Switched at Birth 2x16/17: The Physical (...) / Prudence, Avarice (...)

domingo, julho 28, 2013


Dois episódios cujos títulos são maiores que os dois juntos.

Após duas ótimas semanas, SAB diminui o ritmo e quase volta ao marasmo. Individualmente, esses dois episódios não foram de todo ruim, mas se comparamos com os dois anteriores, é fácil ver várias quedas no roteiro. Quando digo que os títulos são maiores que os episódios inteiros, não é muito exagero, porque eu vou demorar mais para dizê-los do que para contar tudo o que aconteceu.

Apesar disso, The Physical Impossibility of Death in the Mind of Someone Living foi um título bem colocado, dada a situação de John. Era fácil prever a reação dele após o ataque cardíaco. Para alguém como John, querer retomar sua rotina como se nada tivesse acontecido é natural, assim como é natural que Daphne se preocupe com o pai e tudo mais. E é por causa dela e Kathryn que John finalmente enxerga que não pode querer ser o fodão sempre, que ele também é vulnerável e que precisa pegar leve às vezes.

Na vibe romântica, temos Daphne e Jace, que ficam cada vez mais fofos juntos. Ele tem grande potencial para ser nosso pretendente favorito para ela (ou para nós mesmos, como no meu caso), além de agirem juntos como conspiradores sutis contra o governo. Já com Bay e Ty a coisa anda meio chatinha, embora eu saiba que tem muito ovário explodindo por aí (uma enquete no site da ABC Family comprova que eles formam o casal favorito dos fãs, que outro dia mesmo shippavam E-Bay loucamente) com a 1ª vez dela sendo com ele.

E tem ainda Regina e Angelo, caminhando juntos mais uma vez pra tensão sexual. Tava demorando. Ninguém resiste tanto tempo a Angelo assim, é humanamente impossível. Foi só ver concorrência que Regina tratou de colocar coleirinha no bofe (mesmo que indiretamente e sem por seu nome nela). Um simples e sutil “Ele é casado” bastou (será?) pra sossegar o facho de Whitney (quem?). Agora é só essa boba da Regina parar de koo doce e partir logo pra cima, já que está até disposta a ajuda-lo com a filha perdida.

No núcleo ZzzzZZzzZ reinam Toby e Nikki. Pelo menos agora Simone está de volta pra acabar (rezo eu) com essa chatice. Se Nikki não liberar logo a tóba pro Toby (créditos: Camila Barbieri, por Pirulitos Liars), Simone é vadia o suficiente pra arrancá-lo dela, ainda mais porque ela veio pra trazer nostalgia, fazer Toby ver do que está sendo privado nessa história de casamento e também apoia a carreira musical dele.

Até Melody ganhou um espacinho, mesmo que eu tenho achado chato bagarai o lance do Par Perfeito pra surdos. No entanto, foi bonitinho ela com o pai de Emmett, que está virando cada vez mais um mala, infelizmente.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe