Shameless 3x10: Civil Wrongs

terça-feira, março 26, 2013



Quem dá mais?!

Sim! Você quer ver conversão de orientação sexual? Faça o seu preço! Mas não, você quer ver o plot do NPA (namorados perseguidores anônimos), vai ter que dar um valor maior. Agora, se a sua pira de verdade for ressuscitação dos mortos através de sexo oral, você vai ter que desembolsar um bom dinheiro. Querendo ver tudo isso junto com uma boa dose de cretinísse? Apenas assista Shameless, porque ao que parece Paul Abott resolveu tirar não só Frank do armário, mas também os últimos pudores que o roteiro da série tinha, e nem os mortos, nem os animais ficaram isentos da perversão dos Gallaghers e cia.

E quem se adaptou muito bem a essa história de quem dá o maior lance foi Frank Gallagher, que se viu como pinto no lixo depois que as palavras "clinical fornication" saíram da boca do recuperador de homossexuais. Realmente uma proposta irresistível, ele só não esperava que quem fosse aparecer seria a Ellen depois do atropelamento de caminhão. Mas como para Frank não tem tempo ruim, se não conseguiu converter a caminhoneira, pelo menos deixou ela com muita vontade de voltar para o lado hétero da força. Mas a história toda não parou por aí, ainda tivemos plot de educação sexual "aprenda com animais", plot de arrecadação de dinheiro indevida, e claro o gran-finale com duas belas malas para Frank desempacotar. É incrível como essa série não tem como ficar mais épica, e a atuação de William H. Macy então, nunca esteve tão em alta, os discursos e as risadinhas debochadas, realmente fizeram valer o meu episódio.


Mudando um pouco de foco, saímos da terapia de heterosexualização de gays e vamos direto para o MADA (Mulheres que Amam Demais Anônimas), tratar dessa história do atropelamento de Karen. Mandy é a típica adolescente revoltada, que finalmente achou alguém bom na sua vida, que cuidasse dignamente dela, e simplesmente não se contentou. A menina não vai descansar enquanto não tiver toda a atenção de Lip só para ela. Por isso é tão nítido o incômodo de Fiona quando os dois estão juntos, porque depois disso o menino não conseguiu fazer outra coisa da sua vida que não fosse trepar com a Milkovich. E por falar nessa família, parece que Ian está indo pelo mesmo caminho que a amiga e a ponto de atropelar a puta com quem Mike vai casar. Acho que é por isso que ele defende tanto Mandy, por isso que eles se entendem, por que pensam da mesma forma obsessiva. O namorado pode dar um belo de um chute no traseiro, que no segundo seguinte eles já vão está lá lambendo o sapato para não ficar sangue.

Outro relacionamento que também estamos assistindo ir por água abaixo é o de Fiona e Jimmy, que com certeza não resistirá as novas aspirações do rapaz de voltar para a Faculdade de Medicina em Michigan. Mas esse é o menor dos problemas do rapaz, semana que vem teremos a real conversa dele com o pai de Estefania, aí sim a porra vai ficar séria. Pausa para falar outra vez de Beto que estava novamente maravilhoso em cena, ele e Liam juntos foi muito fofo... "Quem é o meu moleque?" Gente, português gente! E pronunciado corretamente! Fazem ideia do quão excitante é? E do outro lado parece que Fiona não vai ficar na pior não, os flertes lá com o novo chefe já denunciam aonde isso tudo vai dar.


E no núcleo que mais samba na nossa cara, tivemos momentos emocionantes com Sheilinha e sua filha em coma: a cena dela conversando com o médico e abraçando a filha, Debbie levando sopa para ela (tenho me derretido com as interações da menina com Sheila), e claro, a cena dela com Jody que foi emocionante, dizendo que ele era um príncipe, e finalmente caindo na real da burrada que fez em ir pra cama com o marido da filha. E por falar nisso, tivemos finalmente lá o desfecho da história de Kev e V que eu sinceramente já não suportava mais. Finalmente eles vão ter a porra do filho.

Voltando ao hospital, outro que era só emoção também era Lip. Aquela cena em que ele chega com Debbie e ficam encarando o vegetal, foi muito chocante,  Jeremy Allen White está de parabéns pela atuação. É bacana de ver isso em Shameless, como a carga dramática vai variando, a cada episódio ela está sobre um personagem, e os outros ficam mais leves. Agora depois de ter descoberto as armações de Mandy, vamos ver o que Lip irá fazer, e até quando levará isso em banho maria. No fim das contas percebemos que a melhor coisa que Sheila fez foi deixar Jody sozinho com a filha, afinal o rapaz arranjou um ótimo jeito de trazer a menina de volta a si! Grande retorno de Karen, que pra mim já era carta fora do baralho. Mas esse retorno dela vai dar pano pra manga. Seria o destino de todos os Milkovichs a cadeia?´ 

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe