Modern Family 5x03: Larry's Wife

terça-feira, outubro 08, 2013


Funerais, obsessões e poker.

 Um episódio típico e normal é o que eu diria. E falando em normal, vamos começar falando sobre Cam, que teve a difícil missão de organizar um funeral e lidar com as escolhas de seu casamento, e sobre seu exagero e extravagância. Bom, é claro que é muito mais fácil fazer um funeral felino do que dizer para sua a filha asiática adotiva que você está mentindo e é claro que o Cam jamais perderia uma oportunidade de realizar um funeral felino.

 Foi até uma jogada inteligente testar o Cam com um evento menor para nos mostrar que ele não está preparado para cuidar do seu casamento sozinho (alguém tinha dúvidas?). É claro que eu morri de rir com o tocador de gaita de fole, e com o coral gospel chegando atrasado e adorei rever o Dylan, mas já estou um pouco cansado de ver o Cam precisar ser exagerado pra ser engraçado. Não sei se vão continuar investindo no exagero com o Cam, mas eu acredito que a sutileza funcionaria bem melhor.

 Exagero e obsessão estão longe de ser a mesma coisa. E Mitchel estava lá com sua obsessão por seu escritório limpo quando não pode se dedicar ao seu próprio casamento. Talvez, foi a parte mais apagada do episódio, e só nos deu as mil e uma maneiras de se limpar obsessivamente, com direito a sacos plásticos nos pés.

 O que não vem me agradando é o menino Joe. Ainda não consegui rir e achar graça com o novo bebê. Claro que podemos esperar de tudo quando se trata de Gloria, e adoro todas as suas histórias latinas (principalmente as que terminam com alguém levado por um pássaro gigante), e compreendo o desespero em relação a maldade de Joe, só que nesse episódio, não funcionou muito bem e muita coisa tem que melhorar em relação ao novo membro da família.

Jay e Manny foram colocados juntos para lidarem com suas diferenças e semelhanças. O que eu mais gosto em Jay e Manny como pai e filho é que tudo termina em uma forma bem cativante de mostrar a relação dos dois, e o episódio mais uma vez mostrou o quão próximos eles estão.


Na casa dos Dunphys nada estava em seu devido lugar, como de costume. E quando Luke e Haley estão com problemas, todo mundo já sabe quem é que vai resgatá-los: Alex. E enquanto as crianças se divertiam perdendo seus pertences no poker, Phil estava super ocupado, sendo um corretor dedicado e um ombro amigo para mulheres recém-divorciadas e carentes.

A intimidade e a amizade do Phil com suas clientes foi o destaque do episódio, ao meu ver. A sutilidade e a naturalidade que ele atendia o telefone foi incrível. E quando nada podia piorar, a Claire estava lá, para passar um susto no corretor e limpar sua barra.

Bom, não foi um episódio que eu tenha muito o que elogiar. Os atores continuam com suas atuações incríveis, mas achei que foi um episódio bem abaixo da média, sem muitos momentos memoráveis. Modern Family não é série para deixar que episódios passem assim sem nada para se lembrar. Ainda não estou preocupado, mas esse episódio realmente me deixou com um pé atrás quanto ao desenrolar da temporada. O que nos resta, é acompanhar e pagar para ver e torcer para que “normal” não seja o padrão dessa temporada.

Talvez Você Curta

2 comentários

  1. Não achei tão ruim, gosto da idéia de Joe ser mega evil p combinar com sua sobrinha Lily. Estou gostando cada dia mais da relação amor/medo de Phill e Claire. Senti falta de Cam como treinador, quero ver mais disso

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que me apeguei demais a Lily e não quero outro mega evil! kk Eu também tô louco pra ver o Cam treinador, acho que vai ser comédia demais!

    ResponderExcluir

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe