Almost Human 1x08: You Are Here

quinta-feira, janeiro 16, 2014





Sutileza: eis um conceito que os roteiristas de Almost Human aparentemente desconhecem. No mesmo momento em que lhes ocorreu a idéia de tornar You Are Here um episódio que se concentraria em grande parte na raiva contida de Kennex e no relacionamento dele com Dorian, eles também pensaram que seria necessário reforçar repetidas vezes o que já conhecemos sobre o policial.

A cena inicial, que parece apenas mais uma piada daquelas que a série insere no começo de cada episódio, era apenas um anuncio do que viria a seguir. Aparentemente, acreditando que não ficou bem estabelecido até aqui que Kennex é um homem que vive em constante estado de raiva, os roteiristas criam situações – a mais exagerada delas é obviamente aquela onde ele destrói um MX – que servem ao único propósito de enfatizar aquilo que decidiram ser um elemento importante do episódio.

Os problemas não param ai, se estendendo também ao relacionamento que o detetive tem com Dorian. No que devemos acreditar depois do que vimos nesse episódio? Kennex realmente se importa com Dorian e por isso atirou no MX? Se esse for o caso, por que ele o usa exatamente da mesma maneria que ele descreve com certo desprezo mais cedo, como um escudo destinado a levar tiros no lugar dele?

Seja isso uma forma de negação, uma tentativa de autoafirmação diante da idéia de que de fato ele se importa com seu parceiro androide ou de fato uma expressão do que ele realmente sente, ele acaba por se equiparar com Paul, o policial babaca da delegacia. Devíamos nos identificar com protagonista, não pensar que ele age igual a um colega um tanto desprezível.

O caso da semana tem uma boa ideia: a falta de privacidade pode literalmente matar alguém. Poderia ser uma pena que, com um conceito tão interessante em mãos, ele seja tão subaproveitado, mas a falta de profundidade de um lado é compensada de outro com a menção a possibilidade de apagar memórias e a forma como isso é usado dentro da trama. Não nada novo, mas considerando o cenário ruim desse episódio, qualquer coisa boa, por menor que seja, já é um alivio.

Talvez eu precise aconselhamento sobre como lidar com a raiva após ver esse episódio.


PS: Por que um androide já conectado a rede da policia precisa usar um computador para investigar provas? Ai está um grande mistério desse de You Are Here.

Talvez Você Curta

0 comentários

Fala aí, seuslindos!

Disqus for Seriadores Anônimos

Subscribe