Downton Abbey 1x07 (Season Finale): Series 1, Episode 7

quarta-feira, março 13, 2013


"Sinto muito informar, mas estamos em guerra com a Alemanha".

Que episódio cheio de acontecimentos!

Para começar, a família inteira estava regressando de Londres, menos a Lady Mary, que demoraria um tempinho a mais por lá. Todos ainda estão vivendo sobre a tensão dos últimos acontecimentos: Sra. Patmore piorando da visão, Sr. Bates tinha pedido demissão, as fofocas sobre Lary Mary e a morte do estrangeiro Sr. Pamuk na casa da família e por aí vai.

Primeiramente, a grande notícia: a Condessa está grávida e, se o bebê for um menino, Matthew não será mais o herdeiro de Downton Abbey, o que abala seu pedido de casamento a Mary. Como os boatos rapidamente se espalham, Mary também fica indecisa e a família inteira se divide em fazê-la aceitar ou não o pedido do primo enquanto ainda há tempo.

Uma boa parte de diversão do episódio foi graças a instalação do telefone, a novidade do Inglaterra, na propriedade. Nenhum dos criados sabia usar, inclusive o Sr. Carson que, treinando como atenderia o instrumento, acabou discutindo com uma telefonista. Do outro lado, a linda Sra. Patmore é enviada para Londres, para ter sua vista tratada e Anna vai junto, para cuidar dela. Enquanto isso, a cozinheira de Matthew, Sra. Bird, está temporariamente cozinhando para Downton Abbey, o que não deixa a Sra. Patmore nada feliz.

Daisy começa a sabotar a comida, mas é descoberta e, aos prantos, explica que estava apenas cuidando para que a Sra. Patmore não fosse demitida. Essa menina já tem cara de chorona, só faz chorar o tempo inteiro nesse seriado. A própria Sra. Bird entende as razões da garota e acaba a perdoando.

Thomas, como sempre, está sendo um completo idiota e não demonstra o mínimo de respeito pela morte da mãe do William. Cara, que homem arrogante! Achei foi ótimo quando ele levou uns socos bem dados na cara para aprender a ter respeito pela dor alheia.

Falando nele, lembramos logo da parceira de maldade dele, Srtª O'Brien, que ouviu errado uns rumores de que estavam atrás de uma nova criada e achou que seria demitida. Para se vingar, ela faz com que a Condessa escorregue em um pedaço de sabão e perca o seu filho. Visivelmente arrependida, apenas espero que isso sirva de alguma lição para essa cobra.

Anna, enquanto estava em Londres, também descobre que o Sr. Bates não é culpado de roubo e recorre ao Conde para que mantenha o empregado. O Conde acredita nela e faz com que Sr. Bates continue no emprego. Achei lindíssimo quando o Sr. Molesley pergunta ao Sr. Bates sobre Anna e o último diz que ela está comprometida com outro homem.

Por fim, Matthew avisa à Lady Mary que irá embora, o que a deixa desconsolada. Thomas, como sempre, prevê os maus ventos e salva sua pele, se inscrevendo como voluntário para cuidar dos feridos na guerra que está por vir. E na cena mais fantástica de toda a série, fechando com chave de ouro, o Conde de Grantham anuncia que o país entrará em guerra contra a Alemanha, deixando pairar o clima de tensão. Gente, até eu fiquei tensa com a notícia, foi uma cena maravilhosa.

É ótimo ver como Downton Abbey cresceu e se solidificou. Saiu das sombras do que seria apenas mais uma cópia da Jane Austen para criar bases fortes, com personagens muito bem trabalhados e com atuações dignas de Oscar. A série provou ser capaz de tecer uma trama sólida e bem feita, casando perfeitamente com os acontecimentos históricos, trabalhando com vários personagens e caráteres diferentes, mas sem negligenciar nenhum deles com a devida atenção que cada um precisa. Não há um personagem principal. Uma série que merece meu respeito e que, na minha humilde opinião, não deveria faltar na grade de nenhum seriador.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe