garçom Irritado foi chatíssimo, igual o momento de paquera na festa, que também foi ridículo e pouco convincente. Depois de tudo isso, só dá para ficar muito feliz por Ivy, que parece uma estrela como nunca antes pareceu. Ela estava simplesmente brilhando sob o holofote e foi como se ela conseguisse transmitir suas lutas e triunfos desde o começo da série até agora, em uma canção que foi totalmente hipnotizante.

O fato dos roteiristas fazerem de tudo para mostrar que Karen é melhor do que Ivy em todos os sentidos é simplesmente incompreensível.

P.S: Smash diz que está mudada, mas apresenta logo em seu segundo episódio uma sequência de sonho TERRÍVEL. Vai entender.


Talvez Você Curta

3 comentários

  1. Parabéns pela paciência com Smash, Marco. A gota d'água para mim foi o 2º episódio da atual temporada. Me livrei de Smash! Um peso a menos pra mim.

    ResponderExcluir
  2. "O fato dos roteiristas fazerem de tudo para mostrar que Karen é melhor do que Ivy em todos os sentidos é simplesmente incompreensível." FINALMENTE ALGUÉM QUE PENSA COMO EU!! tbm n entendo isso! o pior é que a coitada da Ivy vai lá, salva o dia, mas ainda assim só serve de estepe pra quando a Karen não está por perto!pior ainda, pelo que eu entendi ela tá fora do musical né?afinal, no primeiro episódio a Karen quis tirar ela...só vejo ainda smash porque amo as músicas e a Megan Hilty!espero que a personagem dela seja melhor utilizada!

    ResponderExcluir
  3. Discordo. Principalmente sobre Ivy.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe