Men at Work 2x03/2x04: The New Boss/Downshift

quarta-feira, maio 15, 2013


Sobre elevadores e relacionamentos.

2x03 - The New Boss

Este episódio tem um papel importante nesta 2ª temporada de Men at Work: introduzir uma personagem que acrescente algo à série. A escolha de Peri Gilpin para interpretar a chefona (xará do vocalista do Arctic Monkeys) se mostrou eficaz, pelo menos neste episódio. Apesar disso o destaque fica por conta do Milo.

Sim, eu estou elogiando o Milo. Tenho dito inúmeras vezes que o personagem só é bom quando tem um suporte ao seu lado, e desta vez isso não foi preciso. Com a nova chefe no pedaço, o grupo de amigos resolveu trabalhar de verdade (o que é raro na série), e com isso Milo queria provar a todo custo que era capaz de apresentar uma boa ideia.

Ao conseguir elaborar algo em sua mente, ele acaba ficando preso no elevador e a partir daí o personagem demonstra total dificuldade em lidar com a situação. Sejamos sinceros: cenas em que personagens ficam presos em determinado local são frequentes em comédias, mas aqui isso é levado a outro grau. E tudo por conta do personagem saber utilizar uma determinada situação a seu favor. 

Enquanto Milo vivia numa prisão eterna, Gibbs e Neal invertiam seus papéis. O primeiro acabou ficando nervoso na hora de cumprimentar a chefe, causando uma má impressão. Já o segundo, causou uma primeira boa impressão, e estava com medo de destruir isso com seu jeito desajeitado. Quem aí já não se viu em ambas as situações? Quando você conhece aquela pessoa nova e acaba passando a impressão errada e faz de tudo para tentar arrumar ou o inverso. Dessa mesma maneira Gibbs tentava, mas só se afundava mais.

Tyler estava em mais uma empreitada amorosa, mas acabou descobrindo que ser o “cara legal” só acaba te deixando pra trás na fila das mulheres. No final, todos os plots acabam se reunindo através do discurso da chefe, que resolve criar uma nova coluna para cada um dos amigos, sendo que todas elas são inspiradas nas experiências que eles tiveram no dia. (Vamos ver se agora essa galera trabalha, porque tá difícil).

Men at Work segue no rumo certo. Agora é o momento perfeito para criar novas tramas inserindo novos personagens. Outro acerto foi trazer o pai da namorada do Neal de volta. Com isso as opções de piadas se expandem, garantindo que a série continue com seu estilo de humor, e ao mesmo tempo crie tramas interessantes envolvendo cada um dos personagens.

2x04 - Downshift

Downshift é mais um ótimo episódio de Men at Work. A série se mostra cada vez mais eficaz em construir boas piadas a partir de situações comuns do dia a dia. Quem já não se viu preso num relacionamento meloso demais e ficou com medo de dar aquela afastada e passar a mensagem errada? E mesmo que essa situação não tenha ocorrido com você, provavelmente já aconteceu com alguém próximo.

Esse é sem dúvidas um dos maiores acertos da série. Men at Work não inventa, ela apenas utiliza de situações ordinárias para criar suas piadas. E tudo isso se encaixa perfeitamente, graças à ótima química do elenco.

Temos aqui um episódio que segue à risca a fórmula da série. Primeiramente os amigos conversam sobre algum assunto específico. Neste caso Milo contava um pouco sobre sua relação com Molly para os colegas. Foi aí que eles notaram que ambos estavam indo “rápido demais”.

Através disso, Milo começa a acatar dicas dos amigos, mas fazendo isso acaba afastando a garota. Enquanto isso Gibbs embarcava numa relação com um cachorro, que assim como a dos “Miley” caminhava rapidamente. O cachorro já estava escolhendo a roupa do colega, salvando a vida dele, e se tornou o xará oficial do cara.

A partir daí a situação cômica surge por si só. Ambos os personagens se veem perdidos quando o assunto é “medir a relação”. No núcleo aperitivo, Tyler e Neal degustavam hambúrgueres preparados com carne de primeiríssima qualidade. Tyler, é claro, só se interessou pelo assunto quando uma mulher surgiu em cena. Enquanto Neal levava a missão de escolher o melhor hambúrguer de todos a sério.

A série continua na medida certa. Boas piadas, bom desenvolvimento, canalhices, e finalmente colocando esse pessoal pra trabalhar um pouco (bem pouco mesmo). Mas o que é importa é que ela cumpre seu papel de fazer rir, sem perder sua essência.

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe