NCIS 10x15 / 16: HereAfter / Detour

terça-feira, março 12, 2013




Mais dois ótimos episódios de NCIS!

Em “Hereafter” tivemos mais um dinâmico paralelo de duas histórias, quando na história criminal vimos a equipe na caça do assassino de um marine durante o treinamento, e vimos Vance a procura de respostas sobre sua mulher.

O plot criminal foi bem interessante trazendo elementos de Fight Club novamente para NCIS, mas se o queculminou em um diferente final, onde conseguimos ver o que a lealdade cega pode nos levar.

Os escritores fizeram um grande trabalho com o personagem de Vance, retratando-o como orgulhoso, e que sentiu a necessidade de proteger todos de sua angústia, e principalmente
seus filho, retratando assim tudo o que um pai deve sentir em uma hora dessa.

Impagável mesmo foi ver Tony e Ziva de babás para os filhos de Vance, principalmente Tony que sabemos ter sei “medo” de crianças, mas que acabou relaxando, e muito, ao final.

Adorei também aquele “momento”em Vance e Ziva, onde ela abriu seu coração pedindo desculpas ao diretor, mesmo que não tenha sido culpa real dela, nada mais simples e belo.



Em “Detour” a curso do episódio foi bem interessante, e a história também não deixou a desejar!

Após um inusitado suicídio Ducky e Palmer são sequestrados, junto com o corpo que levavam para a sede da NCIS, “partindo” assim para uma inusitada aventura.

Apesar de terem feito a autópsia era óbvio que eles não sairiam dali vivos, ainda sim eu tinha minhas dúvidas até certa parte do episódio se quem estava sequestrando eles era realmente bandido, seria bem interessante se fosse alguma agência tentando obter informações de forma escusa, mas não, eram apenas bandidos mesmo.

A ideia dos dois peritos médicos utilizando-se de sua experiência para frustrar seus raptores foi criativa e diferente. Baseando-se no ácido gástrico do estômago do cadáver para queimar os ferros das pernas que os prendiam foi, no mínimo, inteligente, já que seu plano era fugir dos sequestradores.

A dupla dinâmica conseguiu escapar e anda tramar para a captura dos bandidos pós-escapada, simplesmente demais.

E ainda contamos om cenas engraçadíssimas entre os dois.

A frase de Palmer foi demais: Doutor, eu respeito você mais do que qualquer pessoa no mundo, então, por favor, me perdoe quando eu digo - Vai se ferrar. Eu não vou te deixar.

E quem diria Ducky corre muito para a idade dele, quer dizer para qualquer idade.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe