Castle 6x05: Time Will Tell

quarta-feira, outubro 23, 2013

Tempo.

“Uma ilusão, a distinção entre passado, presente e futuro, não passa de uma firme e persistente ilusão.” – Albert Einstein.

SPOILER ABAIXO

Como uma apaixonada pela ciência, é difícil iniciar esta resenha sem citar o pai da Teoria da Relatividade e um dos principais responsável por todos os conceitos que abordam o tempo como um elemento variável à percepção do universo.

O Tempo, este foi o protagonista e a grande estrela do episódio Time Will Tell, que conseguiu abordar em um único roteiro as concepções filosóficas e da ficção científica deste componente que não é uma constante do universo.

De fato, o tempo é uma ilusão. Números e datas que evidenciam os momentos de nossa história relatam nossas experiências. Mas é relativo ao panorama da ciência.

A relatividade do tempo está presente em nosso cotidiano. Se durante o dia observamos ao Sol que é uma estrela ainda atravessando o seu ciclo, à noite podemos olhar para o céu e nos depararmos com inúmeros feixes de luz que representam uma estrela que atravessou a sua vida há milhares de anos... O passado, presente e futuro estão diante dos seus olhos em um único dia. Então, como dividir o tempo?

E é nesta subjetividade que o episódio de Castle desta semana embarcou, ou melhor, “saltou em um buraco de minhoca”, e nos apresentou um dos melhores casos da série.

Simon Doyle (Joshua Gomez) é o paradoxo temporal desta história. Um habitante de 2035 que volta ao ano de 2013 para impedir que uma cadeia de eventos provoque a morte de bilhões de pessoas. Enquanto Garrett Ward é o segundo paradoxo, que pretende causar um rompimento da atual linha temporal, e mudar o futuro.*

*Ainda que algumas partes deste contexto mereçam uma bela aspa para a citação da correlação dos fatos aos plots de Fringe, não há como negar que esta série tenha sido responsável pela abordagem do conceito “viagem no tempo e espaço” de maneira singular, tornando-se impossível levantar a questão e se esquecer de uma das obras mais bem construídas nesta temática.

Mas referências à parte, a questão é que um assassinato foi responsável por conduzir Beckett, Castle e toda a NYPD para uma viagem nos conceitos da ciência e a explicita verdade.

Muitos elementos durante o episódio foram responsáveis por abordar focos diferenciados do seriado, como por exemplo, um crime mais macabro (com direito a Lanie questionando Castle), ou o fato de que Kate não conseguiu impedir a morte do alvo (Dr. Malcolm Wickfield). Mas o que mais me agradou e transformou o episódio tão divertido decorreu em mostrar a outra perspectiva da história, aquela onde os devaneios de Castle estão corretos. Diferente de um zumbi que na realidade era um jovem sobre o efeito de drogas, ou um CD-ROM amaldiçoado que não passava de uma garota tentando vingar a morte do pai, em Time Will Tell o telespectador é enganado e levado a crer que Simon Doyle não passa de um maluco, sendo capaz apenas de envolver Rick em toda a sua história. Porém, gradativamente, os fatos de encaixam à linha do tempo, e tanto Doyle quanto Ward, terminam por não serem totalmente desmascarados.

É assustador acreditar que Castle estava certo e Kate enganada? E como!...

Castle justifica os acontecimentos e prova o quanto o contexto faz sentido e se encaixa à linha temporal. Mas quando o escritor se depara com um sumiço para lá de estranho, o terror toma conta de sua mente. Mais assustador do que ver um viajante do tempo é perceber que ele estava certo em suas conjecturas.

Beckett, por outro lado, vive sua própria experiência, derrubando o copo de café na carta de Paul Deschile. Devo admitir que em minha opinião, esta cena representa o melhor encerramento de caso, de todos. A carta manchada de café escancara o grande ponto de exclamação e interrogação na mesma frase. E agora, em que acreditar? Na mera coincidência ou de que o futuro se cruza com o presente em outubro de 2013?

Vamos esperar até 2035 para descobrir!

...

Mas não foi só do inacreditável que viveu Castle em Time Will Tell. Pois o tempo lhe havia guardado a sua surpresa do ano. A revelação de que Alexis iria sair de casa para morar com PI.

É tempo... Você é cruel ao mostrar a sua verdadeira face em nossas vidas!

Não há como avaliar a história de Alexis em uma única perspectiva. Pois, se de um lado, temos um pai que se pudesse guardaria a sua filha em um casulo, longe de todos os males do mundo e a verdadeira “Caixa de Pandora” que a espera. Em outro panorama, temos uma jovem que anseia por aproveitar a vida, e esta jovem é tão apaixonada pelos mistérios do mundo que ela mergulha de cabeça em suas novas aventuras, rumo ao descobrimento.

E no equilíbrio dos fatos, não existe certo ou errado, cedo ou tarde, pois o tempo é relativo e Alexis assume os riscos de sua escolha.

O tempo não perdoa e não oferece uma segunda chance, o que ele lhe oferece é o momento, os instantes que devem ser abraçados e aproveitados por sua singularidade. Para Castle, estes momentos foram marcados pelo período em que sua filha cresceu sob a segurança de seus braços: as noites de insônia, o primeiro dia de aula, o primeiro amor, ou a última espiada por debaixo da cama em busca de monstros.

Para Alexis a “sua” vida acaba de recomeçar, sobre a perspectiva de um olha mais maduro, de quem busca absorver as experiências que a vida irá lhe oferecer, e pela primeira vez, ela estará sozinha nesta jornada. E o seu fracasso, assim como o seu sucesso, serão resultados exclusivos de suas ações, e por esta razão, apresentarão um sabor único: o reconhecimento de si mesmo.

No panorama de Alexis, aquela porta se abre para o novo, o começo no fim. Para Castle, ficam as lembranças de uma garotinha que já o beijara a bochecha em uma noite qualquer e lhe agradecera por ele ter sido sua babá. Para ambos, nasce um novo ciclo, encerra-se uma fase para o inicio de outra, onde mais aventuras, felicidades, tristezas, incerteza... estão reservados neste novo volume da enciclopédia da vida.

Existe uma frase que diz: “A vida é como uma espiral e não como uma linha reta. Passado e futuro se encontram em um infinito presente.”(fonte).

Caslte e Alexis construíram sua história juntos, esta será eterna e inesquecível. E agora Alexis seguirá por esta inconstância temporal compondo mais um passo de sua caminhada, mas desta vez com PI. Enquanto Rick elabora um futuro fascinante de mãos dadas com Beckett.

E quem poderá dizer o momento de encontro deste infinito presente?


A Física em Castle

Um paradoxo temporal ocorre como consequência de viajar no tempo, com ênfase ao passado. O viajante no tempo é o núcleo deste paradoxo e suas ações podem provocar interferências diretas em seu futuro ou em sua existência.

O retorno de Simon Doyle no tempo poderia provocar uma destas possibilidades:

1ª A sua volta no tempo já era uma constante de sua linha temporal, antes da ocorrência do fato. O que significa que Doyle estava destinado a voltar ao passado, consequentemente suas ações estrutura o futuro como conhecido.

2ª A sua volta ao passado criou uma nova linha temporal e tudo será um novo evento a partir do seu surgimento. Consequentemente, tudo que ele viu no futuro, pode não ser mais um fato concreto.

As duas possibilidades permeiam os “devaneios” de todo o episódio, até o instante do café derramado na carta. Esta cena prova a primeira teoria, isto significa que:

1.    Castle e Beckett irão se casar, já é um fato.
2.    Beckett será uma senadora dos Estados Unidos;
3.    O casal terá três filhos.
4.    Mais coisas loucas irão acontecer com o casal.
5.    Castle irá mudar o seu estilo literário.

E aí, será que nós iremos presenciar todos estes fatos no seriado? Espero que sim!


Talvez Você Curta

19 comentários

  1. Esse episódio entrou para a lista dos meus favoritos!

    Marlowe usou de um grande artifício para que os fans para dar a certeza ao fans que Castle e Beckett estarão juntos para sempre. Espero que vejamos um pouco das coisas loucas que esses dois irão fazer e o inicio desse futuro de Castle e Beckett: literatura boa, senadora e 3 filhos !

    A caso foi para lá de complexo dando um nó na minha cabeça, mas o final foi do tipo: como assim?

    Me cortou o coração ultima cena, eu não tenho ideia para onde Marlowe está levando a história de Alexis. Está certo ela quer sair voando por ai mas a forma fria com que tratou as coisas com o pai, me deixou meio incomodada. Mas tenho certeza que Marlowe vai ajeitar as coisas entre eles. Pi ainda não sei o que ele está fazendo no seriado além de irritar Castle.

    ResponderExcluir
  2. Concordo que o comportamento de Alexis está um pouco estranho. Claro que ela deve construir o seu próprio caminho mas não deve ser tão indiferente aos sentimentos do pai. Quanto à aula de física: muito boa, Solange. E a Beckett aterrorizada com os três filhos, hein?, enquanto o Castle se maravilhou com a senadora. Episódio maravilhoso, de ficar entre os top 5.

    ResponderExcluir
  3. Acho que o Marlowe nos deu uma idéia do que está por vir com esse episódio, coisas loucas vão acontecer antes do casamento, principalmente algo relacionado à Kate, mas que tudo dará certo no final. Alexis vai dividir a herança com 3 irmãos haha.
    Quando li a respeito desse episódio antes da temporada começar, achei que a escolha do Joshua cairia como uma luva no personagem. Antropólogo do tempo, doido varrido ou um ótimo mentiroso, eu me diverti mto com ele.

    ResponderExcluir
  4. lindo texto, Sol!


    Hoje eu to chorosa, to só emoção pq o tempo passa, o tempo voa...e podem me chamar de doida, mas senti Castle me dando adeus... me dizendo: "olha só, nós vamos ficar bem, vamos ter 3 filhos, vamos ser felizes, vcs não queriam isso? já podemos ir embora. Vida que segue" e eu gritando NÃO NÃO NÃO, NÃO ME ABANDONE, NÃO ME DESESPERE, PQ EU NÃO POSSO FICAR SEM VOCÊÊÊÊÊ -q auhauhauahauhauah tá, parei. Mas sério, não pereceu epílogo de livro? respostas pra o que acontece depois, coisas que nos deixam só na imaginação. Sim, pq no dia que a gente começar a ver Beckett se preparando pra ser senadora, é sinal de que a série se perdeu e o cancelamento tá batendo na porta.


    Pra onde a gente vai com tudo isso? Qué dizê...tão falando de bebês e a mais velha foi morar com o namorado. Só falta o filho do Kev nascer, esplanie se resolver, prender o senador dumal e o 3xk. Pronto, cabou Castle.


    venham me consolar .-.


    <3

    ResponderExcluir
  5. Não é melhor desfrutar o seriado enquanto está no ar, do que ficar sofrendo por antecedência?

    ResponderExcluir
  6. uhauhauhahauahu lógico que é, mas e quem disse que nesse epi eu consegui? comentei o que senti com o episódio e foi isso. Eu fui só coração nesse comentário.


    To preocupada com os rumos que a série tá tomando pq me parece conclusivo. Sim, tudo na vida tem que acabar, mas eu quero ver algumas das minhas perguntas serem respondidas antes que esse dia chegue. Quero o desenvolvimento do personagem principal pq só a Stana tem trabalho árduo durante a temporada. Quero saber como Gates chegou onde chegou, quero saber mais sobre Lanie e Espo, quero um raio-x da relação Castle/Martha e porque o "I Love You" é tão raro entre os dois, que quando é dito é pq alguém tá em perigo.

    ResponderExcluir
  7. Priiiiiiiii, eu vim te consolar.
    Ah! Menina tudo em nossa vida encontra o momento de despedida e Castle não escapa disso. Porém, se serve de consolo, a opinião de quem entende do assunto já diz que Castle provavelmente será renovada para uma sétima temporada.
    Ainda é cedo para dizer,, mas diante do fracasso da atual Fall Season, Castle provavelmente terá mais um bom tempo de aventuras, loucuras entre Ricky e Kate... Vamos curtir!

    ResponderExcluir
  8. Ah! Fátima entendo esta percepção, que por sinal a Marcilia já comentou ali embaixo. Mas eu vou comentar a minha visão, de que já viveu esta experiência: Quando decidimos sair de casa e se distanciar da família, é como arrancar um curiativo. Ou faz de uma vez, ou você não vai nunca!.
    A emoção de se despedir de pensar em como será sua vida, "sozinha", sem o amparo dos pais é algo muito intenso. Então não dá pra remoer,você simplesmente decide e passa por cima de todas as coisas que te puxam pra ficar.
    Acho que a Alexis tratou exatamente desta maneira, e principalmente, ela sabe que apesar desta saída, isto não é uma despedida, é só a busca de um inicio de independência.
    Creio também que A.M. irá trabalhar com mais carinho esta transição.
    Mas gostaria de passar uma percepção diferente que pode ser vista com esta decisão da Alexis. Talvez, por isso, eu compreenda os seus impulsos.

    Bjks.

    ResponderExcluir
  9. Hey Marcilia. Concordo muito contigo, acho que esta jogada do casamento e dos filhos, é aquela cartada dos "felizes para sempre" nas entrelinhas.
    Sobre o PI, tem uma de nossas leitora (A Pri), que me disse uma coisa que concordei muito.
    O PI pode até irritar, mas ele É o CASTLE! Em gênero, número e grau. Ele relembra o Ricky no começo da série e ele tem uma personalidade muito parecida da que com o próprio Castle descrevia no inicio do seriado.
    E isto me deixa curiosa, porque a galera não gosta dele mesmo. Eu confesso, que não tenho opinião, de fato acredito que ele apareceu tão pouco que não dá pra saber se ele é agradável ou não. Porém todas as vezes em que ele está em cena é para ser inconveniente, descomprometido, engraçado... Hummmm, isso não te lembra outra pessoa.
    Acho que o que diferencia para a gente é que não houve a abordagem de um angulo sob o relacionamento de Alexi e Pi, para entender o quanto ele gosta dela e bla bla bla.
    Acredito que se fosse aproveitado este angulo, muitos mudariam de opinião.
    bjks

    ResponderExcluir
  10. Pri,
    Marlowe já disse que vai trabalhar todos os personagens secundários do seriado. O ILY eles disseram essa temporada se despedindo no telefone no primeiro epi, e ninguém estava correndo risco de vida kkkkk


    Solange,
    As outras redes de TV Americanas bem que tentaram, mas não adiantou muito não... Castle voltou a ser a numero 1 em audiência, que é estável como os Raitings. Alguns seriado que estrearam nessa temporada já foram cancelados e os que ainda não foram estão vendo sua audiência despencar semana após semana.



    Uma 7ª temporada de Castel é certa ! Já dai para frente .. vai depender mais se os atores querem continuar a fazer, somado a quanto a ABC está disposta a pagar para que eles continuem.

    ResponderExcluir
  11. Adorei o episódio, só Castle mesmo para nos apresentar um caso assim e deixar em aberto todas as possibilidades :) achei super fofos os comentários sobre eles no futuro com três filhos e assim e concordo que foi uma espécie de dica dos roteiristas do tipo "não se preocupem, o que quer que aconteça esses dois estão destinados a estar juntos".. quem quiser acredita, quem não acreditar foi engraçado na mesma! O “Real charmer that one! I can't believe you marry her.” foi impagável! rsrsrs


    Quanto ao plot da Alexis, eu até compreendo a vontade dela de ser independente e tal, mas ela está muito metida pro meu gosto, podia fazer a mesma coisa mas tentar falar com o pai de outra forma. Até pode ser que seja realista, realmente adolescentes têm dessas coisas, mas me deu muito a sensação que ela estava a fazer aquilo mais para o provocar e dizer "porque eu posso" do que por vontade de ir morar com o Pi.

    ResponderExcluir
  12. Oi Suuu! Menina, as vezes, acho que você não vai aparecer, e Buummmm! Você aparece! hehehe
    Eu estava pensando sobre a opinião da galera em geral sobre a Alexis e me veio na mente uma coisa. Seria muito bom se ela "quebrasse a cara". Lógico que não porque eu quero ver ela se dar mal, mas sim porque eu acho que parte deste "orgulho" que vemos nela vem do fato de ela ter crescido acreditando ser a pessoa mais "ajuizada" ou coerente da familia. O que sermpre foi engraçado, mas que seria muito bom vê-la "errar" por assim dizer. Acho que conhecendo o Marlowe do jeito que a gente conhece, ele deve ter algum plano deste.
    bjks.

    ResponderExcluir
  13. Eu às vezes atraso-me mas apareço sempre :)


    Não tinha pensado nisso, mas acho que você tem razão, é bem provável ser algo do tipo para no final deixar ela e o pai mais unidos nessa nova fase da vida de ambos. Tenho a certeza que o Marlowe tem um bom rumo para essa trama no final das contas ele nunca nos deixa ficar mal ;)

    ResponderExcluir
  14. lindas, obrigada :) tava arrumando musicas de fossa ja UHAAHAUHAUHUAHUAHAUHAUHAUHHUAHUAUA <3

    ResponderExcluir
  15. Solange, fiquei curisosa. O que são aqueles números ao lado da legenda do episódio 6.06? aparecem várias vezes.
    obrigada.

    ResponderExcluir
  16. Valeriana, boa tarde.
    Foi bom você ter me lembrado, porque eu esqueci de comentar isso com as Queens.
    No salvamento houve algum problema e o número do CPS apareceu, mas não deveria.
    CPS = Caracteres por segundo.
    Utilizamos para marcar o limite de caracteres que podemos utilizar por legenda de forma a ser confortável ao leitor e ele não se perder por ela ser muito comprida e aparecer muito rápido.
    bjks.


    Em 31 de outubro de 2013 13:22, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir
  17. Solange, vc sempre muito atenciosa. Fiquei tão curiosa que não consegui deixar de perguntar.rsr
    Ainda bem que existem essas contagens pois sou daquelas que não entendem nada de inglês e,as vezes, tenho que voltar a legenda.
    Parabéns e muito obrigada por esse trabalho que vcs fazem com grande competência e muiiiiiiiiiiiita dedicação.

    ResponderExcluir
  18. Que isso! Eu passei lá e conversei com, mas me disseram que já tinham arrumado faz um tempo.
    As garotas que fecham a revisão final são super atenciosas.
    E estamos aí!
    Esta semana atrasei resenha, mas assim que puder posto no blog.
    bjks.


    Em 31 de outubro de 2013 13:47, Disqus escreveu:

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe