Revolution 2x07/2x08: The Patriot Act/Come Blow Your Horn

domingo, novembro 17, 2013



Revolution 2x07: The Patriot Act


Nesse sétimo capítulo tivemos algo um pouco diferente do que acontecia até então, o plot principal foi para Gene Porter - pai de Rachel. Os flashbacks foram utilizados de maneira interessante para contar seu passado pós blackout; porém, nada de muito significativo para o andamento da série. E, mais uma vez, nem todos os acontecimentos do episódio foram convincentes.

A série retorna da maneira que todos esperavam, com Bass mais vivo do que nunca e com uma explicação pra lá de besta do porquê de sua sobrevivência. Bom, nesse caso Rachel fez isso pois a sua querida filha pediu (sim, muito comovente).

Com a chegada do poderoso dr. Horn, a questão dos vagalumes voltam à tona. Ele começa suas investigações a respeito dos patriotas queimados, e tenta estabelecer uma conexão com Rachel. Porém, quem toma as dores é Aaron, que passa todo o episódio em uma enrolação grande e sem parar de se sentir culpado. O nerd, utiliza novamente sua super 'habilidade' e queima mais algumas pessoas e acaba que salva sua amada, Cynthia. Foi disparado o melhor do episódio.

Enquanto isso, Tom e Jason voltam ao velho esquema de pai e filho. O melhor da cena dos dois foi quando o pai pede para o rapaz não dizer uma sílaba, caso contrário o mataria (e convenhamos, é muito melhor quando seu personagem fica bem caladinho). Jason e Charlie calados durante o restante da temporada só iriam acrescentar à série, com certeza.

No geral, foi um episódio acima da média. Apesar de Rachel continuar a mesma chatice de sempre, as cenas de Bass e Miles compensam bastante os quarenta minutos. Resta saber como irá ficar a perseguição em relação a Aaron.



Revolution 2x08: Come Blow Your Horn


Afinal, o que querem com a série? A cada episódio que se passa é uma mistura enorme de histórias e personagens. Anteriormente o episódio foi focado em Aaron e seus amigos vagalumes, agora já temos uma mudança bem direta para os patriotas e uma conspiração contra Miles e sua turma. Muitas vezes, ficamos com aquela conhecida sensação de enrolação que a trama apresentava.

Um ponto alto, sem dúvidas, é o personagem do Dr. Horn. Sua aparição alavancou a busca de respostas por parte dos patriotas e deixou tudo mais interessante. Foi uma ótima adição ao elenco de Revolution, que realmente necessitava de um algo a mais no plot principal.

Por outro lado, as conversas entre Rachel e Charlie são mais do que dispensáveis. Não há química alguma entre as duas, será que os roteiristas não conseguem perceber isso? O tempo parece que pára quando as duas entram em cena juntas. O sétimo capítulo tinha sido tão legal sem a filha chata e sua voz super baixa...

E pobre Aaron. Salva a vida da namorada, que em seguida começa a rejeitá-lo e quer que o mesmo se afaste. Muito legal isso. E, sem esquecermos do pai arrependido que ajuda filha e neta a escaparem. Será por isso que o último episódio ele teve tanto destaque assim? Bem desnecessário no caso.

Nada de muito importante aconteceu durante 'Come Blow Your Horn', só ficou mais uma vez comprovado que o seriado está cada vez mais perdido e que não consegue se sustentar, apenas, com seus personagens principais.

Talvez Você Curta

0 comentários

Comenta, gente, é nosso sarálio!

Subscribe