The Voice 4x06: Blind Auditions Part 6

quarta-feira, abril 10, 2013


Com o fim das "Blind Auditions" essa é a minha e a sua cara de... "Como assim é só isso?"

Pois é, as cadeiras já não podem mais virar, os times já estão completos, e tenho certeza que você está com a mesma cara de entediado que eu. Como assim edição? Nenhuma Cassadie, nenhum Trevin, nenhum Chris, nenhum Jermaine? Ninguém para apostar todas as fichas? Das duas uma: ou o programa finalmente resolveu jogar justo e não empurrar ninguém pro público essa temporada, ou o nível de qualidade que está realmente abaixo do esperado. A verdade é apenas uma, essa é uma temporada dos treinadores, eles estão nos holofotes. Mas irão eles conseguir dar conta do recado e reverter a situação de marasmo em que o The Voice se encontra? Tudo vai depender das escolhas musicais para as "Battles".

Acho que nunca terminei uma "Blind Audition" tão desmotivado e sem nenhum favorito. Sem ninguém bater o primeiro pimp spot que apareceu no programa, Judith Hill parece continuar correndo na liderança e não ter nenhum concorrente direto. Sasha Allen que se apresentou ontem se junta à ela e dá a Adam Levine o time com mais destaques, seguido por Blake Shelton que tem um sólido time de country. Na ponta extrema, mais mornos que a noite desta terça-feira estão o #TEAMSHAKIRA e o #TEAMUSHER que ao que parece foi resgatado nos quarenta e cinco do segundo tempo, assim como a reputação da noite final do The Voice. Seria Jessica Childress o fator surpresa do programa?


E já começamos a falar das apresentações com indignação saltando à flor-da-pele. Não basta ter uma noite final péssima, aprovando candidatos meia boca, ainda tem que mandar as coisas boas para casa. Porra! Mark Lenon é foda gente. O cara toca numa das bandas mais reconhecidas de Venice, já fez turnê com Roger Walters, e ainda assim não conseguiu entrar no The Voice. Provando que nem sempre o que conta é o talento. Outra coisa que também passou batida pelos ouvidos dos treinadores foram os falsetes de Dustin Hatzenbuhler. Impronunciável não? Pois é, mas até que o rapaz executou a música do Bublé direitinho, e sinceridade...? Foi muito melhor que essa coisa que vou apresentar à seguir.


Sério Blake?! Última vaga no time, e ele não podia esperar mais um pouquinho para ver se a candidata era realmente boa? Lembro de Usher ter virado e na mesma hora querer desvirar a cadeira, bem na hora que a cantora deu a primeira desafinada de muitas. O tom dela é bom? Ela é sexy? É! Mas desafinou produção! Porra! foi tão mal que nem de material para o #TEAMUSHER serviu, que nem fez muita força para levar a cantora que preencheu o último lugar no #TEAMBLAKE.


Blake pela gigante burrice que fez, não pode aproveitar Amber Carrington que veio logo na sequência. A cantora de dezenove com mais cara de trinta, já mandou logo um Carrie Underwood e ganhou a platéia para si. A execução foi boa, mas acho sim que a cantora foi muito superestimada, assim como muita coisa essa temporada, e acho sim que Adam foi afobado, e acabou arrematando sozinho a cantora "pop country". Preenchendo a última vaga do #TEAMADAM bem abaixo da média geral.


E como afobado come crú, Adam perdeu a oportunidade de disputar essa delicinha que viria logo na sequência que é a cara do #TEAMADAM. Luke Edgemon tem uma linda voz que como o treinador mesmo disse, parece não pertencer à sua forma física. As ótimas notas que o cantor consegue atingir, combinam lindamente com o seu tom encorpado, tornando tudo muito perfeito. Por muitos momentos achei que ele realmente iria com o Usher, mas não deu outra, foi só Shakira abrir as perninhas e dizer: "Come on Baby! My hips don't lie!" Que o rapaz tratou de preencher correndo a última vaga do #TEAMSHAKIRA.


E por último claro, como tradicional acerto da edição do programa, a melhor voz da noite. E se bobear a melhor voz da temporada. Verdade seja dita, não me senti comovido em nenhuma audição do programa. Tivemos Judith Hill divando no primeiro programa, mas ainda assim ela ficou devendo no quesito emoção. E sem dúvida alguma foi o que não faltou na performance de Jessica Childress, que pegou uma música pop, de facílima execução e destruiu. Era pop bacana que vocês queriam? Era vozeirão que vocês queriam? Era runs que vocês queriam? Pois o The Voice responde nos quarenta e cinco do segundo tempo... Aí Está! E o melhor disso tudo isso? Ela não foi pro #TEAMADAM que ficou claramente possesso com a situação. Dona de uma voz poderosíssima a cantora preencheu a última vaga no #TEAMUSHER e já pode se considerar a finalista do mesmo! Pois é, Usher... Está ai um belo jeito de sair do buraco, e da lanterna.


No mais é isso meus caros. Muito bom estar aqui essas três semanas cobrindo todas as "Blind Auditions", e mesmo meio que frustrante, sei que ainda posso contar com vocês para criticarmos juntos toda essa mesmice. Obrigado pelos comentários, e vamos lá! Rumo às "Battles"! Não vou montar os times logo abaixo como tradicionalmente faço, porque no fim de semana tem análise de times, e aquecimento para às "Battles". Fica de olho aqui no S.A. porque o The Voice não para, e as reviews também não! E se você esqueceu de passar mais cedo para checar o que aconteceu segunda no programa é só acessar aqui. Não esqueçam de conferir as reviews do primo talentoso logo no pulo, e aguardem que até sexta estamos aqui comentando sobre tudo o que aconteceu na semana de "Blind Auditions" do The Voice AU. Até lá!

Talvez Você Curta

12 comentários

  1. Thais Ximenes Marquesquarta-feira, 10 abril, 2013

    To achando essa temporada fraquinha. Pra quem ouvi Terry desde o primeiro episódio até a final na temporada passada, nada chega aos pés. Agora é esperar pelas battles mas acho que nada super Amanda Brown e o Trevis cantando Mariah Carey

    ResponderExcluir
  2. falta criatividade aos artistas.. tá tudo mto plastificado... parece que eles sabem o perfil do programa, e vão la fazer o que tem que fazer pra virar uma cadeira...
    não colocam alma..
    nao tem nenhuma audição que eu vá ao youtube assistir denovo, e denovo.. como fazia com várias das outras temporaadas...
    engraçado, mas a audição que mais me lembro é a daquela menina que cantou katy perry...aquela do olho estranho, esbugalhado, que usa óculos...

    The voice US é entretenimento... concordo plenamente que os tecnicos são o foco nesta temporada... eles são o show... mas a gte quer ouvir gente boooa... nao posso dizer boas vozes, pq isso tem mto... quero ouvir boas performaces... e isso tá faltando...

    tomara que nas battles os tecnicos inspirem seus pupilos a fazer boas performaces... will see

    ResponderExcluir
  3. aquela do olho estranho, esbugalhado, que usa óculos... kkkkkkkkkkkkkk ri alto da sua descrição

    ResponderExcluir
  4. Sabe qual a minha impressão dessa temporada? Tá parecendo roteirizado demais, tipo combinado, sei lá, tá estranho, não tá comovendo... Tá bom? Tá. Continua sendo melhor que todos os outros programas do gênero? Continua. Mesmo assim, tá morno. Espero que do morno esquente e não esfrie. Eu gostei mesmo da menina que cantou Taylor, Judith Hill é boa mas pra mim é mais do mesmo, aquela do One of Us pode chegar longe, e tem essa maravilha que cantou Marry You. Imagina ela cantando um Rock, pra seguir na linha de Amanda que cantou uma fácil e destruiu nos lives...

    ResponderExcluir
  5. Cara a Jessica estava tão empolgada pra estar no #timeShakira que dó da menina.
    Esta é de longe a temporada que eu mais estou gostando no The voice, porque temporadas passadas era muita picuinha e blá blá blá os mesmos cantores e etc, esse ano vem uma anca de outros estilos musicas e uma coisa que eu torço muito é que uma dupla passe - finalmente - pelas Battles.

    ResponderExcluir
  6. Acho que nas batalhas teremos coisas muito boas por aí! Alguém sabe quantos steal cada coach terá direito nessa temporada?

    ResponderExcluir
  7. acho q dois pq aí 2+6=8 --- 8/2=4 ---- 4x4=16 play offs... eu acho...

    ResponderExcluir
  8. alguem mais reparou que no começo da musica da Amber Carrington....o copo do Adam esta cheio.....e poucos segundos depois quando ele vira....POR MAGICA O COPO DELE ESTA QUASE NO FINAL !!!!!

    ResponderExcluir
  9. alias...quando ele vira o copo some....ai do nada volta quase vazio !!!!! HUMM SERA QUE ROLA UMA MANIPULAÇÃO NO THE VOICE ????

    ResponderExcluir
  10. mister Edição em ação ! a cena dele tentado a apertar o botão com o copo cheio era da apresentação de um outro candidato!

    ResponderExcluir
  11. acho isso muito suspeito....

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe