Modern Family 4x19: The Future Dunphys

quinta-feira, abril 04, 2013


Os Dunphys do futuro!

É uma rotina. Eu acordo toda manhã de quinta-feira, ligo o computador, e antes de acessar o Facebook, antes de ler os meus e-mails, antes de qualquer coisa, eu vejo Modern Family. Não por pressa ou algo do tipo, mas para começar minha manhã bem. Poucas são as séries que eu faço questão de ver antes de todo mundo, a sensação de perceber que você está assistindo uma comédia da mais alta qualidade é insubstituível e não tem nada melhor do que começar uma quinta chuvosa bem humorado.

Foi como eu disse semana passada, Modern Family não tinha feito um episódio tão bom, mas eu dava a minha alma se a série não melhorasse. Foi o que aconteceu, tudo e absolutamente tudo foi maravilhoso. É difícil encontrar palavras para relatar o doce sentimento que é ver Modern Family, falar sobre a série é como falar de um filhotinho que acabou de chegar à família. Ele as vezes causa problemas e bagunça a sua vida, mas na maior parte do tempo ele é uma fonte de diversão e conforto interminável. “The Future Dunphys” é um exemplo de como se fazer uma série de comédia simples, mas que tem uma alçada muito maior. O roteiro foi excelente e como se já não bastasse isso, o elenco está cada vez mais sensacional, com um timing de dar inveja a muitos ganhadores do Oscar por aí.

Como não teve parte fraca ou forte que diferencie os núcleos, não existe razão para destacar determinada história com eu geralmente faço. Então escolhi falar primeiro do plot do futuro por mera linha cronológica do episódio. Dando continuidade ao arco do ataque cardíaco que não foi ataque cardíaco, Claire foi internada em um hospital para realização de alguns exames que iriam constatar se ela tinha problemas no coração. Dava pra perceber desde já que o Phil estava com medo do que ia acontecer com a esposa, tanto que já estava com a decoração da casa pós-enterro na cabeça. Achei sensacional os três Dunphys do futuro no hospital, afinal, é um grande dilema dos pais saberem educar seus filhos para que sejam independentes, mas não tão independentes que acabem se distanciando dos pais.

Outro plot do episódio foi o Manny querendo entrar para Escola Preparatória e o Jay passando por traumas de infância, da época em que era pobre e trabalhava como recolhedor de toalhas no clube da cidade e era bullinado pelas crianças da escola. Passado o tempo, ele pensou que tinha superado isso, mas quando pôs os pés nos domínios da escola toda sua infância voltou e ele queria por que queria colocar o filho lá para se vingar dos garotos que o humilharam quando criança. O colégio era todo trabalhado na riqueza de ter um acervo invejável a maioria das universidades americanas e apresentações ilustres, que aí incluem Nicole Kidman e sua companheira, Srta. Plástica-mal-sucedida. No final, Manny não conseguiu entrar porque acabou ficando nervoso e pagou mico na hora da entrevista com o diretor. Só para quem não sabe, as escolas preparatórias nos Estados Unidos e Europa são sempre caríssimas, cheia de filhos de presidentes e se você estuda em um delas você entra direto no Expresso Harvard.

A parte que eu mais gostei no episódio foi claro o Girls Day que não deu muito certo. Cameron e Mitchell estavam um pouco preocupados com a falta de uma figura feminina na vida da Lily, e por isso chamaram a Gloria para as duas terem um Girls Day, o que pelo visto era bastante necessário, visto que a garota perguntou quando ela vai ter peitões. Meu Brasil, o que foi a Gloria saindo da garagem planejando várias compras para a Lily e ela simplesmente largar que é gay? Depois foi tudo esclarecido, ela só pensava que era gay porque os pais são gays, e por isso ela achava que era gay também. Mas é claro que essa não foi a cena mais engraçada do episódio. As cenas mais engraçadas do episódio foram todas as cenas em que o Mitchell abria a boca e parecia um pastor preconceituoso. Realmente, toda a sequencia do restaurante foi sensacional até o último segundo, primeiro foi a Lily dizendo que odeia vietnamitas (eles foram a um restaurante vietnamita para que a Lily pudesse ter uma laço mais forte com o seu país), depois foram as partes em que toda vez que eles falavam alguma coisa, parecia que eles estavam xingando todo mundo no restaurante. Palmas para os roteiristas.

Observações:


“Did you know I'm gay?” – Lily.

"Quando que eu vou ter peitos de verdade?" - Lily.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Priscila Farias Carvalhosexta-feira, 05 abril, 2013

    Chorei de rir com esse episódio. Foi Modern Family em sua melhor forma! Depois do episódio da semana passada, no qual confesso que dormi e só acordei na cena final, precisavamos desse fôlego. Lily e Luke, de longe, são os melhores personagens atualmente na série.

    ResponderExcluir
  2. Adorei demais esse episódio. Mitchell estava impagável. Já havia visto essa piada (pior que nem lembro se em Modern Family mesmo) de um gay repetir discursos preconceituosos sem querer, mas foi demais.


    Ri do começo ao fim.

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe