As 10 melhores performances de Cory Monteith

domingo, julho 14, 2013


(por Camis Barbieri e Leo Oliveira)

Nos últimos quatro anos, os fãs de Glee acompanharam a trajetória de Cory Monteith (que interpretou Finn Hudson na série) dentro e fora das telas e, agora, nesse triste momento em que nos despedimos do ator, o Seriadores Anônimos resolveu prestar um tributo.

Selecionamos 10 performances musicais de Cory Monteith para relembrar seu trabalho, seu talento e os bons momentos que tivemos ao lado dele, de Finn e dos demais personagens de Glee, que também aparecem em algumas das apresentações em destaque. Essa é nossa homenagem simples e sincera ao ator, seus amigos, familiares e a todos que ainda estão em choque ou se sentem, assim como nós, profundamente tocados por essa perda.


"Don't Stop Believin” - Journey (1x01 - Pilot)
Não existe canção que seja mais icônica, ou represente melhor o que é Glee do que Don’t Stop Believin, a primeira música da formação original do New Directions, com Finn, Rachel, Kurt, Tina, Mercedes e Artie. Cory Monteith, ganha, já nessa performance, a função de liderar o grupo e manter a todos unidos..Não resta a menor dúvida de que essa versão, além de marcante para os fãs da série se transformará numa lembrança muito boa do trabalho de Cory ao lado de Lea Michele e dos demais colegas de elenco.



"It's My Life/Confessions Part II" - Bon Jovi / Usher (1x06 - Vitamin D)
Possuído pelo ritmo ragatanga, Finn lidera os garotos do New Directions nesse que é o primeiro mashup da série. As expressões faciais das garotas diante dos passinhos de dança inspirados dos rivais representam o público, que até hoje não acredita na energia dessa performance. Top grandes momentos de Glee e obviamente de Cory.


"I'll Stand by You" - The Pretenders (1x10 - Ballad)
A situação é a mais bizarra possível: Finn cantando para uma tela de notebook, vendo o ultrassom da filha que não é dele e prometendo apoio incondicional, mostrando uma vulnerabilidade no momento menos cabível e, mesmo assim, emocionando. Essa é provavelmente a primeira grande performance vocal de Cory Monteith na série e vai ficar marcada.


"Jessie's Girl" - Rick Springfield (1x18 - Laryngitis)
Já no final da Season 1, Finn percebe que gosta de Rachel e canta a sugestiva “Jessie’s Girl”, para demonstrar que quer muito ficar com a recente namorada de Jesse Saint James. Nessa apresentação solo, Cory tem a chance de mostrar suas habilidades na bateria.


"Losing My Religion" - R.E.M. (2x03 - Grilled Cheesus)
A exemplo da situação inusitada de ‘I’ll Stand By You’, ‘Losing My Religion’ está inserida num episódio que, a despeito de debater temas de religiosidade das mais diversas formas, assustou um pouco o público por mostrar Finn depositando sua fé num sanduíche queimado com a cara de Jesus. Pra quem consegue apreciar o nonsense de Glee e essa mistura de discussões sérias com comédia rasgada, o episódio está entre os mais marcantes da série, e essa performance só tem a complementar.


"Girls Just Want to Have Fun" - Greg Laswell (3x07 - I Kissed A Girl)
Há quem diga que o papel de Finn como líder do New Directions, tão enfatizado durante a série, nunca foi realmente desenvolvido, mas eu discordo completamente. O apoio aos colegas sempre fez parte do personagem, mesmo que muitas vezes ele pisasse na bola, e a relação com Santana na 3ª temporada é um claro exemplo disso. Rolaram ofensas gratuitas, tapa na cara e muitos conflitos entre os dois, mas na hora em que Santana mais precisava, Finn estava lá para ajudá-la a se aceitar com essa bela versão do clássico de Cyndi Lauper.


"Don't Speak" - No Doubt (4x04 - The Break Up)
The Break Up causou comoção entre os fãs mais entusiasmados de Finchel e Klaine e, em Don’t Speak, a separação desses dois casais super queridos dos fãs é selada. Cory, Lea, Darren Criss e Chris Colfer emocionam e entregam uma das apresentações mais sólidas da temporada, formando um quarteto harmônico e marcante.


"Juke Box Hero" - Foreigner (4x05 - The Role You Were Born To Play)
Num episódio que foca o papel que cada um nasceu pra representar, Finn tem a sua primeira amostra de como se sairia como educador. Ele já tinha recrutado outros estudantes, como Sam, para o New Directions antes, mas ao procurar Ryder, a quem ajuda de todas as maneiras possíveis, e encaixá-lo no grupo com essa música que coloca ambos como astros do rock, ele claramente passa a tocha para o “novo Finn”.


"We've Got Tonite" - Kenny Rogers and Sheena Easton (4x14 - I Do)
Provavelmente um dos momentos mais bonitos do casal “Finchel” na série, é também o último dueto deles. O momento que compartilham no quarto de hotel é a despedida definitiva do casal, já que mesmo que Finn dê seu pulinho em New York pra defender a honra da amada mais tarde, os dois não chegam a se encontrar novamente. Triste, mas ao mesmo tempo simbólico, que eles tenham se despedido em uma performance tão poderosa.


"Bye Bye Bye" / "I Want It That Way" - 'N Sync / Backstreet Boys (4x16 - Feud)
Uma das melhores apresentações de Cory Monteith na quarta temporada de Glee é a batalha musical de boybands, entre Finn e Will Schuester, depois do “incidente do beijo” com Emma. Essa é, também, a última performance em que Cory canta e tem grande destaque na cena musical da série.


Menções honrosas: "Can't Fight This Feeling" (1x01), "Don't Go Breaking My Heart" (2x04), "Just the Way You Are" (2x08), "Santa Claus Is Coming to Town" (3x09), "Barely Breathing" (4x04), "The Scientist" (4x04), “Don’t Dream It’s Over” (4x09), "Don't Stop Believin (reprise)'" (4x19).


“Foi com Glee que encontrei minha voz, em todos os sentidos. Eu nunca estive à vontade com minha voz e com vários outros aspectos do meu desempenho como ator. Glee me deu a confiança que eu precisava para parar de cantar no chuveiro, encarar meus obstáculos e encontrar minha voz.” - Cory Monteith, maio de 1982 a julho de 2013

Talvez Você Curta

8 comentários

  1. Simplesmente as que eu mais gosto dele, que triste a perda da vida do ator e que triste o Finn não poder encerrar sua jornada na série.

    ResponderExcluir
  2. Sem muito a dizer...

    Rachel: Eu tive que pegar um avião e dirigir por aí procurando por você feito uma idiota!

    Finn: Me desculpe, eu precisei de um tempo para pensar-

    Rachel: Você teve 4 meses!! Eu odiei você pelo que você fez comigo na estação de trem!

    Finn: Eu estava tentando ajudar-

    Rachel: EU ODIEI VOCÊ! Mas quando eu cheguei em Nova Iorque, eu pensei no quanto você me ama. E o quão difícil deve ter sido para você. E eu pensei, é... é... deve ser assim que um homem se parece. É assim que um homem ama.

    http://www.youtube.com/watch?v=wt82w2GHyEI

    ResponderExcluir
  3. Mesmo não sendo uma grande fã de glee, é impossivel não se emocionar vendo We've got Tonight =/

    ResponderExcluir
  4. Chorei. #GoodbyeCory

    ResponderExcluir
  5. me acabei de chorar... Tão triste uma morte assim..

    ResponderExcluir
  6. Só eu lembro que Cory Monteith fez Kyle XY?

    ResponderExcluir
  7. We've got tonight. Who needs tomorrow?

    Putz... isso que é um soco no estômago ao se dar conta que foi a última música que ele cantou com a Lea.

    ResponderExcluir
  8. Também lembro, conheci-o lá, como o namoradinho mala da Ablanda.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe