New Girl 3x06: Keaton

quinta-feira, outubro 24, 2013


Sobre Michael Keaton e O Show de Truman

New Girl veio esta semana com uma pegada bem diferente do que estamos acostumados a ver na série. Acho que há muito tempo, desde a primeira temporada, que não vemos um episódio com essa enxurrada de referências. É verdade, que em sua segunda temporada o show se perdeu em seus personagens, e a fórmula "geek" que era sua proposta quando começou, meio que se perdeu. O que de maneira alguma é uma reclamação, pelo contrário, só prova que a série cresceu e seus personagens ganharam mais espaço que as piadas. Porém achei bacana a retomada do sistema, principalmente em um episódio de Halloween, aonde referência é tudo. E sem se desligar de seus personagens, visto que o plot foi todo centrado em Schmidt.

É verdade que o episódio foi bem mediano, mas foi interessante ver a série tentar uma dinâmica diferente daquele ritmo acelerado que vinha sendo imposto em todos os episódios. E foi muito bacana também darem uma pausa em Ness (finalmente deu para respirar), se não daqui a pouco não tem mais nenhum plot para explorar com o casal. O fato de todo o episódio ser centrado em Schmidt deixou as coisas um pouco arrastadas, mas acho que as "piadas instantâneas" salvaram os episódio. Não ri de doer a barriga, não achei épico, mas achei bem refrescante para uma temporada a que até então não virava o disco.


Todo no arco das cartas de Michael Keaton, foi uma pira a parte, e bem a cara da série mesmo, que até então, mostrou que todos os personagens possuem esqueletos no armário, e mentirinhas que levaram sua vidas a frente, e que uma vez tragas à tona, desmoronam a vida dos mesmos. Não é a primeira vez que a série se utiliza desse recurso, mas continua engraçado da mesma forma. A parte de nick contando a história de como tudo começou com a mãe de Schmidt foi divertido, e toda a pira deles se reunirem no apartamento vazio para armarem um complô contra Schmidt também foi impagável. Sério, Jess + Nick + Winston é uma dinâmica que funciona maravilhosamente, os atores estão muito bem entrosados.

Agora cá entre nós, é Halloween, existe alguém melhor para reverenciar que Tim Burton? Achei um charme a lembrança de Keaton e todas as memórias que ele nos trás de suas parcerias com o diretor. Inclusive Beetlejuice, símbolo do Halloween. Mas as referências não pararam por aí, ainda tivemos toda a pira da comparação da história de Schmidt com O Show de Trumam, aonde todas as piadas ficaram mais engraçadas pela participação de Winston (mas calma, ainda não é chegada a hora de falar dele), e a piadinha com Clean and Sober também foi bem infame. Sabe o que mais deu um show no episódio? As fantasias! Jess de "Ramona Quimby/Ramones", Nick de "Lixo do Carro", Jess de "Batman", Schmidt de... Me perdoem, mas não captei a referência, e claro... David Letterman... Não aguento mais! Vamos falar de Winston!


Pronto! Vamos falar de coisa boa? Melhor que Top Therm? Vamos falar de Winston e a brilhante atuação de Lamorne Morris. É impressionante como tudo funciona quando esse cara está em cena, eu fico pasmo. A piada d'O Show de Trumam, eu ri igual um babaca aqui, de uma coisa mongol igual aquela, apenas por causa das caras e bocas do autor. Agora, para mim o ápice foi quando ele apareceu vestido de David Letterman, não só fantasiado como se auto anunciando e afirmando que as pessoas no trabalho achavam ele parecido com o apresentador. Sério, a idiotice do Winston foge aos níveis do meu entendimento. E quando ele tentou imitar não só a voz, bem como a risada? Parei gente! Só de escrever aqui estou rindo de novo igual um idiota.

No mais é isso meus caros, ganhamos um episódio essa semana mediano no geral, mas com grandes ápices que renderam ótimas risadas. E uma coisa que eu tenho chegado a conclusão é que, não importa o nível de tédio que esteja o episódio, alguma cena de Lamorne Morris está por vir e salvar os próximos cinco minutos. Espero sinceramente que o retorno do Capitão não tire o foco do ator, porque sabemos como Damon Wayans Jr. também pode ser muito engraçado. A série entra em um pequeno hiatus de duas semanas, e na volta já contamos com o Capitão e a nova dinâmica da mudança de Schmidt para o novo apartamento. Sinceramente, acho que a série só tende a crescer com essas novas propostas. Até lá!

Talvez Você Curta

1 comentários

  1. Preciso confessar que já comi maionese pura, que nem o Schmidt fez D:
    (não é tão nojento quanto parece, eu juro)

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe