Beauty and the Beast 2x02: Kidnapped

segunda-feira, outubro 21, 2013

Vou pegar o ser humano que escreveu esse episódio e dar algumas aulinhas para ele...

Sou um fã nato da série que mais me cativou na sua primeira temporada, com algumas falhas, mas nada alarmante. Mas, ao que tudo indica, as falhas decidiram aparecer nesse segundo episódio dessa segunda temporada, que se manteve neutro, raso e em momento algum saiu da superficialidade. E isso me irrita. Me irrita profundamente, pelo simples de eu ver a única séria da CW que mais me cativou em milhares de Fall Season que passaram, jogar seu pseudo-potencial e jogá-lo no lixo como se fosse nada.

E tudo se torna pior com o cancelamento mais que eminente, e que se torna questão de tempo, e eu não sobreviveria ao ver Beauty and the Beast terminar sem um final. Um final digno. E devido ao passado da CW com cancelamentos (Vide Emily Owens M.D.), creio que se tivermos que enfrentar um cancelamento, a decepção será nossa única opção, pois não aguardo uma conclusão e muito menos solução, para tudo que fomos apresentados. E se for assim, a série vai penar, e mais ainda, o canal vai penar.

Cientes do que nos aguarda, nós estamos, mas quem não se desprende da esperança é Cat, que continua cega em fazer Vincent retornar ao que era. Era? É? Não sabemos, mas sinto nele, ainda, uma dose de compaixão para sua amada. Mesmo a sequestrando, a amarrando, transando com ela como se não fosse nada (Não que sexo seja alguma coisa atualmente). E, o inevitável, desde o inicio, aconteceu: A agressão física no final do episódio. Já esperava ela por muito tempo, mas Cat superou no seu nível de chatice nesse episódio, e se fosse comigo, já teria enfiado a mão na cara dela lá no piloto.

Seguindo na linha Tiririca “Pior que tá não fica”, temos que aguentar Tess e JT formando casalzinho dos amigos que foram abandonados pelos melhores amigos. E nem quero comentar o trio formado por JT, Tess e Gabe. O que eu mais quero é distância desse núcleo chato da série, principalmente do bonzinho-nada-convincente Gabe. Creio que dentre todos, ele é o que mais me irrita. Se fosse pra ter sido útil, tivesse sido morto na Season Finale da primeira temporada. E sério que vocês acreditam que ele tá bonzinho? Like, seriously?

As tentativas de Cat para a memória de Vincent voltar são as mais estapafúrdias possíveis: Piquenique, sexo, beijos e até um bilhete na porta já faz ela acreditar que o amado poderia ter recuperado a memória. E moça, só porque ele a atacou não quer dizer que agora ele está perigoso: Ele sempre foi. Corre atrás pra recuperar a memória dele mulher! Tá mais que na hora de Vincent parar de interpretar o boy toy assassino de alguém e voltar a ser quem ele era. Essa timeline tá chata, e se voltar a ser isso toda a semana, a série tem que pegar seu banquinho e sair de fininho.

Creio que a maior decepção se transformou na maior derrota para Cat. A agressão que Vincent lhe causou poderá causar a desistência dela para ajudar Vincent a recuperar a memória, e que talvez, a palavra tão dita nesse episódio, deverá entrar em ação: “Alguém disse jaula?”.

Talvez Você Curta

3 comentários

  1. E pra variar, concordo em gênero, número e grau. O 2x01 teve umas coisinhas difíceis de engolir, mas consegui encarar, chorei, surtei... agora esse 2x02 foi mesmo cheio das balelas. Saudades Vince da season 1, Evan, episódios em que ninguém sonhava em ter o "ex-besta" na série...
    Oremos, Junior! É o que resta.
    E como sempre: ótima review! :3

    ResponderExcluir
  2. Cara, essa semana foi tensa de aguentar... Fiquei o episódio todo me perguntando se quem escreveu o roteiro foram crianças do ensino fundamental, porque olha: Uma bosta.
    Nunca senti tanta saudade da Season 1, e Evan com seu bundão e sotaque :(
    Obrigado pelo elogio, Elaine! :D Fico feliz

    ResponderExcluir
  3. O seu inicio com o "Caramba!!!" me assustou, mas ok. Acho que julgar a temporada por dois episódios é, relativamente, cedo... A primeira foi muito estável para colocarmos ela como inferior a segunda. E, devo dizer, com o 0.6 dessa semana, me surgiu uma nova esperança.
    Obrigado pelo comentário Brenda.

    ResponderExcluir

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe