Skins 7x02: Fire (Part 2)

sábado, julho 13, 2013


Você não pode ter tudo.


Novamente, assim como no episódio passado, em certos momentos dessa segunda parte de Fire pensei que a trama seguiria o caminho fácil, mostrando Effy como a vilã da história. Em alguns pontos ela até age como tal, como na sua irritação na apresentação de comédia de Naomi ou na clara manipulação que ela agora faz com Dominic, mas com o passar do tempo ela é mostrada como uma personagem mais complexa do que simples estereótipos.

Se o texto de stand-up de Naomi era o símbolo a quebra de uma ilusão, as atitudes de Effy nesse episódio são reconstrução dessa mesma ilusão. Na primeira parte de Fire, ela é mostrada como alguém concentrada em seu objetivo, a tal ponto de virar inclusive motivo de piadas para Emily fazendo referencia ao seu passado instável, aparentemente realista e livre do idealismo de Naomi.

Entretanto a inocência dela é mais difícil de notar. Ela não existe na crença de que sua vida agora será tão fácil quanto era quando adolescente, mas sim na idéia de que um momento de sucesso irá durar para sempre. Assim, se a primeira parte pode ser vista como uma ascensão de Effy, essa é definitivamente a queda.

A pressão que ela sofre no trabalho, por exemplo, é mostrada de uma maneira inteligente, e bastante sutil em certos momentos, pela crescente presença de Dominic. Quanto mais ela se vê incapaz de lidar com os problemas no escritório, mas ele se faz presente, e a primeira menção a ele é discreta, com apenas um troca de foco do rosto de Effy para o prédio onde Domic trabalha.

Existem outros eventos que tornam plenamente justificável seus erros. Todos a encaram no trabalho como alguém que esta no seu emprego simplesmente por que namora o chefe, e esse espera dela profissionalmente mais do que ela pode oferecer. Considerando tudo isso, o único problema que vejo no episódio é a tentativa de mostra Effy sob uma luz negativa.

Ela é criticada por tudo que faz quando esta pressionada por todos os lados. Naomi nunca esta satisfeita com ela, embora Effy sempre esteja presente para ajudá-la. Não é o bastante, mas uma simples visita de Dominic é o suficiente para ele ser elogiado como um bom amigo. Ela trabalha normalmente mas Jake pede mais até o ponto em que ela comete um crime para poder satisfazê-lo. Permite que Naomi esconda o câncer de Emily apenas para desprezada por essa pelo que fez.


Considerando toda essa confusão que sua vida se tornou, é natural que no fim, mesmo presa, ela sorria já que parece finalmente ter tomado atitudes que agradaram a todos e lhe pareceram corretas. Tudo ficou tão bom quanto podia ficar.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe