Revenge 2x16: Illumination

sábado, março 23, 2013



Então vamos à caça.


Decepcionado. Isso resume. Chato e entediante resume também o último episódio de Revenge. Depois do tal “No... More... Distractions...” achei mesmo que agora a série iria engatar a primeira marcha e dar uma arrancada rumo à qualidade dos episódios que estávamos acostumados a presenciar. Doce ilusão... de novo.

Depois de descobrirmos o irmão adotivo da Amanda/Emily percebe-se que os roteiristas não têm mais o que inventar para, literalmente, encher linguiça nos episódios. Me diga, qual a necessidade de Eli na trama que não seja trazer mais distrações para Emily? Isso eu disse na review anterior e volto a falar.

A trama do episódio girou entorno só disso. O ponto alto foi o final, e não passou disso.

Tudo começou no final do velório da fake Amanda. Eli apareceu e Emily já ficou toda preocupada. Trama vai, trama vem, Eli descobre que Emily é a verdadeira Amanda e para evitar confusão, Emily limpa a ficha do cara, dá 100 mil de mão beijada e ainda conta toda a história pra ele deixar a cidade e ir pro raio que o parta. Mas como Eli não é flor que se cheire, ele contraia a vontade de sua “irmãzinha” e fica como co-presidente da fundação fake criada pelos Graysons para a fake Amanda.

O que me intriga é saber que o enredo de Eli é muito parecido com o da fake Amanda. Os dois chegaram à trama sendo pedras no sapato da Emily. Só que a diferença é que Eli está como aliado da Victoria. Começo a pensar que os roteiristas estão com falta de criatividade.

A série voltou com os flashbacks. E neste episódio vimos como o Nolan conseguiu a “caixa dupla infinidade”. Só fiquei intrigado com um detalhe. David Clarke era considerado perigoso, afinal ele, teoricamente, está relacionado com ataque terrorista. Então eu pergunto: como um sujeito, preso numa penitenciária de segurança máxima (acredito eu) tem como posse uma caixa de madeira? Poxa. Se fosse em acontecimentos normais isso não seria permitido por considerarem uma possível arma. Estou certo ou errado?

Os planos da Emily agora são: falir os Graysons. Para isso ela precisa contar com o super-hiper-mega programa criado pelo Nolan. Só que, BOOM! O programa não passou da segurança criada por um outro super-hiper-mega hacker, o Falcon.

Ponto1: Saudade dos tempos que Emily usava a caneta vermelha e marcava um grande X no rosto das pessoas...
Ponto2: Fundação Fake Amanda. Uma falsa fundação para uma falsa Amanda. Seria ou não seria um bom slogan? rs
Ponto3: Emily solta uma bomba pra Ashley e ela vai correndo contar para Victoria. Já voltaram a serem BFF?
Ponto4: Continuando o Ponto3 é o seguinte: Emily está se arriscando de mais. Há um tempo já venho percebendo isso, ela está se envolvendo em tudo. Vai chegar uma hora que todos  vão desconfiar disso e perguntar quanto interesse.
Ponto5: Já pensou que doido se o Falcon for o Adien? Ou se for alguém ligado diretamente com a Emily?

PS: Todo mundo já deve ter notado e visto a notícia que a Season Finale vai ser de 2h, um episódio duplo. Digo uma coisa, se esse final for algo tão chato e tão cansativo como essa temporada tá sendo, eu largo a série. Mando um beijo e vou gastar meu tempo com outra coisa mais interessante. Essa temporada começou bem e saiu completamente dos trilhos. Espero pacientemente que melhore significativamente até o final da temporada. 

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Concordo em gênero, número e grau com cada apontamento que fez. E tô aqui me perguntando onde o David enfiou aquela caixa pra conseguir entrar com ela no presídio e mantê-la escondida, como deveria ser. Bem, melhor nem pensar muito... huahuahau


    Será que ainda há esperanças pra série? Pq olha, se perder é apelido pro que aconteceu com o roteiro.



    Ótima review :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigado ^_^

    O jeito é esperar mesmo, pq a cena do final do episódio dá a entender que a coisa vai melhorar um pouco. E é isso que todos esperam =)


    E a cena do David foi um erro grotesco. Pq uma caixa de madeira? Numa prisão? Isso nunca seria permitido =/

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe