The Originals 1x03: Tangled Up In Blue

quinta-feira, outubro 17, 2013


There's always a plan B, love.

Por mais que os dois primeiros episódios de The Originals tenham sido bons, a série ainda não me conquistou totalmente. Fiquei com preguiça de baixar esse episódio e já estava morrendo de tédio nos primeiros dez minutos.

Toda essa história de controlar New Orleans não pode durar mais do que uma temporada, se não vai ser só enrolação. Aí eu me pergunto como a série terá outras (boas) temporadas sem outro plot em potencial e sem personagens interessantes para tal.

A verdade é que os únicos personagens realmente contribuindo para a série são os Originals, Marcel e Davina. Nenhum outro, nem mesmo Hayley ou Sophie, se mostram realmente importantes para a trama - por enquanto - e isso é bem preocupante.

Claro que nem tudo é pra se reclamar. Nunca me canso dos planos do Klaus, do jeito que ele pensa, do jeito que ele fala... Enfim, como se cansar do Klaus? Outra coisa que eu amo são bailes, ainda mais se forem bailes mascarados. Foi bom ver os personagens em outro ambiente, pra variar.

O highlight do episódio pra mim foi a relação entre Cami e Klaus. Não tava dando muita bola pra eles, mas gostei bastante da química deles nesse episódio. Acho que a personagem pode ser bem interessante, só espero que não sigam uma linha mosca-morta com ela, já que pudemos perceber que ela não é assim tão mimimi.

Outra coisa que está cansando é essa relação de amor e ódio de Rebekah e Klaus. Quando o Elijah voltar, não sei o que motivará a vamp a continuar por perto, colaborando com as armações do irmão.

Posso dizer que fiquei bem contente com o final do episódio. Nem tudo podia ser rosas quando se trata do bebê do Klaus, ainda mais sendo o fruto de um híbrido com uma lobisomem. Aparentemente, o bebê é meio demoníaco e vai fuder com todo mundo. Até que enfim uma história mais interessante para a série, estou louca pra saber como vai se desenrolar.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe