It’s Always Sunny in Philadelphia 9x03/04: The Gang Tries Desperately to Win an Award / Mac and Dennis Buy a Timeshare

sexta-feira, setembro 27, 2013


Vivendo o apogeu de seu senso crítico, It’s Always Sunny in Philadelphia continua fazendo de sua nona temporada a mais acida e mais crítica de toda a série. Diversão foi o que não faltou nesses dois episódios.

Do alto de todos esses seus anos de pura qualidade, IASIP reserva esse nono para uma auto avaliação. Cheia de referências à própria série, a temporada vem reverenciando o que tem de melhor na mesma, e claro, presenteando o público episódio após episódio com um "revival" do que mais gostamos de assistir durante todo esse tempo. Na semana passada a grande pergunta foi lançada... Após nove anos como uma das melhores séries em exibição na TV, porque IASIP não tem o reconhecimento da crítica? A resposta, assim como todo argumento dos criadores da série, veio em forma de roteiro. E na maior cretinice já vista na história do show "The Gang Tries Desperately to Win an Award" foi lançado, em "Semana de Emmy".

Creio que todo o roteiro, não foi apenas uma forma de confrontar a crítica pelo descaso, mas foi principalmente feito para mim e para você, que é fã, e vive uma vida de inconformação por tamanha falta de reconhecimento das pessoas para com a série. E infelizmente a verdade é... "It’s Always Sunny in Philadelphia não foi feita para todos". A série não oferece ao público um humor genérico com piadas fofinhas, ou de peido, ou humor "akward", nem tampouco conversa com segmentos sociais como Donas de Casas, Gays, Homens Medianos, Adolescentes, etc. Vi Glenn falando essa semana no Conan que "a série nada mais é que um espelho para a sociedade", e quem não é honesto com a posição que ocupa na mesma jamais se sentirá confortável assistindo. Os personagens de IASIP são um "você" de uma forma mais caricata e grosseira.


Saindo um pouco das análises e voltando para o episódio... Para criticar o mainstream, o babaca, ou seja, as séries que são o foco do Emmy, valeu de tudo, desde as observações mais genéricas como as ações coletivas, aonde todo mundo tem que "beber o drink ao mesmo tempo", até as mais específicas. Dentro dessas observações específicas está o brilhante plot de Charlie querendo criar o "Best Song", insinuando que além de ter carisma, uma comédia ainda tem que ter toda uma veia pitoresca e teatral para conquistar o público. E como se não bastasse, a crítica ficou mais incisiva ainda quando ele me aparece com uma música tirada diretamente do repertório de Randy Newman, enfatizando que isso levaria o "bar" à ganhar o prêmio. Como esses caras conseguem ser tão geniais à ponto de produzir uma Emmy Tape falando mal do Emmy.

No mais, foi tudo extremamente hilário do começo ao fim. O bar lá que eles foram conhecer, Frank dando ovos quebrados de presente para o gerente, os garçons que ficavam desenvolvendo uma storyline na frente dos clientes para tornar tudo mais atrativo. Sério, a minha reação foi a mesma que a da gangue... "Que porra é essa?" As cenas deles tentando reproduzir tudo no próprio bar também foram ótimas. A luz e a maquiagem em cima de Dee, Mac "conseguindo" permanecer dentro do personagem o tempo todo... Enfim, quando a qualidade da série já é alta, você acaba se acostumando com mais do mesmo, porque já é muito bom. E o quão não é revigorante você ser surpreendido por uma coisa mais incrível ainda? Simplesmente sensacional.


O episódio dessa semana continuou com o tom extremamente ácido da temporada, que só tem ficado mais incisiva em suas críticas. O bom é que em IASIP isso tudo vem acompanhado de um humor chulo, que te dá breves momentos de descanso mental enquanto você pensa em todo o contexto que está por trás do episódio e nas entrelinhas do roteiro. O alvo dessa vez, foram os esquemas de pirâmides. Você pode estar aí do outro lado pensando igualzinho à Dennis e Mac, se julgando muito esperto para cair numa falcatrua dessas. Pois digo que já vi pessoas muito sensatas sucumbirem a este erro. Tudo o que precisou foi de  alguma ambição, um ótimo "salesman" e um pouquinho de dinheiro no bolso.   

Como já vimos no segundo episódio da temporada, requer muito menos sensatez e inteligência para convencer Dee e Charlie à comprarem alguma coisa, principalmente que se diz lucrativa. Porém o engraçado foi realmente ver Dennis e Mac indo jogar na cara do vendedor que tudo não passava de um esquema, e acabarem sendo ludibriados pelo mesmo, à comprarem duas semanas de "Timeshare". Opa! Duas não, três! Ótima participação de Tommy Dewey que veio direto de The Mindy Project para fazer mais um personagem pilantra. Uma pergunta... Só eu que acho que isso não vai ficar assim, e que a gangue tentará se vingar do vendedor nas próximas temporadas. Aguardando ansiosamente o desfecho dessa história.


O plot mais engraçado do episódio, contudo, não teve nada a ver com nada, e é a grande cena que vem sendo anunciada em todos os promos da temporada. Frank preso na escadinha, não sei direito qual o nome disso, apenas de cuequinha. Não teve explicação? Não! Foi divertido? Extremamente! A gangue tendo a brilhante ideia de deixar Frank lá, pois assim ele seria mais útil como consultor comercial foi simplesmente genial. Toda a pira deles no fim achando que Frank estava por trás de todo o esquema, também foi muito hilário. A gangue está começando a ficar com um pouco de mania de perseguição, de que Frank está no comando de tudo. O engraçado dessa cena, foi eles falando no Conan que estava tudo pronto, e então eles resolveram deixar Danny DeVito apenas de cueca pois seria mais engraçado. Charlie Day então teve que pessoalmente despir o ator, para que o mesmo topasse. Muito vergonha alheia.

No mais é isso. O episódio também teve outras pontas muito divertidas, como o retorno do soldado, e a gangue tentando (daquele jeitinho sutil) empurrar os seus produtos para ele. E a genialidade irônica que só IASIP consegue, de colocar o mendigo como o melhor vendedor do esquema. Sério, não sei o que está acontecendo nessa nona temporada, só sei que há muito tempo eu não via a série tão "On Fire!" Apesar de continuar sendo ela mesma, parece que tudo está maior, as críticas estão mais visíveis, a mitologia vem cada vez mais sendo enfatizada. Acho que isso deve-se muito ao fato de que agora a série é carro chefe da emissora em que está. Ótimo para os fãs, que estão sendo presenteados com uma temporada brilhante. 

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe