New Girl 2X17: Parking Spot

quinta-feira, fevereiro 21, 2013


Sobre Weirdos e Parking Spots

New Girl está de volta meus caros! E apesar de não ter sido mais um daqueles épicos episódios, acho que foi tudo bem a altura da série, tanto no quesito continuidade quanto no entretenimento. No meio de toda a confusão que se passava na série, acho que foi um momento para sentar e discutir como as coisas ficarão daqui para frente, ainda que seja numa vaga de garagem. E devo dizer, tudo que envolveu a merda da vaga foi muito épico. Parece que foram todos tomados por algum tipo loucura após Schmidt ter pronunciado a sentença "Parking Spot". Uma bizarrice melhor do que a outra, que provou que quando se trata de estacionar o seu carro  em uma vaga descente qualquer amizade é posta de lado.

Sério! Foi tudo muito hilário! Desde a vibe que não existe a palavra compartilhar na constituição americana, até a sequência final dos três no estacionamento, que foi simplesmente sensacional. As cartas na manga ("The Ladie Card", "Race Card", "Lazy Drunk Card"); Dave e os gatos em cima do carro de Jess; Nick covarde perdendo o jogo do sério e ganhando a responsabilidade maior ainda do Voto de Minerva; E claro a épica cena de Jess entrando no quarto dele mastigando o cordão do moletom. Quem em sã consciência ao ver Zooey Deschanel entrando no seu quarto usando uma camisa invisível não daria a vaga do estacionamento para ela? Pois é, eu não, você não e Nick também não.

 

Depois de toda essa safadeza oculta acontecendo no loft, em que as pessoas trocam flertes por vaga de estacionamento, sabíamos que não levaria muito tempo até que Schmidt sentisse todo o cheiro de depravação e luxúria e  no ar, e claro, surtasse ao saber que estava claramente sendo sabotado pelo juri. Mas verdade seja dita, Jess antes do beijo não ganharia a vaga, Jess no pós beijo ganhou a vaga. E esse confronto foi muito bom para o casal cair na real que as coisas realmente mudaram, e que se eles gostam mesmo um do outro não tem porque ficar todo esse clima de tensão no ar. Afinal de contas "Nick nailed Jess's  mouth", GOOD, HARD & STRONG. 

A reação de Nick à conversa entre os dois foi bem decepcionante, dizendo que tudo não passava de um grande erro e que estava arrependido por tudo. Ainda bem que a mocinha conhece ele de cabo à rabo, e que é só chorar um pouquinho para que o covarde bundão diga as verdades escondidas no seu coração. Mas voltando a Schmidt, suas reações em descobrir que era o marido traído e último a saber foram muito bizarras, desde a convocação do "No Nailed Agreement" fazendo o Sheldon Cooper, a briga pela lealdade, até o "Mazel Tov", foi tudo de  se tirar o chapéu. E ainda teve aquela cena muito fofa em que ele disse para o Nick que a cada minuto que ele perdia não correndo atrás de Jess, ele se tornava um Idiota maior ainda.


Tivemos também a cena do elevador que não poderia ter sido mais perfeita, todas as caretas esquisitas e eles se auto denominando "Weirdos", me fez lembrar do episódio em que Jess diz para ele que eles são estranhos, mas são felizes assim. Um excesso de fofura! Mas Nick e Jess à parte, voltemos para ensandecedora cena final da briga pelo estacionamento, com direito  à aliviar as necessidades nas calças, atirar doces como isca para famintos, reaproveitamento de embalagem  usada de chocolate, e uma explicação muito sensata de Schmidt sobre porque não pode haver pegação no apartamento. 

Agora cá entre nós, nada barra a sequência do que eu nomeei de "Corrida Maluca". Quando Nick disse que ficaria com a vaga era como se dissesse "It's on!" E todos começaram a correr loucamente, Schmidt derrubando a lixeira para atrasar os concorrentes e se deparando com vários carros impedindo a sua saída  do estacionamento; a épica cena de Nick desembalando do papelão o seu carro, e claro toda a sequência dele tentando colocar o carro para funcionar e depois desistindo e pegando uma cadeira como veículo automotivo; e Jess a mais noob de todos parando para colocar o lixo no lugar, atropelando o carro do velhinho e tirando foto dos gatos. Tudo muito épico, não conseguia nem prestar atenção nos carros se empurrando na garagem de tanto que eu estava rindo a essa altura.

Depois de toda essa loucura, e de um episódio completamente "Loser" de Winston e sua saga por uma camisinha, nada mais justo do que dar a vaga para ele como prêmio de consolação. Winston é forever Charlie Brown. 

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Ótima review!!!Só não entendi quando vc disse que o episódio não foi épico,mas durante todo o texto caracterizou todos as cenas como épicas.... :)

    ResponderExcluir
  2. hahaha acontece! no geral achei que ficou aquém dos outros, mas new girl é feita de momentos épicos!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe