Continuum 2x05: Second Opinion

sábado, junho 01, 2013

Drama, muito drama para Kiera.
Sempre soube que chegaria o momento em se falar sobre Kiera e o filho, pois, podemos ate esquecer em alguns momentos que ela tem um filho, mas ela não esquece e a motivação para querer tanto voltar para o futuro vem deste filho que ela tanto sente falta. Vimos no episodio anterior o quão triste ela fica sobre a falta que lhe faz o filho. E disto se tratou o episodio em termos dramáticos.


Me surpreendeu o fato de do nada demitirem o Dillon, pois, suspeitavam de alguém estar mandando informações para a Liber8 e eu meio que não suspeitava de quem realmente era esse tal espião porque convenhamos a pessoa é avulsa e nunca fez nada relevante na trama ate hoje. Fiquei com medo de Kiera se ferrar por causa do interrogatório feito pela nova responsável e aquele pé no saco do Agente Gardiner, que decidiu mesmo colocar Kiera na cruz e crucificá-la por algo que ele não faz ideia do que realmente seja. 
 

Tudo por parte do interrogatório de Kiera foi muito bem bolado e feito de forma coerente com o que ela vem passando, a falta que o filho lhe faz a afeta muito nesse episodio fazendo com que seja ativada uma ilusão de psicólogo virtual (modernidade é isso) que tem como objetivo a ajudar em sua aceitação de que não é culpa dela estar longe do filho, e sim uma consequência de tudo que ocorreu no dia em que veio para o passado, ela precisava dessa ajuda, e veio em perfeita hora, apesar dela ter lutado um pouco no começo. A cena em que ela conversa com o filho (em forma holográfica) foi linda e a atuação da atriz foi perfeita e confesso que chorei novamente com a serie, que já havia me feito chorar antes, fiquei de coração partido e não sei para onde a serie pretende ir com isso. 
 

Já disse e repito Kiera precisa confiar em Carlos e lhe contar sobre o fato do porque ela estar ali, ele pode lhe ajudar de forma pessoal sendo um amigo em que ela possa contar quando não está em conversas com Alec. Esse que junto daquele que parece ser o seu pai, quer tentar ajudar Kiera na construção de um aparelho que lhe faça voltar para o futuro. Claro que outra pessoa ajudando Alec é Kellog, que lhe forneceu um lugar para fazer suas operações, esse é um personagem que não sou muito fã e não consigo confiar em nada que ele faça.


Como já disse antes Betty ser a aliada do Liber8 sambou na minha face porque ela era tão avulsa que nem lembrava que ela estava na serie, agora qual é a utilidade dela na Liber8 que só apareceu no final para pegar Betty e dar um passeio com ela. Onde Continuum quer realmente quer chegar com tudo isso não sei dizer porque sinto como se a série tivesse dando voltas e não fazendo nada que realmente avance na trama, esse episodio, apesar de a parte dramatica ter sido otima, foi meio chato e abaixo da qualidade que a serie sempre apresenta, a serie precisa se encontrar rapido nessa reta final, pois, é uma serie de poucos episodios e que deveria trabalhar melhor tudo que acontece.

HOJE NÃO VOU GRITAR!!! #TROLL

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe